As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 19-02-2010. Acessado 1054 vezes.
Título da Postagem:SECRETARIA DOS DIREITOS HUMANOS Doc. nº. 30 - 2010
Titular:GTMelo
Nome de usuário:GrupoGuararapes
Última alteração em 19-02-2010 @ 11:28 am
[ Avise alguém sobre este texto ]
Estamos Vivos! Grupo Guararapes!

2010 ´1 ANO DE LUTA! VAMOS LUTAR!

 

No terceiro Programa de Direitos Humanos (PDH-3) a camarilha do PT, desassombradamente, apresentou o seu projeto autoritário de governo assumindo o direito e poder de legislar, menosprezando o judiciário, criando  um novos  direitos de propriedade privada, de revisão de leis existentes, de nova filosofia  sobre a liberdade de comunicação e de condicionando a pesquisa e a tecnologia á ideologia espúria  do totalitarismo comunista que professa.

 

Os responsáveis  pelo Programa, cinicamente, o defendem como  um Planejamento de Estado, quando o emaranhado de idéias arrolada, por sua amplitude e irracionalidade, contraria a Constituição, hostiliza as Instituições de maior credibilidade do País como a Igreja Católica, as FFAA e mesmo o  Legislativo e Judiciário, na medida em que o Programa   é propalado como sendo  de ESTADO, sem ter passado pelo crivo do Congresso e do Guardião da Constituição.

 

Eles supervalorizam a “ Lei da iniciativa popular, o referendo conduzido, o chamado veto popular, o plebiscito de circunstância, a conciliação entre bandidos e  cidadãos à revelia  da justiça e conduzida pelo executivo”, num aberto revanchismos contra as Instituições, especialmente as FFAA a quem procuram de toda forma  comprometê-la  em face da  sua credibilidade  pública .

 

Os “intelectuais” do PT. liderados por Marcio Aurélio Garcia, Tarso Genro, Vannuchi, Dilma Russeff, Dirceu, Franklin Martins, o próprio Lula  e outros,  num descarado revanchismo procuram modificar a Lei da Anistia na tentativa de punir os heróis e patriotas brasileiros que impediram o Pais  transformarsse  numa República Socialista tipo Cuba, Albânia e vários países da Europa Oriental e Ásia a custa de mais de 260 milhões de patriotas mortos  por resistirem à implantação da esdrúxulas ideologia  comunista que se revelou no maior logro político-socioeconômico do século passado.

 

 

Sobre o assunto escreveu o adolescente Murilo Augusto de Medeiros, com18 anos:” o decreto instituiu – sovietizar o processo de decisão política, cubanizar os meios de comunicação independentes, açoitar os pensadores  liberais, chegueravizar uma luta de classe entre ricos e pobres, esquerdizar os alunos com ensinamentos de um enfadonho debate sobre uma justiça  social marxista, stalinizar a economia de livre mercado, vilanizar a propriedade privada, controlar a sociedade por meio dos movimentos sociais  e atropelar o império da lei, são atitudes inaceitáveis para o fortalecimento das instituições democráticas”.

 

Os ministros Tarso Genro e Vannuchi “desconhecem” ”nullum crimen  sine lege”(não há crime sem lei que o defina)”e a lei não retroage para prejudicar ao tentarem modificar a Lei da Anistia com propósitos revanchista sobre supostos crimes praticados há mais de 50 anos  

 

O desaparecimento alegado de 140 desavisados e enganados ideologicamente constitui mais uma bandeira para enfraquecer a credibilidade das FFAA. Representam menos de 1 indivíduo por mês dos 240 meses do período considerado. Esses 140 teriam sido justiçados  pelos próprios “companheiros” que os consideraram covardes, ou traidores? Teriam mudado de  face e identidade como fez o Jose Dirceu? Teriam morrido no treinamento em Cuba, URSS, China ou Albânia ? Estariam escondidos gozando dos frutos de roubos e  dos assaltos? Estariam   exilados  voluntariamente? Quem sabe?

 

Vejam, no dia  15 de janeiro.. o Presidente Lula  declara na TV que  interesse do governo é devolver  os 140 julgados desaparecidos e/ou mortos para que seus parentes possam enterrá-los. Quanto cinismo dos revanchistas que gastam bilhões de reais  quer em indenizações e aposentadorias   aos familiares dos traidores desaparecidos; quer em programas na mídia, pago a peso de ouro, para não denunciar as falcatruas  de governo e/ou esconder a verdadeira história dos heróis brasileiros.

 

Por que o governo não investe esses bilhões de reais na busca das dezenas e dezenas de milhares de crianças e adultos desaparecidos apenas nos últimos sete anos de governo petista?  Como o governo assiste ao aparato  de segurança  descobrir entre os flagrados em crime  em questão  de minutos e/ou de poucas  horas  entregar os nomes de todos os seus compassas? Será  psicologia avançada? Será filosofia petista? Ou será  a tortura condenada pela SDH? E que tem feito a SDH  para apurar as responsabilidades  pelos milhares de brasileiros que foram mortos nos sete anos de petismo á frente do executivo e diariamente  constando das manchetes da mídia? Que faz a SDH em face da super lotação dos presídios, sem nenhuma higiene e privacidade  mesmo nas  cadeias das delegacias policiais?  

 

A SDH só tem tempo, para ,desassombradamente, exercitar o REVANCHISMO IDEOLÓGICO.

 

VAMOS REPASSAR PARA INFORMAR

 ESTAMOS VIVOS! GRUPO GUARARAPES! PERSONALIDADE JURDICA sob reg. Nº 12 58 93, Cartório do 1º registro de títulos e documentos, em Fortaleza.  Somos 1.764 CIVIS – 49 da Marinha – 472 do Exército – 50 DA Aeronáutica;  total 2.335 In memoriam 30 militares e 2 civis. batistapinheiro30@yahoo.com.br  www.fortalweb.com.br/grupoguararapes 

Conheça a verdadeira guerrilha do ARAGUAIA PELO SITE: www.ternuma.com.br/aragua.htm.                                      Fortaleza, 26/01/2010

 

INDIQUE AMIGOS QUE QUEIRAM RECEBER NOSSOS E-MAIL. OBRIGADO

 

UM POUCO DE HISTÓRIA

 

Nesta data de 27 de janeiro de 1654 os mestres-de-campo Fernandes Vieira, Vidal de Negreiros e Francisco de Figueirôa tomam posse dos fortes e baterias da ilha de Santo-Antônio e Recife, e procedem ao desarmamento das tropas holandeses. 

Era o nascimento da NACIONALIDADE BRASILEIRA.




Bookmark and Share
Outas colaborações de GrupoGuararapes
Veja Mais
Perfil de GrupoGuararapes
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!