As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 25-10-2010. Acessado 1469 vezes.
Título da Postagem:Democracia ou ditadura?
Titular:Gustavo
Nome de usuário:X-men
Última alteração em 25-10-2010 @ 01:54 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]

Uma boa leitura nestas épocas de eleição. Recomendada.

Fonte: JB Online

Democracia ou ditadura?

Rodrigo Borges de Campos Netto

CIENTISTA POLÍTICO

 

Conversando com uma amiga, que dizia não entender o porquê de tanto receio ao risco de um ditadura, já que vamos votar e eleger os novos governantes e, portanto, não estamos submetidos à ditadura, argumentei o seguinte: Você tem razão, ainda não vivemos uma ditadura propriamente dita.

Mas não se pode fazer vista grossa para o fato de que o conjunto dos movimentos destes que estão no poder apontam inevitavelmente para tal. Vejamos:  as tentativas de se estabelecer o controle social da imprensa, ou seja, censura;  o Conselho Nacional de Jornalismo (CNJ), que se pretendeu implantar, mais censura; a Ancinav, que também se tentou criar pra controlar a produção cultural;  a clara intenção do partido único e hegemônico;  a mais absoluta ausência de discernimento quanto ao que é governo e ao que é partido, quanto ao que é exclusivamente público e ao que é privado;  o aparelhamento do Estado levado às últimas consequências, com objetivos muito claros e pouco republicanos, isso para não falar de seus efeitos deletérios na qualidade dos serviços públicos, da corrupção etc;  o desrespeito e mesmo desprezo pelas instituições que dão corpo e alma à democracia;  a reiterada (e até debochada) transgressão às regras democráticas e do jogo eleitoral;  a utilização da mentira mais deslavada para enganar a população em geral e os eleitores em particular;  a desonestidade intelectual ao negar tudo o que os outros presidentes fizeram; a apropriação indébita das realizações dos outros presidentes como se suas fossem;  o populismo messiânico que se busca estabelecer;  a volta do personalismo tão retrógrado e que se julgava coisa do passado;  a intolerância à divergência; a incitação à violência;  a tentativa maniqueísta de dividir o país entre pobres e ricos, jogar uns contra os outros gerando ódio na população;  o desejo explícito do extermínio das oposições;  a utilização da máquina estatal, inclusive informações confidenciais, para fins eleitorais e de perseguição política.

No plano internacional, as afinidades eletivas do atual presidente a governantes com clara vocação autoritária, tais como Hugo Chávez, Evo Morales, Fidel Castro, Cristina Kirchner e Mahmoud Ahmadinejad; Enfim, todo esse conjunto de ações apontam para o quê? Democracia? Não, apontam claramente para uma ditadura totalitária, com o perdão da redundância.

É assim que eu vejo a situação hoje em nosso país. Por isso eu digo: o que está em jogo é uma opção (ou não) pela manutenção da democracia e das liberdades a ela inerentes.




Bookmark and Share

Comentários

ferrazsp em 07-11-2010 às 01:30 pm

É ... temos que ter a coragem de aceitar que os "caras" não são idiotas ... arrumaram esse Lula ... e fizeram dele o melhor dos "caras" e agora inventaram essa Dilma e vão fazer ela a melhor das melhores e agora incluíram no jogo as "caras". Esse pessoal não estão de brincadeira não! é tudo muito bem pensado ... e o resto dos políticos ficam passando por amadores ... No jogo democrático é só questão de saber onde estão os argumentos que irão convencer a população! saber onde estão os votos e como conquisté-los ... o resto, a polícia e a justiça, dá se um jeitinho !!! lógico que usando as próprias leis e os juízes para isso. O que temos que fazer é formular o Plano Único de Defesa - PUD. tem que ser único, pois só assim estaremos unidos e então teremos alguma chance de sucesso ... aliás, o sucesso é a nossa maior chance ...


lmartins em 30-10-2010 às 05:11 pm

Pedro Lima (Economista e Professor da UFRJ) UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Lula, que não entende de sociologia, levou 32 milhões de miseráveis e pobres à condição de consumidores; e que também não entende de economia; pagou as contas de FHC, zerou a dívida com o FMI e ainda empresta algum aos ricos. Lula, o analfabeto, que não entende de educação, criou mais escolas e universidades que seus antecessores juntos [14 universidades públicas e estendeu mais de 40 campi], e ainda criou o PRÓ-UNI, que leva o filho do pobre à universidade [meio milhão de bolsa para pobres em escolas particulares]. Lula, que não entende de finanças nem de contas públicas, elevou o salário mínimo de 64 para mais de 291 dólares [valores de janeiro de 2010], e não quebrou a previdência como achava o intelectual e sociólogo FHC. Lula, que não entende de psicologia, levantou o moral da nação e disse que o Brasil está melhor que o mundo. Embora a Imprensa brasileira, Golpista, diga que não. Lula, que não entende de engenharia, nem de mecânica, nem de nada, reabilitou o Proálcool, acreditou no biodiesel e levou o país à liderança mundial de combustíveis renováveis [maior programa de energia alternativa ao petróleo do planeta]. Lula, que não entende de política, mudou os paradigmas mundiais e colocou o Brasil na liderança dos países emergentes, passou a ser respeitado e enterrou o G-8 [criou o G-20]. Lula, que não entende de política externa nem de conciliação, pois foi sindicalista brucutu; mandou às favas a ALCA, olhou para os parceiros do sul, especialmente para os vizinhos da América Latina, onde exerce liderança absoluta sem ser imperialista. Tem fácil trânsito: junto a Chaves, Fidel, Obama, Evo etc. Bobo que é, cedeu a tudo e a todos. Lula, que não entende de mulher nem de negro, colocou o primeiro negro no Supremo (desmoralizado por brancos) uma mulher no cargo de primeira ministra, e que com certeza fará sua sucessora. Lula, que não entende de etiqueta, sentou ao lado da rainha (a convite dela) e afrontou nossa fidalguia branca de lentes azuis. Lula, que não entende de desenvolvimento, não leu Keynes, criou o PAC; antes mesmo que o mundo inteiro dissesse que é hora de o Estado investir; hoje o PAC é um amortecedor da crise. Lula, que não entende de crise, mandou baixar o IPI e levou a indústria automobilística a bater recorde no trimestre [como também na linha branca de eletrodomésticos]. Lula, que não entende de português nem de outra língua, tem fluência entre os líderes mundiais; é respeitado e citado entre as pessoas mais poderosas e influentes no mundo atual [o melhor do mundo para o Le Monde, Times, News Week, Financial Times e outros...] Lula, que não entende de respeito a seus pares, pois é um brucutu, já tinha empatia e relação direta com George Bush - notada até pela imprensa americana - e agora tem a mesma empatia com Barack Obama. Lula, que não tem curso superior nem doutorado e é tido por muitos um ignorante sem instrução, foi o Presidente que mais investiu em educação, inaugurando dezenas de universidades Federais por todo o BRASIL, enquanto seu antecessor FHC, culto, poliglota, sociólogo e intelectual, PhD, etc.. não fez NENHUMA em OITO ANOS de governo Lula, que não entende nada de sindicato, pois era apenas um agitador;.. é amigo do tal John Sweeny [presidente da AFL-CIO - American Federation Labor-Central Industrial Congres - a central de trabalhadores dos Estados Unidos...]e entra na Casa Branca com credencial de negociador e fala direto com o Tio Sam, lá nos "States". Lula, que não entende de geografia, pois não sabe interpretar um mapa é autor da maior mudança geopolítica das Américas na história. Lula, que não entende nada de diplomacia internacional, pois nunca estará preparado, age com sabedoria em todas as frentes e se torna interlocutor universal. Lula, que não entende nada de história, pois é apenas um locutor de bravatas; faz história e será lembrado por um grande legado, dentro e fora do Brasil. Lula, que não entende nada de conflitos armados nem de guerra, pois é um pacifista ingênuo, já é cotado pelos palestinos para dialogar com Israel. Lula, que não entende nada de nada;.. é bem melhor que todos os outros...! Pedro Lima * Economista e professor de economia da UFRJ DESCULPEM-ME OS NAO-LULAS, MAS COMO RECEBO MUITOS EMAILS IRONIZANDO E FALANDO HORRORES DELE ACHO QUE TENHO O DIREITO DE ENVIAR UM UNICO EMAIL QUE FALE BEM DESSE MARAVILHOSO "ANALFABETO". SAUDAÇÕES BRASILEIRAS! PSDB NUNCA MAIS !!!!!


Olga em 26-10-2010 às 12:52 pm

É evidente que o que está em jogo nesta eleição é a democracia. Tudo o que sempre moveu a Dilma e seus companheiros de armas(como elles se tratam) foi instalar no Brasil uma ditadura de esquerda, que não é melhor que uma ditadura de direita. Nunca lutaram pela democracia, pelo estado de direito, apenas querem substituir uma ditadura pela outra. SERÁ QUE A DITADURA DELLES É MAIS DOCE??? Puxa vida!!! Tem alguém que não enxergou isto ainda???


Visitante em 26-10-2010 às 09:51 am

Existe a ideia de substituir nome das realizações dos gonvernos anteriores por nomes como se fossem novos, ex: Credito educativo por Fies, Acool por Etanol, e assim apagar da memoria as realizações dos outros gonvernantes, o povo não lembra quanto era a carga tributaria quando da passagem de Figueredo para Sarnei. IvoçRD



Comente
Olá Visitante. Este usuário permite que você comente mas antes é necessário informar seu nome e email pessoal válido e ativo.
Você receberá um email de confirmação.
Nome: Obrigatório
Digite seu Email: Obrigatório. Não será divulgado.
Redigite seu Email: Obrigatório. Não será divulgado.
Código de segurança:_YA_SECURITYCODE
Digite o código de segurança:
  [ Voltar ]
Outas colaborações de X-men
Veja Mais
Perfil de anonimo
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!