As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 08-28-2009. Acessado 614 vezes.
Título da Postagem:Heróis antigos e novos. Que diferença! Doc.nº189 – 2009
Titular:GTMelo
Nome de usuário:GrupoGuararapes
Última alteração em 08-28-2009 @ 04:26 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Estamos Vivos! Grupo Guararapes!

AJUDE A CONHECER A NOSSA HISTÓRIA,REPASSANDO

Cada País tem seus heróis. São homens que lutaram pela Pátria. Deram a vida pela terra que nasceram ou foram imolados pelos tresloucados que mataram, roubaram, assaltaram para assumir o Poder. Eles fazem parte da história; mas, o tempo seleciona os verdadeiros Heróis e despreza os assassinos. Stalin foi herói e bajulado pelos canalhas do seu tempo, bem como, Hitler, Lenine, Mao e outro tipo, como Béria. Suas estátuas são levantadas e derrubadas, ao longo do tempo.

O Brasil não é diferente e não poderia ser, pois, somos habitados por homens que são possuidores dos mesmos defeitos e virtudes de qualquer semelhante, na face da terra.

O Grupo Guararapes irá citar alguns que fizeram este querido Brasil e tão esquecido, nos dias atuais. E outros que foram bandidos e agora são bafejados pelos bajuladores de plantão.

Quem se lembra do Visconde de Cabo Frio, que participou da ocupação da Guiana, no tempo de D. João VI e foi o primeiro ministro da Marinha do Brasil? Quem se lembra do Almirante Nelson Gomes Fernandes, que caiu morto na explosão de uma bomba no aeroporto dos Guararapes, em 1966? Quem já ouviu o nome de rua ou alguma referência ao Sub-oficial José do Amaral Vilela, morto quando os subversivos e terroristas matavam, assaltavam e sequestravam em 1971? Quem se lembra do marinheiro que morreu por não cumprir ordem para descer do mastro da Bandeira, durante o Império? Quem se lembra do sargento da aeronáutica Walter Xavier de Lima que foi assassinado pelas costas, por um bandido, em 1970? Quem se Lembra do major José Júlio Toja Martinez assassinado, covardemente, por terroristas, em 1971? E o tenente Albeto Mendes Junior, da Polícia Militar de São Paulo, morto estupidamente, em 1970? São exemplos simples de um passado. Não sabemos se foram condecorados e se as famílias são tratadas, no Sírio- Libanês. São antigos que defenderam o Brasil, com honra.

Os "heróis novos" que assassinaram, sequestraram, roubaram e que assumiram o Poder são os farois que iluminam os fracos, os carreiristas e os oportunistas de plantão existentes, em todas as épocas. Os bajuladores de Hitler e os canalhas assessores de Stalin eram bajulados e estão na história como vermes humanos. Uns sonham com emprego gordo na Petrobrás ou comissão no exterior.

O Brasil vive o tempo da corrida para babar os donos do Poder, como ocorre no mundo inteiro. De vez em quando, uma aberração surge. Sequestrador recebe medalha, ladra-de- cofre é candidata a presidente, guerrilheiro do Araguaia é visto como amigo e logo aparece envolvido em escândalo de milhões de reais e os brasileiros que defenderam e os ainda vivos, que defendem a democracia, são tidos como reacionários. E o cabo ODÍLIO CRUZ ROSA, morto numa emboscada, no Araguaia, o que merece? Nada? Nem um nome de beco?

Vejam as diferenças - os velhos heróis verdadeiros e os "heróis assassinos novos" que foram assaltantes e mataram, por matar:

Os VELHOS : "O Brasil espera que cada um cumpra o seu dever". Barão do Amazonas. " Sigam-me os que forem Brasileiros". Caxias.

Os "Novos": "Qual a minha indenização? Quero o meu dinheiro"..

ESTAMOS VIVOS! GRUPO GUARARAPES! PERSONALIDADE JURÍDICA sob reg. Nº 12 58 93, Cartório do 1º registro de títulos e documentos, em Fortaleza.




Bookmark and Share
Outas colaborações de GrupoGuararapes
Veja Mais
Perfil de GrupoGuararapes
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!