As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 09-25-2009. Acessado 516 vezes.
Título da Postagem:ESTRATÉGIA NACIONAL DE DEFESA DOC 50 - 2009
Titular:GTMelo
Nome de usuário:GrupoGuararapes
Última alteração em 09-25-2009 @ 08:30 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Estamos Vivos! Grupo Guararapes!

Chegaram ao conhecimento do GRUPO GUARARAPES e do FORO DO BRASIL, apreciações feitas por elevadas autoridades do Exército Brasileiro, noticiadas, inclusive, na Internet, sem identificar os respectivos autores, que mostram uma justa preocupação com o destino de nossas Forças Armadas e da Nação Brasileira, em face da nova ESTRATÉGIA NACIONAL DE DEFESA. Os nossos grupos, que comungam os mesmos ideais patrióticos, tentarão ser o mais sucinto possível para não nos perdermos em palavras ou posições que possam trazer dúvidas.

         No campo político, onde os militares não foram ouvidos na elaboração da tal Estratégia, sente-se que tudo foi orientado para acabar com qualquer possibilidade do militar participar nos estudos deste campo do PODER NACIONAL. As Forças Armadas serão apenas cumpridoras de ordens de civis seja para o bem ou para o mal do Brasil. Quem conhece as histórias da URSS e da Alemanha de Hitler sente que as Forças Armadas Brasileiras serão joguetes no tabuleiro político ou da politicagem dos donos do PODER. Parece que chegamos ao fim da linha e à destruição das mesmas, o que já teve início no malfadado governo FHC, e terá, pelo que se vê,  o seu desiderato no governo comunista de LULA. Os generais serão apenas batedores de continência para civis, que traçarão o destino da Nação, segundo suas ideologias. Não foram os militares que desgraçaram a Alemanha, a URSS e estão destruindo os EUA, mas sim civis criadores de doutrinas falsas que satisfazem suas presunções e vaidades.

         Na organização do Ministério da Defesa, os pontos-chaves poderão ser ocupados por civis ou militares e como o Ministro será sempre um civil, os militares ficarão de escanteio. É bom que se chame a atenção para o fato da preocupação em aumentar a formação de civis especialistas em assuntos militares de defesa, até com a criação de um quadro especial, complementando as carreiras de administração e militares já existentes. Parece, até, que é um PLANO para ser aplicado nos EUA. Parece mais que copiaram, macaqueando os irmãos do Norte. Não podia ser de outra maneira, pois um dos cabeças do documento fala muito ruim o português e não sabe o que é um bode.

Dois pontos importantíssimos precisam ser levantados. O Chefe do Estado Maior de cada Força passa a ser uma figura secundária e o Comandante de cada Força  não será mais  do que uma figura decorativa. Seria um triste fim de um País que se orgulhava de suas Forças Armadas.

Não entendemos a preocupação dos que fizeram este plano de destruição de todo um passado de glória, em colocar o seguinte: “O recrutamento dos quadros profissionais das Forças Armadas se fará em todas as classes sociais”. Ora, sempre foi assim. Temos RONDOM, temos filhos de sapateiro, alfaiate, agricultor, filho de pobre e de rico, de preto e de branco, japonês, alemão, italiano, índios, com ênfase nas tropas da amazônicas, etc. que chegaram ao posto de general. Agora, não temos nos nossos quadros os sem caráter que atacam o governo de o mais corrupto do mundo e depois se ajoelham e dizem que são os melhores.

Não entendemos quando se preconiza intensificar o estudo de Direito Constitucional e Direitos Humanos. Isto as Forças Armadas sempre fizeram e com muito cuidado. Pode-se perguntar se falsificar uma Constituição de seu País deve servir de exemplo nas escolas militares e se matar, roubar cofre cheio de dólares, seqüestrar embaixador, comprar voto, roubar dinheiro público são matérias que devem ser ministradas nas escolas de formação militar. São estes procedimentos DIREITOS HUMANOS?  

Para não ir muito longe, querem acabar com a presença das Forças Militares em todos os Estados da Federação. Elas representavam a UNIDADE NACIONAL. Nas Forças Armadas não temos gaúcho ou cearense, amazonense ou paulista. Nelas serve o BRASILEIRO que luta pela grandeza da Pátria.

Querem acabar com o único núcleo patriótico e democrático que ainda defende verdadeiramente a liberdade do povo. Quem diz é o povo Brasileiro que coloca as Forças como a Instituição de maior credibilidade. O resto é o resto. Senador ataca o Senado de maneira que o coloca no chão. A Câmara de deputados solta deputado ladrão. O Executivo é um nunca acabar de escândalos e o Judiciário mandou soltar os ladrões do Legislativo e Executivo.

 

MAS RESTA ESPERANÇA! ACREDITAMOS QUE SIM! A SOLUÇÃO PODE ESTAR, MAIS UMA  VEZ, NAS MÃOS DOS MILITARES.

 

Grupo Guararapes

Coordenador:
GENERAL TORRES DE MELO

FORO DO BRASIL

DR. RONALDO FONTES

PRESIDENTE




Bookmark and Share
Outas colaborações de GrupoGuararapes
Veja Mais
Perfil de GrupoGuararapes
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!