As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 12-07-2010. Acessado 789 vezes.
Título da Postagem:A SAÚDE DO BRASIL NO ESTADO LULISTA
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 12-07-2010 @ 07:53 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]

A SAÚDE DO BRASIL NO ESTADO LULISTA

VOCÊ SABIA QUE NOS 8 ANOS DO GOVERNO LULA “MORRERÃO” DE 8 MILHÕES A 9 MILHÕES DE BRASILEIROS, POR DOENÇAS E DETERIORAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE NO BRASIL?

QUANDO ALGUÉM NOS PERGUNTA: - QUE NEGÓCIO É ESSE DE RACIOCÍNIO E ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA? O SENHOR NÃO ESTÁ ESNOBANDO A GENTE? AFINAL, SER CIENTISTA DEVE SER UMA PRETENSÃO ARROGANTE, NÃO ACHA?

NO BRASIL ESSAS PERGUNTAS NOS SÃO FEITAS COM MUITA FREQUÊNCIA. MAS, A ABORDAGEM CIENTÍFICA AQUI – OU O CIENTIFICISMO – NO PAÍS É MESMO ESNOBADA POR ACADÊMICOS ARROGANTES, TEÓRICOS E SEM VIVÊNCIA CIENTÍFICA DE FATO, A NÃO SER DE LEITURAS E TEORIAS ALHEIAS E DE PAÍSES MUITO DESENVOLVIDOS.

É MUITO SIMPLES EXPLICAR O QUE É “RACIOCÍNIO E ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA”.

SE LULA DISSER QUE SOMOS O MAIOR PAÍS DO MUNDO, ELE PRECISARÁ ESPECIFICAR SOB QUAL MEDIDA – DE INFORMAÇÕES: DADOS E FATOS (VALORES, PADRÕES E ESCALAS) – IRÁ SE TRADUZ A EXPRESSÃO “SOMOS O MAIOR PAÍS DO MUNDO”:

  1. SE ELE ESTIVER SE REFERINDO À EXTENSÃO TERRITORIAL EM QUILÔMETROS QUADRADOS, SERÁ UMA AFIRMAÇÃO ENGANOSA. SOMOS O 5º PAÍS EM TAMANHO TERRITORIAL;
  2. SE ELE ESTIVER SE REFERINDO À POPULAÇÃO BRASILEIRA, EM SEU NÚMERO DE HABITANTES, SERÁ UMA AFIRMAÇÃO ENGANOSA. SOMOS O 5º PAÍS EM TAMANHO POPULACIONAL;
  3. SE ELE ESTIVER SE REFERINDO À RIQUEZA DE SEUS CIDADÃOS EM RENDA PER CAPITA, SERÁ UMA AFIRMAÇÃO ENGANOSA. SOMOS O 97º PAÍS EM RENDA PER CAPITA;
  4. SE ELE ESTIVER SE REFERINDO AO TRATO HUMANISTA AOS SEUS CIDADÃOS EM IDH - ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO, SERÁ UMA AFIRMAÇÃO ENGANOSA. SOMOS O 73º PAÍS EM IDH;
  5. SE ELE ESTIVER SE REFERINDO A SAÚDE DOS SEUS CIDADÃOS, EM BAIXA MORTALIDADE NA ÁREA DA SAÚDE, SERÁ UMA AFIRMAÇÃO ENGANOSA. SOMOS O 100º PAÍS EM MORTALIDADE NA SAÚDE – EXPECTATIVA DE VIDA, MORTALIDADE INFANTIL, MORTALIDADE POR ASSASSINATOS, MORTALIDADE POR ÓBITOS EM ACIDENTE (TRABALHO, TRÂNSITO) E ETC.

AS ESTATÍSTICAS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE DESDE OS ANOS 1980, MOSTRAM QUE NO BRASIL A “SAÚDE NÃO É UM PARAÍSO”. MUITO AO CONTRÁRIO ELA SE ACHA EM “DETERIORAÇÃO” PROGRESSIVA, NO SEU TODO, NO RELATIVO E NO ABSOLUTO.

NO “SEU TODO” ELA CRESCEU NA TOTALIZAÇÃO DAS MORTES ANUAIS, NO “RELATIVO” ELA TAMBÉM CRESCEU EM SEUS PERCENTUAIS – QUE DÃO O CONCEITO DE RELATIVO ENTRE OS ANOS E ENTRE AS DOENÇAS – E NO “SEU ABSOLUTO” EM NÚMERO DE MORTOS POR TIPO DE DOENÇA.

A SAÚDE NO BRASIL É UM INFERNO ... É UMA AFIRMAÇÃO “CORRETAMENTE CIENTÍFICA”.

AS CAUSAS DAS MORTES POR DOENÇAS SÃO DE VARIADA TIPOLOGIA, NÃO COMBATIDAS COM A DEVIDA CAPACIDADE MORAL, TÉCNICA E CIENTÍFICA DO ESTADO LULISTA. E A SUA DETERIORAÇÃO PROGRESSIVA OCORRE EM FACE DE (O):

         (A)   BAIXO INVESTIMENTO PER CAPITA,

         (B)   PRECARIEDADE DA SUA INFRAESTRUTURA,

         (C)   PRECARIEDADE NA GESTÃO – BAIXA QUALIDADE E CONFIABILIDADE,

         (D)  IMPERÍCIA COM O USO DE UM CONJUNTO DE PRÁTICAS NOCIVAS,

         (E)   FRAUDES NAS OPERAÇÕES E ATIVIDADES CLÍNICAS E HOSPITALARES,

         (F)   FRAUDE E CORRUPÇÃO NAS COMPRAS E DE MEDICAMENTOS,

         (G)  INEXISTÊNCIA DE PLANOS DE CARREIRAS E PROMOÇÃO POR MÉRITO,

         (H)   FORMAÇÃO DEFICIENTE DE PROFISSIONAIS E

         (I)     POLITICAGEM NAS CARREIRAS PÚBLICAS LIGADAS À SAÚDE.

EM 3 DATAS CLÁSSICAS, PARA FIXARMOS OS PERÍODOS ADMINISTRATIVOS DA SAÚDE NO BRASIL, EM 1980 MORRERAM 750,7 MIL PESSOAS POR PROBLEMAS DE SAÚDE E AFETOS À “DETERIORAÇÃO” PROGRESSIVA DA SUA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, COMO UNIVERSALIZADA. EM 1996 MORRERAM 908,9 MIL PESSOAS E EM 2004 FORAM 1,025 MILHÕES DE HABITANTES.

DOS ANOS DE 2002 A 2010 – GOVERNO LULA – TERÃO MORRIDO CERCA DE 8 MILHÕES A 9 MILHÕES DE CIDADÃOS. O SLIDE ANEXADO A ESSE ARTIGO MOSTRA ESTA PROGRESSÃO.

DAS 10 CAUSAS CLÁSSICAS DE MORTES POR DOENÇAS NO BRASIL, EM APENAS 3 HOUVE “REDUÇÃO DE MORTALIDADE” (MARCADAS COM AZUL), SEGUNDO O MINISTÉRIO DA SAÚDE, DESDE O ANO 1980. EM OUTRAS 7 CAUSAS DE MORTES HOUVE UM AUMENTO DESCONTROLADO (MARCADAS COM VERMELHO).

AO SE DIZER QUE OS SERVIÇOS DE SAÚDE, E SUA PREVENÇÃO NO BRASIL, “ENTRARAM EM DETERIORAÇÃO PROGRESSIVA” SE ESTÁ FAZENDO UMA AFIRMAÇÃO CIENTÍFICA – ELA ESTÁ APOIADA POR MEDIDAS ESPECIFICADAS SOB ANÁLISE ESTATÍSTICA DE INFORMAÇÕES: DADOS E FATOS (VALORES, PADRÕES E ESCALAS), DE OCORRÊNCIAS NO MUNDO REAL, DO PRÓPRIO MINISTÉRIO DA SAÚDE.

NOTAMOS QUE COMO A POPULAÇÃO CRESCE A UMA MÉDIA DE 2,0% A 2,5% AO ANO ELA VAI FAZENDO “PRESSÃO DE SUAS NECESSIDADES” SOBRE A INFRAESTRUTURA DA SAÚDE, DE SUA ADMINISTRAÇÃO E DE SEUS INVESTIMENTOS. O OUTRO SLIDE ANEXADO A ESSE ARTIGO MOSTRA ESTA PROGRESSÃO. E ESTA “PRESSÃO DE SUAS NECESSIDADES” NÃO TEM CORRESPONDÊNCIA TECNICA E ADMINISTRATIVA PARA ABSORVÊ-LA COM QUALIDADE, ECONOMIA E PRODUTIVIDADE.

DIGAMOS, ENTÃO, QUE NO GOVERNO LULA MORRERÁ UM TOTAL DE 8,5 MILHÕES DE CIDADÃOS DOENTES, SENDO QUE:

       1-     UNS 20% MORRERIAM MESMO, POIS SÃO IDOSOS E COM IDADE ACIMA DA EXPECTATIVA DE VIDA E AS CRIANÇAS DA “TAXA DA MORTALIDADE INFANTIL”;

       2-     UNS 25% MORRERÃO POR SEREM CRIANÇAS E JOVENS DESPROTEGIDOS POR OUTRAS DISFUNÇÕES DO ESTADO;

       3-     UNS 30% MORRERÃO POR DEFICIÊNCIAS DA INFRAESTRUTURA, DA LOGÍSTICA E DA REDE DE SERVIÇOS DA SAÚDE;

       4-     UNS 20% MORRERÃO POR “IMPERÍCIA” TÉCNICA E POLITICAGEM INDIRETA DO ESTADO, E

       5-     UNS 5% MORRERÃO POR NEGLIGÊNCIA E POLITICAGEM DIRETA DO ESTADO.

ASSIM, NOTAMOS QUE PARTE DA POPULAÇÃO “MORRE” PELAS CONDIÇÕES NATURAIS, COM ALGUMAS DISFUNÇÕES ADMINISTRATIVAS DO ESTADO, NA FAIXA DE 20% (DO TOTAL DAS MORTES POR DOENÇAS), OU CERCA DE 1,7 MILHÕES DE PESSOAS. E QUE 80% DA POPULAÇÃO (DO TOTAL DAS MORTES POR DOENÇAS), QUE MORRERÁ, IRÁ MORRER POR DISFUNÇÕES DIRETAS DO ESTADO, OU CERCA DE 6,8 MILHÕES DE PESSOAS.

SE VIERMOS A AFIRMAR QUE O LULISMO VAI “MATAR” CERCA DE 6,8 MILHÕES DE CIDADÃOS PELA INEFICÊNCIA ADMINISTRATIVA GERAL DO SEU ESTADO - ESTAREMOS FAZENDO UMA AFIRMAÇÃO CIENTÍFICA, COM POUCAS PROBABILIDADES DE ERRO.

NOS QUASE 40 MINISTÉRIOS DO GOVERNO LULA, EM TODOS OS RESULTADOS RELATADOS PELOS SEUS PREDILETOS MINISTROS, EXISTEM MUITAS “AFIRMAÇÕES FALSAS, SEM SUSTENTAÇÃO EFETIVA NO MUNDO REAL, POR NÃO SEREM APOIADAS PELA CIÊNCIA”. QUAL CIÊNCIA? A TÉCNICA RACIONAL DE SOLUÇÃO DE PROBLEMAS E AS UTILIZADAS PARA A ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA (SÓ PARA SE TER UMA IDÉIA, HOJE ELAS JÁ SÃO CERCA DE 30 TÉCNICAS BÁSICAS).

ASSIM, COMO LULA SABE QUAIS SÃO OS PIORES JOGADORES DO CORINTHIANS, A ENGENHARIA SABE QUAIS SÃO OS “PEREBAS” MINISTERIAIS DO LULISMO E QUAL O PORTE DE SUAS FALSAS AFIRMAÇÕES ...

A “MORTE ZERO” POR DISFUNÇÕES ADMINISTRATIVAS DO ESTADO NA SAÚDE PODERIA SER UMA BOA META PARA DONA DILMA ... EM SEU PLANO DE GOVERNO, COMO ALGO MELHOR E MAIS HUMANO DO QUE TUDO QUE VIER A OCORRER DE MITIGAÇÃO, E QUE SE POSSA CONSEGUIR, COM O MALFADADO PNDH-3!

ABRAÇOS,

ENGº LEWTON LEWTON BURITY VERRI

DIRETOR CIENTÍFICO DO IEAQ E 

PRESIDENTE DA ABRACOOP

CREA 74-1-01852-8 RJ - UFF 




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!