As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 22-06-2010. Acessado 884 vezes.
Título da Postagem:O encharcamento global
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 22-06-2010 @ 05:01 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
O ENCHARCAMENTO GLOBAL
 
QUANTO MAIS REZAMOS MAIS DESGRAÇAS APARECEM. NÃO BASTASSE O FADADO “AQUECIMENTO GLOBAL” TEREMOS, TAMBÉM, O “ENCHARCAMENTO GLOBAL”?

E DE ONDE VEM TANTA ÁGUA? SERÁ QUE OS HIDROCARBONETOS DO PETRÓLEO NÃO SÓ ESTÃO AUMENTANDO O MONÓXIDO DE CARBONO (CO) E O DIÓXIDO DE CARNONO (CO2), COMO TAMBÉM ESTÃO AUMENTANDO A QUANTIDADE DE HIDROGÊNIO NA ATMOSFERA, NA FORMA DE ÁGUA E VAPOR D’ÁGUA (H2O) E DE OUTROS GASES COMO METANO (CH4) – ESSE CERCA DE 20 VEZES MAIS PROMOTOR DO EFEITO ESTUFA, DO QUE O DIÓXIDO DE CARNONO (CO2)?

PELA LEI DE LAVOISIER "NA NATUREZA NADA SE CRIA, NADA SE PERDE, TUDO SE TRANSFORMA". NUM PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO QUÍMICA A MASSA INICIAL DAS SUBSTÂNCIAS SERÁ IGUAL À MASSA FINAL DAS SUBSTÂNCIAS RESULTANTES, COM DESPRENDIMENTO DE CALOR E ABSORÇÃO / LIBERAÇÃO DE GASES.

OU PELA 1ª LEI DA TERMODINÂMICA QUE SE BASEANDO NUMA QUANTIDADE DE MASSA INICIAL QUANDO TRANSFORMADA, POR COMBUSTÃO, POR EXEMPLO, O RESULTADO FINAL TERÁ LIBERAÇÃO DE CALOR, MAIS OU MENOS A MASSA INICIAL, COM ABSORÇÃO OU DESPRENDIMENTO DE GASES.

OU SEJA, AO QUEIMARMOS UM COMBUSTÍVEL (GASOLINA) COM UM COMBURENTE (OXIGÊNIO), QUE FAZEM O MOTOR DO VEÍCULO FUNCIONAR, A QUANTIDADE INICIAL EM GRAMAS, OU LITROS, SE CONVERTE EM QUASE A MESMA QUANTIDADE EM GRAMAS, OU LITROS, DE ÓXIDOS E GASES. E TUDO VAI PARA A ATMOSFERA, ALTERANDO SUA À CONSTITUIÇÃO FÍSICO-QUÍMICA.

E A LEI DE LAVOISIER “FUNCIONA” NA EXTRAÇÃO DO PETRÓLEO, EM QUE UMA MASSA DE BILHÕES DE BARRÍS DE PETRÓLEO, É BOMBEADA PERIODICAMENTE DAS PROFUNDIDADES DE SEUS DEPÓSITOS GEOLÓGICOS, ONDE JAZIA ESSA MASSA, E COLOCADA NAS REFINARIAS PARA PRODUÇÃO DOS DERIVADOS DO PETRÓLEO. E DELAS PARA A ATMOSFERA, NA FORMA DE GASES E ÁGUA.

ENTÃO, AQUELA MASSA DE PETRÓLEO – CARBONO, HIDROGÊNIO, ALGUNS METAIS E OUTROS ELEMENTOS COMO ENXOFRE E NITROGÊNIO - ESTAVA LÁ EMBAIXO “SOSSEGADA” E A ATIVIDADE DE EXTRAÇÃO DO PETRÓLEO COLOCA ESSA MASSA SOBRE A SUPERFÍCIE DO PLANETA E DELA PARA A ATMOSFERA.

SIMPLIFICADAMENTE, NUMA AMOSTRA PODEMOS ELUCIDAR ESSAS REAÇÕES QUÍMICAS, COMO A SEGUIR:

HIDROCARBONETOS QUE SAEM DOS DEPÓSITOS DO SUBSOLO (A):

(1)              CH è REAGEM COM O2 (OXIGÊNIO) è RESULTAM EM: CO2 + H2O;

(2)              CH4 è REAGEM COM 2xO2 (OXIGÊNIO) è RESULTAM EM: CO2 + 2 H2O.

AS REAÇÕES MOSTRAM QUE TEREMOS LÍQUIDOS, GASES E MAIS ÁGUA. LOGO, A MASSA QUE ESTAVA NO SUBSOLO PASSARÁ PARA A ATMOSFERA “INFLACIONANDO-A E DEIXANDO-A INCHADA – SUA BOLHA VAI AUMENTANDO, EM TORNO DA TERRA”.

SEGUNDO AS TEORIAS DE FORMAÇÃO DO PETRÓLEO HOUVE NECESSIDADE DE ALTAS PRESSÕES E TEMPERATURAS PARA QUE A NATUREZA, POR BILHÕES DE ANOS, VIESSE A PROMOVER AS REAÇÕES FÍSICO-QUÍMICAS PARA DAR ORIGEM AO PETRÓLEO, E ESSE OCUPANDO OS “VAZIOS” ROCHOSOS E POROS DO SUBSOLO. DE ONDE FORAM DESCOBERTAS AS SUAS JAZIDAS.

TODA ESSA “ENGENHOSIDADE – DE PRESSÃO E TEMPERATURA” DA NATUREZA TEM CONEXÃO COM AS PLACAS TECTÔNICAS E SEUS MOVIMENTOS.

PELAS LEIS DA HIDRODINÂMICA E HIDROSTÁTICA QUANTO MAIOR A PROFUNDIDADE NOS OCEANOS MAIORES AS PRESSÕES EM SEU FUNDO. E GEOLOGICAMENTE FALANDO, NO SUBSOLO SOBRE A TERRA, OCORRE O MESMO. E QUANTO MAIOR A “BOLHA ATMOSFÉRICA VAI FICANDO” MAIORES AS PRESSÕES SOBRE A SUPERFÍCIE DO MAR E DA TERRA, PELO AUMENTO DOS MILHÕES DE TONELADAS DE GASES E VAPOR D’ÁGUA EMITIDOS PELOS HIDROCARBONETOS, QUE FORAM EXTRAÍDOS DO SUBSOLO – OU DA PLATAFORMA SUBMARINA, EM ÁGUAS RASAS OU PROFUNDAS, PERIODICAMENTE POR MÊS, OU POR ANO, OU POR DÉCADAS.

A SUSPEITA DE PORTUGAL E COSTA (A) É QUE HÁ UM AUMENTO DO VOLUME DE ÁGUA TANTO NA ATMOSFERA – ATÉ FORMANDO OS “RIOS VOADORES” – QUANTO NA SUPERFÍCIE DA TERRA E DOS OCEANOS.

ENTÃO, VOLTAMOS AOS CONCEITOS DE PRESSÃO E TEMPERATURA QUE ESTÃO MODIFICANDO AS ESTRUTURAS CLIMÁTICAS REGIONAIS E GLOBAIS, “DESEQUILIBRANDO” OS SISTEMAS ATMOSFÉRICOS, GEOLÓGICOS E HÍDRICOS (MARES, OCEANOS, RIOS E LAGOS), POR ESSE “INCHAÇO” DA ATMOSFERA E O AUMENTO DE ÁGUA NOS OCEANOS.

CREMOS QUE “ABRIMOS UMA CAIXA DE PANDORA” E QUE MUITOS EFEITOS QUE SE JULGAM ADVIR SÓ DO DIÓXIDO DE CARNONO (CO2) E DO METANO (CH4), ESTÃO VINDO DO PESO E DO “INCHAÇO” DA ATMOSFERA E DO AUMENTO DO VOLUME DE ÁGUA NOS MARES E OCEANOS, PELO REFINO E PELA QUEIMA DOS DERIVADOS DO PETRÓLEO. E NÃO SÓ PELO “DEGELO” DE GELEIRAS E CALOTAS POLARES ...

COMO A ATMOSFERA FAZ “PRESSÃO”, COM SEU VOLUME E PESO NOS OCEANOS, O PESO DA MASSA DAS CAMADAS DE ÁGUA DESTES FAZ PRESSÃO SOBRE AS PLACAS TECTÔNICAS, E NAS CAMADAS SEMI-ABERTAS DO MAGMA ABISSAL, E ESSAS POR SUA VEZ SE MOVIMENTAM AUMENTANDO O ÍNDICE DE TERREMOTOS E O ÍNDICE DE VULCANISMO, RESPECTIVAMENTE. SOBRE A SUPERFÍCIE TERRESTRE A PRESSÃO DA ATMOSFERA EXERCE FRACA INFLUENCIA.

NEM SABEMOS, AINDA, SE ISSO TUDO ESTÁ INFLUENCIANDO OU SENDO INFLUENCIADO PELA MECÂNICA CELESTE, DA GRAVITAÇÃO DOS ASTROS QUE NOS ESTÃO PRÓXIMOS.

ALGUMA FORÇA “CAPTURA” A NOSSA ATMOSFERA MANTENDO-A EM EQUILÍBRIO DE VOLUME E DE PESO? VAMOS PERDER MUITO “OXIGÊNIO LIVRE” DA ATMOSFERA, ATRAVÉS DAS REAÇÕES QUÍMICAS COM OS BILHÕES DE TONELADAS DE HIDROCARBONETOS DO PETRÓLEO? VAMOS RESPIRAR COM MÁSCARAS ESPECIAIS NO FUTURO?

AS CNTP – CONDIÇÕES NORMAIS DE TEMPERATURA E PRESSÃO (25º C E 1 ATM) ESTÃO SE MODIFICANDO EM TODOS OS LUGARES DO PLANETA, INTERFERINDO EM TUDO QUE SE MOVIMENTA, REAGE, INTERAGE, CATALIZA, MAGNETIZA, QUEIMA E SE TRANSFORMA – NAS ESCALAS DE GEO-ECO-BIO.

O AQUECIMENTO GLOBAL AUMENTANDO, A TEMPERATURA MÉDIA DO PLANETA, ACELERA O FLUXO DO CICLO DA ÁGUA, AGILIZANDO A SUA EVAPORAÇÃO E A SUA PRECIPITAÇÃO EM TORRENTES CHUVOSAS E GRANIZOS (E ATÉ EM NEVE BRUTA - NOS PONTOS MAIS FRIOS), MODIFICANDO A ESTRUTURA ELÉTRICA DA ATMOSFERA, AUMENTANDO O NÚMERO DE CARGAS ELÉTRICAS – TROVÕES E RAIOS EM CERTOS PERÍMETROS – INDUZINDO A FORMAÇÃO DE OUTROS COMPOSTOS QUÍMICOS E GASOSOS, NUM MIASMA SEQUELAR IRREVERSÍVEL – UMA PANDORA CLIMÁTICA.

HÁ, AINDA, A TEORIA DA FRAGILIZAÇÃO DO SUBSOLO, EM QUE O MESMO FICARIA COM AS “POROSIDADES CONTÍNUAS E DESCONTÍNUAS”. QUANDO EXTRAÍMOS O PETRÓLEO DE UMA “BOLSA GEOLÓGICA”, E QUE ESSE AO ESTAR SOB PRESSÃO, NO ESPAÇO QUE OCUPAVA, “FUNCIONAVA” COMO UMA MASSA DE RESISTÊNCIA E OPOSIÇÃO À PRESSÃO DA SUA CROSTA SUPERIOR.

AO SER EXTRAÍDO DOS SEUS DEPÓSITOS O PETRÓLEO DEIXA UM “VAZIO” DE OPOSIÇÃO CONTRA A CROSTA SUPERIOR, QUE PODE “SE FRAGILIZAR E PRODUZIR FRATURAS”.

COMO O “EQUILÍBRIO” DE TODOS OS SISTEMAS ESTÁ AFETADO, E AINDA PERTURBANDO O POSICIONAMENTO DAS PLACAS TECTÔNICAS, SISMOS, TREMORES, MICRO E MEGA TERREMOTOS PODERÃO OCORRER ... TANTO NOS OCEANOS, QUANTO NA PARTE TERRESTRE.

SE O “PESO E O VOLUME DOS OCEANOS” AUMENTAREM, ENTÃO A FRAGILIZAÇÃO DOS POROS – OS VAZIOS DEIXADOS PELA EXTRAÇÃO DO PETRÓLEO NO SUBSOLO – PODERÁ IR SE PROPAGANDO AOS POUCOS, ATÉ O SEU LIMITE CATASTRÓFICO. O QUAL DESCONHECEMOS!

[E AS TERRAS AFUNDARÃO E OS OCEANOS SE ELEVARÃO, HAVERÁ CORPOS POR TODOS OS LADOS – LEONARDO DA VINCE ...]

ENGº LEWTON BURITY VERRI

DIRETOR CIENTÍFICO DO IEAQ

CREA 74-1-01852-8 RJ - UFF

(A) EQUAÇÕES DO “INSIGHT”, NO BRASIL, PELOS ENGENHEIROS GIL PORTUGAL FILHO E WILSON FERREIRA DA COSTA, AMBOS DO CREA – CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA – RJ. 




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!