As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 08-05-2011. Acessado 1088 vezes.
Título da Postagem:O RISCO DA “QUEDA” DA TECNOLOGIA DOS CAÇAS FURTIVOS – STEALTHS
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 08-05-2011 @ 06:32 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]

O RISCO DA “QUEDA” DA TECNOLOGIA DOS CAÇAS FURTIVOS – STEALTHS

A TECNOLOGIA SEMPRE FOI O FATOR DE DIFERENCIAÇÃO ENTRE AS NAÇÕES DE MILITARISMO HEGEMÔNICO. A APLICAÇÃO DE RECURSOS EM DEFESA CHEGA A UMA FAIXA DE 3% A 8 % DO PIB DOS PAÍSES, SENDO QUE AS NAÇÕES DE DOMÍNIO MILITAR ATINGEM ATÉ 8% DO PIB.

A TECNOLOGIA MILITAR CUSTA MUITO CARO, ATÉ PORQUE NÃO PODE FALHAR NA TOTALIDADE DAS SITUAÇÕES DE SEU USO. ELA PRECISA DE ALTÍSSIMA CONFIABILIDADE:

1. COM “FALHA ZERO”,

2. OPERACIONALIDADE DE FÁCIL MANUTENÇÃO,

3. DEVE SER EXTREMAMENTE ENGENHOSA EM SUA FUNCIONALIDADE,

4. UTILIZAR TÉCNICAS E MATERIAIS ESTRATÉGICOS,

5. EXIGIR GRANDES CONTROLES EM SEUS GRAUS DE SIGILOS,

6. PRECISARÁ DE UMA ORGANIZAÇÃO RACIONAL, TANTO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO, QUANTO INDUSTRIAL,

7. REQUERER EVOLUÇÃO EM “SALTOS TECNOLÓGICOS”, CAPAZES DE FUGIR DA “LINEARIDADE” CIENTÍFICA E DA LÓGICA CONVENCIONAL,

8. PRECISA DE GRANDE RESGUARDO EM SUA UTILIZAÇÃO CONTRA A ENGENHARIA REVERSA DOS INIMIGOS,

9. BLOQUEAR TODAS AS POSSIBILIDADES DE ESPIONAGENS INDUSTRIAIS,

10. A SUA FRONTEIRA TECNOLÓGICA DEVE GARANTIR SUPERIORIDADE MILITAR, POR PELO MENOS 15 A 30 ANOS, PARA FAVORECER O “RETORNO DE INVESTIMENTOS”,

11. REQUER PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NO MESMO TEMPO DA VALIDADE DE SUA OPERACIONALIDADE, ANTES DA “CÓPIA” PELOS INIMIGOS.

RECENTEMENTE A CHINA LANÇOU 3 ASTRONAUTAS EM ÓRBITA DA TERRA, EM SETEMBRO DE 2008, NA NAVE SHENZHOU (NAVE DIVINA), CERCA DE 47 ANOS DEPOIS DE GAGARIN DIZER, EM 1961 QUE “A TERRA É AZUL”, NA CÁPSULA VOSTOK DA URSS. E ALAN SHEPARD FOI O PRIMEIRO ASTRONAUTA AMERICANO A FAZER UM VOO SUBORBITAL EM MAIO DE 1961.

OS MESMOS CHINESES FIZERAM O PRIMEIRO VOO, DO PRIMEIRO CAÇA STEALTH DE QUINTA GERAÇÃO CHINÊS J-20, EM JANEIRO DE 2011, QUANDO O PRIMEIRO CAÇA STEALTH AMERICANO VOOU EM 1977.

O PRIMEIRO STEALTH RUSSO VOOU EM 2010. OS JAPONESES PLANEJAM O VOO DO SEU CAÇA STEALTH EM 2014. OS ALEMÃES JÁ POSSUEM O DELES, COM A TECNOLOGIA “ESTABILIZADA” RECENTEMENTE, QUANDO SEU CAÇA DEIXOU DE SER “PROTÓTIPO”.

NOTAMOS QUE OS AMERICANOS POSSUEM AS CONCEPÇÕES E PATENTES ORIGINAIS, HÁ MAIS DE 30 ANOS, EM RELAÇÃO AOS NOVOS FABRICANTES DESTE ESTILO DE AVIÃO DE COMBATE.

EM GERAL OS EUA, OU SÓ OU COM 2 OU 3 COMPETIDORES JUNTOS, CRIA SUA FRONTEIRA TECNOLÓGICA PARA GARANTIR SUPERIORIDADE MILITAR, POR PELO MENOS 15 A 30 ANOS DE FRENTE, PARA FAVORECER O “RETORNO DE INVESTIMENTOS”, EM RELAÇÃO AO RESTO DO MUNDO. INCLUSIVE NO CAMPO DA ENERGIA NUCLEAR E DE SEUS ARMAMENTOS DERIVADOS E CORRELATOS.

A VANTAGEM TECNOLÓGICA MILITAR TERMINA POR CONCEDER AOS PAÍSES O PODER TÉCNICO E POLÍTICO, EM TODO O MUNDO, JÁ QUE OS GOVERNOS SÓ DEMONSTRAM RESPEITOS RECÍPROCOS PELO POTENCIAL MILITAR DOS INTERLOCUTORES ... ISTO É, AS ARMAS IMPOEM POSIÇÕES DE BARGANHAS, NEGOCIAÇÕES E ACORDOS MAIS FAVORÁVEIS.

O QUE ESTAMOS VIVENDO É UMA CORRIDA TECNOLÓGICA DE ALTA AGRESSIVIDADE, PARA O EQUILÍBRIO ARMAMENTISTA ENTRE TAIS NAÇÕES E OS EUA. E TUDO PARA POSSUÍREM UM CAÇA FURTIVO INVISÍVEL AOS RADARES, PELO FATO DE SEU FORMATO “FUGIR” DA DETECÇÃO DAS ONDAS ELETROMAGNÉTICAS DOS RADARES.

ESTAMOS, TAMBÉM, VIVENCIANDO A CRISTALIZAÇÃO DE UM PARADIGMA, QUE VAI SER QUEBRADO BREVEMENTE POR UMA TECNOLOGIA MAIS SIMPLES DE MENOR CUSTO DE FABRICAÇÃO, OPERACIONAL E FUNCIONAL. TODOS ESTÃO INVESTINDO FÁBULAS DE VERBAS, ALGUNS INVESTINDO EM ESPIONAGEM INDUSTRIAL, ALGUNS ESTÃO CONTRATANDO EX-ENGENHEIROS AMERICANOS DOS PROJETOS ORIGINAIS DO CAÇA STEALTH DOS EUA.

VALE DE TUDO NA GUERRA PELA HEGEMONIA MILITAR.

PORÉM, ESTAMOS NOS APROXIMANDO DE UMA NOVA LIÇÃO SOBRE “PARADIGMAS CRISTALIZADOS”, QUANDO A TECNOLOGIA STEALTH IRÁ “CAIR” COMO A LÂMPADA DE FILAMENTO PERDEU PARA A LÂMPADA FLUORESCENTE. OU A FAMOSA REDE PARA PRENDER CABELOS, PERDEU PARA O LAQUÊ, E ESTE PERDEU PARA O GUMEX, E ESTE PERDEU PARA O ALISADOR DE CABELOS ...

JÁ PENSOU QUE A INVISIBILIDADE DOS CAÇAS STEALTHS SEJAM AMERICANOS, CHINESES, ALEMÃES, JAPONESES OU RUSSOS ESTÁ CONDENADA?

NA REVISTA “SCIENTIFIC AMERICAN BRASIL” – “TODOS OS ESTADOS DA LUZ” DE NOV. 2008, SE PUBLICOU UMA TECNOLOGIA DE LASER QUE OPERA JUSTAMENTE PELOS RAIOS INFRAVERMELHOS. E PARECE RIDÍCULO, MAS ESTAMOS ASSISTINDO A ESPECIFICAÇÃO DE TECNOLOGIAS QUE PODEM FACILMENTE DETECTAR ESSES CAÇAS, EM QUALQUER LUGAR DO BRASIL OU DO MUNDO.
 
COMO NÃO TEMOS DINHEIRO PARA DESENVOLVER PROJETOS TECNOLÓGICO DE CAÇAS STEALTH, ESTAMOS NA FRONTEIRA DE POSSIBILIDADES DE ESPECIFICARMOS UMA TECNOLOGIA JÁ DESENVOLVIDA, PARA APLICAÇÃO NO CAMPO MILITAR, SOB CUSTOS BEM INFERIORES AOS DO DESENVOLVIMENTO DESTES CAÇAS, COMO FICÇÃO CIENTÍFICA, JUSTAMENTE PARA REENQUADRÁ-LOS NO ESPECTRO DE “OBJETOS VISÍVEIS”.

USANDO ESSENCIALMENTE LASERS, NUM CONCEITO DO QUE PODERÍAMOS CHAMAR DE "PROJETO OURIÇO".

O INFRAVERMELHO QUANDO PERCORRE O FILAMENTO DE LUZ, CRIADO PELA POTÊNCIA DO LASER, ATINGE CERCA DE 20 KM DE ALTITUDE E É CAPAZ DE RECONHECER A "MATERIALIDADE" DOS OBJETOS QUE LHE CORTAM A CONTINUIDADE DE PROJEÇÃO, POR EFEITO DE "RETORNO" OU ROMPIMENTO DE CONTINUIDADE.
 
ASSIM, O "OURIÇO", NUMA CONCEPÇÃO DE VÁRIOS FEIXES MULTIRECIONAIS, EM CONJUNTOS MÚLTIPLOS E DISPERSOS ESTRATEGICAMENTE, NUMA DETERMINADA ÁREA TERRITORIAL, CONECTADO AOS RADARES ATUAIS, SERÁ CAPAZ DE, AO SEREM ROMPIDAS SUAS PROJEÇÕES DE LASERS - MULTIDIRECIONAIS - SINALIZAR AO SISTEMA DE RADARES QUE ALGO PASSOU POR ALI. COMO UM "OVNI TERRESTRE" (UM CAÇA FURTIVO NÃO DEIXA DE SER UM OVNI PARA O "OURIÇO").

ENTÃO, UM SOFTWARE PODERÁ DIZER, AO RADAR, QUE ALGO TRANSPASSOU OS FEIXES DO OURIÇO. OU A REDE ESTRATÉGICA DE OURIÇOS. ACIONANDO A REDE DE DEFESA, OU ATAQUE, QUE LHE ESTIVER CONVENCIONADA PARA ENFRENTAR CAÇAS FURTIVOS ... 
 
NUMA REDE DE OURIÇOS, PARA DETECÇÃO DE OBJETOS FURTIVOS, QUANDO HOUVER UM CORTE, SEGUIDO DE OUTRO, PODE-SE PRESUMIR A PRESENÇA DE UM "OVNI STEALTH", OU DE UMA ESQUADRILHA DELES. DIMENSIONANDO VELOCIDADE, ALTITUDE E RUMO. ENTÃO, OS RADARES ACIONAM O ALERTA DE DEFESA.
 
COM BAIXA COMPLEXIDADE O BRASIL PODERÁ IR FORMATANDO UMA ESTRUTURA OPERACIONAL, PARA CRIAR A SUA REDE PARA A PROTEÇÃO DA AMAZÔNIA, POR EXEMPLO. OU PARA CRIAR SUAS PATENTES E VENDER OS BENS TECNOLÓGICOS, A QUEM QUISER COMPRAR PARA FINS DE DEFESA. ATÉ MESMO AOS FABRICANTES DE CAÇAS STEALTH’S ...

COM O SURGIMENTO DE NOVAS NAÇÕES FABRICANTES, O PARADIGMA DO STEALTH COMEÇA A PERDER A VANTAGEM DA FRONTEIRA TÉCNICA E ESTRATÉGICA. O QUE PODERÁ REFORÇAR O INTERESSE PELO “PROJETO OURIÇO”.

ENGº LEWTON BURITY VERRI
DIRETOR CIENTÍFICO DO IEAQ
WWW.COOPERATIVISMODOBRASIL.COM.BR
CREA 74-1-01852-8 UFF – RJ
COPYRIGHT © 2011 - ENGº LEWTON BURITY VERRI




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!