As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 07-25-2006. Acessado 721 vezes.
Título da Postagem:A construção do presente
Titular:Cel QOBM José Ananias Duarte Frota
Nome de usuário:JoseAnanias
Última alteração em 07-25-2006 @ 07:50 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Curriculum 
Vitae

 


Autor: Cel QOBM José Ananias Duarte Frota

 

Os incêndios atormentam o gênero humano desde primitivas épocas. Não fossem os benefícios aportados pelo uso racional da energia calorífica para o desenvolvimento tecnológico, possibilitando o atual grau de modernização de equipamentos e materiais, esse ente natural não teria se tornado uma dádiva vinda direto do Olimpo, segundo o mito grego.

 

Apesar das inúmeras investidas do homem, os riscos de incêndio campeiam por nossas cidades, fazendo vítimas, algumas fatais lamentavelmente, e destruindo patrimônios. O cotidiano das pessoas, da comunidade, da sociedade modifica-se radicalmente quando atingido por essa potente força da natureza. Note-se o clamor público que se eleva nos momentos das tragédias.

 

Preocupado com esta aflitiva demanda, o governador Lúcio Alcântara, comprometido com o bem-estar da sociedade cearense, sancionou lei estadual em dezembro de 2004, que dispõe acerca da segurança contra incêndio e pânico em nosso Estado, houve uma necessária inovação no que tange à exigência de se formar brigadas de incêndios em edificações públicas e privadas, como forma de controlar os riscos de incêndios e minimizar seus efeitos.

 

A brigada de incêndio nada mais é que um conjunto de pessoas treinadas e organizadas para efetuar a prevenção de incêndios, o combate, os primeiros socorros e o abandono da edificação, quando necessários. Não aporta custos significativos a nenhum empreendimento, uma vez que o montante destinado às atividades de prevenção é mínimo. A prevenção exsurge como a atividade principal de uma brigada, evitando os momentos de angústia e sofrimento que se seguem às ocorrências dos incêndios.

 

O diretor do Fórum Clóvis Beviláqua, desembargador Fernando Ximenes, cônscio dessas questões e com o afã de promover maior grau de segurança aos usuários e funcionários do Fórum, instalou uma brigada de incêndio. Contrariando o estigma de lentidão do serviço público, sua gestão, pautada pela agilidade nas decisões e modernidade administrativa, lança-se como paradigma a ser seguido por outros órgãos públicos e empresas privadas. É um futuro seguro sendo construído no presente.

 

•     O Cel BM José Ananias Duarte Frota é Presidente da Liga Nacional dos Corpos de Bombeiros do Brasil, possuidor do Curso de Altos Estudos em Política e Estratégia da Escola Superior de Guerra e Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará.

 




Bookmark and Share
Outas colaborações de JoseAnanias
Veja Mais
Perfil de JoseAnanias
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!