As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 28-01-2012. Acessado 831 vezes.
Título da Postagem:A Revolução Evangélica e os políticos do Cristo, no século 21, segundo Gabriel
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 28-01-2012 @ 03:01 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]

A Revolução Evangélica e os políticos do Cristo, no século 21, segundo o “Anjo Gabriel”

Nova, revolução, evangélica, políticos, política, século 21, reforma, renovação, regeneração, evolução, civilizatória, humana, direitos, humanos, empatia administrativa, administração, parábolas, Jesus Cristo, Mateus, Lucas, prostituta de púrpura, ética, administração, pública, votação, voto, expurgo, má fé, amor ao próximo, educação, treinamento, figueira estéril, infiel, infiéis, corrupção, moral, intelectual, ceitil, moeda, mediunidade, anjo Gabriel, invocação, pátria, evangelho, coração, mundo, Brasil, brasileiros, crimes, omissões, conluios, frutos, frutificação, IDH, GINI, economia, competência, capacidade, qualidade, produtividade, congresso, nacional, câmara dos deputados, Sodoma, gomorra     
 
Gabriel conforme sua "lógica construtiva" elaborou uma relação de "medidas empáticas" dentro de um regime de exercício em cargos públicos. Não podemos mais VOTAR em qualquer espécie de oportunista, com moral degenerada, hoje nas culminâncias do desabamento deste velho sistema de coisas, causas e seus nocivos efeitos colaterais.
 
Caminhamos para a ruptura abrupta do atual regime político nas nações, principalmente no BRASIL. E Gabriel nos revela uma relação de obrigações para os homens que quererão exercer cargos públicos no país e no mundo ... Segundo Jesus “não ficará pedra sobre pedra”, assim como ele sugeriu que faria no Templo de Caifás ... Que era o líder de todos aqueles que o condenaram e que não se “ajuntaram com ele”.
 
Todos mentem para governar e governam mentindo, com má fé, ignorância e baixa qualificação para cargos e poderes. A prostituta de púrpura que é a política degenerada deste planeta, não tem sintonia com DEUS e nem com a relação de se colocar no lugar do próximo – a velha questão jesusiana de “amar ao próximo como a si mesmo”.
 
O Estado de hoje é a verdadeira figueira estéril, que não dá frutos ou só dá frutos ruins ...
 
E tudo desabará. E tudo está desabando. E Gabriel listou-nos uma relação que ficou em seu primeiro esboço, e assim constituída – como a relação da empatia experienciada: “é a de se colocar no lugar do próximo, para compreender a sua agonia, a dor, o sofrimento, a expiação e morte”, tudo que ocorre por omissão, corrupção despropositada, desproporção humana, desequilíbrio administrativo e ganâncias de poder e dinheiro.
 
Gabriel relacionou 33 obrigações que num futuro serão observadas pelos administradores públicos abnegados e altruístas – os políticos do Cristo, no século 21 ...

O regime da empatia experienciada

1. Ter atendimento somente em hospitais públicos;
2. Viajar somente pelas estradas;
3. Alimentar se com cestas básicas populares;
4. Morar em conjuntos habitacionais bem populares;
5. Ter vale churrasco e ticket cerveja só para 2 fins de semana por mês;
6. Jejuar 7 dias por mês e firmar o significado da fome;
7. Viver com US$ 10,00 por dia e avaliar e tal linha da pobreza;
8. Acordar às 5h00 da manhã para o trabalho e ir a pé ou de ônibus;
9. Ter uma hora para almoço em marmita fria ou morna;
10. Bater ponto e ter somente 3 dias de faltas abonados por ano;
11. Aguardar consultas médicas por 6 meses, com ou sem doença grave;
12. Ter operações cirúrgicas de emergência programadas 1 vez a cada 3 anos;
13. Ficar nas filas e viajar em transportes urbanos cerca de 4 horas por dia;
14. Chegar do trabalho entre 23h00 e 01h00 todo dia e não ter o que comer;
15. Colocar filhos em escolas públicas e em áreas de risco;
16. Entrar em consórcio de bicicletas ou motonetas;
17. Ter um lote de remédios "padrão" para cada 6 meses;
18. Passar 3 meses por ano sem "emprego" - sem nenhuma assistência;
19. Enterrar parentes em covas rasas a R$ 250,00 o enterro;
20. Ficar sem o uso da água por 5 dias a cada 3 meses;
 
21. Ficar sem o uso dos benefícios da energia elétrica por 5 dias a cada 2 meses;
 
22. Aposentar com um salário correspondente à sua contribuição, só reajustado a
cada ano e abaixo do valor aplicado ao salário mínimo;
 
23. Aposentar aos 70 anos "depois que morrer";
 
24. Requerer aposentadoria e aguardar decisão em 3 a 5 anos;
 
25. Experimentar a invalidez: andar com tapa olhos, ou cadeira de rodas, ou muletas por 10 dias no ano;
 
26. Dormir durante o inverno por 10 dias ao relento a cada ano;
 
27. Quebrar pedras em pedreiras por 2 dias seguidos a cada semestre;
 
28. Ficar 5 dias a cada ano em cela de presídio;
 
29. Dividir todo o salário de um mês, a cada ano, com 6 pessoas carentes;
 
30. Abrigar em sua moradia, 2 mendigos, por 5 dias a cada 3 meses;
 
31. Ter diploma universitário em administração, economia ou engenharia;
 
32. Plantar 5 árvores todo mês;
 
33. Trabalhar 2 dias por semestre num asilo.
 
Gabriel achou que 33 itens eram uma boa relação e com número - cabalístico - o tal 33 de Cristo, os quais possuem a energética da agonia, da dor, do sofrimento, da expiação e da expectativa da morte, que podem ser vivenciados, de modo a se ter uma breve percepção do que o próximo sente em suas provações – pelo recesso intelectual e moral das governanças públicas.
 
É uma espécie de educação & treinamento do sujeito que se arvora a pedir VOTOS em face de cobiças da má fé, às quais, tanto assistimos, no nosso amargurado dia-a-dia de cidadãos brasileiros.
 
E qual seria a ÉTICA dos processos administrativos públicos:
 
Como promover o sucesso da Administração Ética Planetária e do Brasil:

1. Respeito às necessidades do ser humano;
 
2. Seriedade com o uso do dinheiro alheio, dos contribuintes e dos pagadores de impostos;
 
3. Servidor público do bem no conceito de “missionário” e abnegado na voluntariedade compensada – pois têm salário para tal obrigação;
 
4. Métodos simplificados e procedimentos racionais e sem burocracias – economia, qualidade e produtividade;
 
5. Exigência de resultados e prestação de contas aos contribuintes dos cofres públicos, com total transparência;
6. Seleção de “mazela social específica” com especialização de mão de obra com voluntariedade compensada, para centrar esforços de mitigação, com urgência e obrigação;
7. Remuneração “austera” para preenchimento das necessidades individuais básicas do servidor do bem, sem ostentações, sem abusos e sem hedonismo;
 
8. Missão econômica de “sem fins lucrativos”, mas sem ser perdulária e temerária;
 
9. Missão social de “fazer bem ao próximo” – usando índices científicos de medições;
 
10. Promover o crescimento do ser humano – IDH – e a evolução para saúde plena, longa vida, saber evolutivo e prosperidade crescente – promover o clima da “religação” com DEUS.
 
E segundo o próprio Gabriel a REVOLUÇÃO EVANGÉLICA no Brasil parece mostrar seu fracasso na reforma política e social do país, permitindo a permanência das mais hediondas abominações praticadas pelos governistas e pelas governanças públicas ... Ficou acomodada numa presunçosa irmandade econômica e de exploração de crenças e valores, sob o nome do Cristo, o qual rejeita tudo isto.
 
E DEUS abomina tudo isto ... E se DEUS abomina tudo isto como pode os conhecedores do Cristo, aceitarem tais abominações, sem o uso racional da força transformadora das palavras evangélicas e da Bíblia?
 
As Falhas Administrativas Públicas no Brasil. O status normal brasileiro – as disfunções da inoperância do Estado Brasileiro.
 
1. Excesso de benefícios para uns poucos e escassez para muitos outros;
2. Fome e exclusão social;
3. Degradação ambiental e social;
4. Corrupção, injustiças e crimes hediondos e aviltantes;
5. Doenças, epidemias e endemias;
6. Analfabetismo a analfabetismo funcional e cultural;
7. Violência e depravações morais;
8. Mortalidades precoces e acidentes individuais, coletivos e catastróficos;
9. Suicídios e homicídios;
10. Guerras e conflitos armados - internos e externos;
11. Desemprego e subemprego – precarização do trabalho;
12. Fraudes e subterfúgios enganosos;
13. Covardia e servilismo, brutalidade e sadismo;
14. Incompetência administrativa pública e privada com erros e omissões;
15. Dissimulação política e hipocrisia;
16. Autoritarismo e procedimentos ditatoriais, que nos últimos 27 anos têm sido cometidos, por políticos da sociedade civil.
 
Gabriel disse que para Jesus, tais fiéis, são apenas seus conhecedores, mas não são seus seguidores já que a palavra não é aplicada para reformas e renovações ... 
 
Por quantos séculos ainda ficarão assim?  
 
O Evangelho para o Cristo é uma força poderosa de transformação política e social cuja energia não está sendo direcionada para RETIRAR realmente os necessitados das suas misérias e comezinhos da vida mundana de provações extra-humanas e que todos estão deixando permanecer na permanente instigação do sofrimento, sem reformas e sem renovações.
 
O rebanho e os pastores da Revolução Evangélica se bastaram a si mesmo sem conexão com o todo e sem a rastreabilidade sagrada com o SENHOR JESUS CRISTO ... Aparenta a Gabriel uma alienação que se restringiu aos apegos econômicos de cantores-louvadores, de pastores-de-pregação-envaidecida, e de fiéis acomodados em suas mazelas, cegos e surdos para as mazelas dos próximos, e sem o “GPS” da busca pelo caminho, pela verdade e pela vida.
 
Jesus disse: - EU sou o caminho, a verdade e a vida, e ninguém vai ao PAI senão por MIM ...
 
E todos não irão ao PAI, enquanto este tal conjunto contribuir com o desleixo e degeneração das virtudes humanas, sem as verdadeiras reformas e renovações.
 
Para Gabriel a atual Revolução Evangélica não deixa de ser uma figueira estéril, sem bons frutos e sem a expansão verdadeira do amor ao Cristo.
 
Não só deixarão de ir ao PAI, como a sociedade irá soçobrar antes em suas abominações e indiferenças, tais como as praticadas principalmente pelo Petismo / Lulismo da governança que nos molesta há 9 anos.
 
E o Cristo já nos disse: - nem todo aquele que diz senhor, senhor, irá para o Reino dos Céus ...
 
Cuidado com a atitude coletiva de fariseu hipócrita! A Revolução Evangélica foi inspirada não para se ter mercado, mercadorias, serviços, cantorias, louvores e fiéis fanatizados, mas sim para a reforma e a renovação contínua da Terra - Brasil. Este a pátria do evangelho e coração do mundo ...
 
Visitem LUCAS ... Certifiquem-se sobre o que JESUS CRISTO espera da Revolução Evangélica!
 
Parábola do Administrador Infiel – LUCAS 16: 1 – 18; resumo: recriminação do administrador das coisas alheias, que astuto e dissimulado rouba das coisas pequenas e grandes – infidelidade e falta de respeito com o trato das coisas alheias.  Esse evento nos faz lembrar das práticas criminosas com que são tratadas as coisas públicas e privadas, e o modo leviano em que podem ser administradas numa nação.
 
Administração e Política são duas faces de uma mesma moeda, e por isso mesmo se a evolução humana é uma obrigatoriedade, para evitar o fracasso, a corrupção e a degeneração, esta moeda é o ceitil do qual nos falou Jesus ... E quem tomou o ceitil alheio irá devolver “ceitil por ceitil”.
 
Ou então visitem MATEUS ...
 
Mateus, 5:25 e 26
 
25 - Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele, para que não aconteça que o adversário te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao oficial, e te encerrem na prisão.
 
26- Em verdade te digo que de maneira nenhuma sairás dali enquanto não pagares o último ceitil.
 
Os nossos adversários, no contexto de Mateus, são todos aqueles que nos impingem prejuízos e adversidades – os tais políticos degenerados, os quais poderemos encerrar na prisão e lá ficarão até que paguem o último ceitil que nos foi roubado ... Em verdade são eles que terão que se reconciliar com o Cristo e com os revolucionários do evangelho.
 
Gabriel crê que a Revolução Evangélica será capaz disto, numa cruzada reformadora em nome do Cristo.
 
E virão por aí as novas pregações com vistas às reformas e as renovações urgentes ... Após mais de 160 anos da pregação mundial do fracassado e estéril comunismo, e do socialismo, que fizeram a humanidade se dividir, numa luta ideológica de consumação de vidas, patrimônios e tempo civilizatório – mortandades, extermínios e crueldades limites.
 
Em futuro haverá um só povo e um só pastor, segundo JOÃO 10-16, numa convergência de atenções e coordenações administrativas, em busca de altos padrões de vida social, material e espiritual ... Sem perdas de foco, energia, recursos e objetivos, por infestações de processo ideológicos criminais e da degenerada filosofia pseudocientífica do esbulho e de alforria presunçosa, como foi a filosofia pregadora incessante, e devastadora, do Comunismo no planeta – o mundo perdeu 160 anos de foco e objetividade.
 
O maior filósofo da humanidade é o próprio JESUS CRISTO, o caminho, a verdade e a vida. As mais elevadas inspirações filosóficas, partidas do sagrado e rastreadas com DEUS, estão nos 2 testamentos da Bíblia, e não estão em nenhum centro acadêmico de abelhudos filosóficos de ideologias e sem o pragmatismo da realidade que os circunda.
 
A Bancada Evangélica na Câmara e no Congresso nacional deverá ser expurgada, junto com todos os adversários da evolução política e social do Brasil. Como Jesus Cristo dá VOTO, tal bancada evangélica não é nada mais nada menos do que outra figueira estéril, e omissa, às necessidades humanas de todos os filhos de DEUS que habitam esta nação.
 
Que a Revolução Evangélica se manifeste logo, pois o Brasil caminha para uma nova SODOMA E GOMORRA ...

Lewton Burity Verri
Médium do Cristo ... E conversas com o Anjo Gabriel!



Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!