As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 19-03-2012. Acessado 649 vezes.
Título da Postagem:Minha empresa cresceu, como devo efetivar o controle dela e das filiais
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 19-03-2012 @ 04:46 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]

Minha empresa cresceu: - Como devo efetivar o controle dela e das filiais?

Tags: Monitoramento, avaliação, desempenho, supervisão, organograma, matrizes, funções, funcional, PDCA, afinidade, teoria da administração, controle, verificação, padrão, padronização, executivo, CEO, responsabilidade, técnica, civil, atividades, operação, evolução, desenvolvimento, aprimoramento, decisão, nível, plataforma, gestão, gerencial, executante, filial, contabilidade, integração

Adotando as matrizes de monitoramento gerencial. Essas matrizes detalham as atividades funcionais da Empresa que cada Supervisão do Organograma deve CONTROLAR, segundo o Ciclo do PDCA, abaixo:

P – Plano de controle – Metas e Métodos – Indicadores;

D – Produção e prestação de serviços – seguir os métodos;

C – Verificação das Metas – Níveis de decisão;

A – Ações de correção e prevenção – ajustes/conduta.

As atividades funcionais são aquelas relacionadas com a natureza administrativa da cada Supervisão, enquadráveis por AFINIDADE e de acordo com o que recomenda o histórico empresarial e a Teoria da Administração.

Elas possuem valores e unidades de medidas decorrentes da determinação de sua magnitude, através de medições e contagens dentro da Empresa e de suas operações e atividades.

A Legenda usada considera que existe na organização a Função Responsável e EXECUTANTE da atividade a qual se indica com a letra X.

Quando todos devem executar, mas que o Responsável é o executivo que faz acontecer, todos terão a letra X e o EXECUTIVO RESPONSÁVEL terá a letra (X) – com parênteses. Quando usada a letra V pretende-se designar que a Função também VERIFICA, mas que NÃO é a RESPONSÁVEL.

ATIVIDADES FUNCIONAIS especificáveis numa empresa integrada: Pro - proprietários, SupGR - Supervisor Geral, SupFN - supervisor financeiro, SupMK – supervisor de marketing e vendas, SupSV - supervisor de serviços, SupCO - supervisor de compras, SupRH - supervisor de RH e Contador - terceirizado.

Seguem as atividades mínimas para a criação dos Indicadores, mensuráveis, para planilhamento cruzado, “atividade x função”: atribua ao indicador o agente executivo por "afinidade" com (X), com X quando todos devem executar e com V quando a função deve verificar ...

1. Aplicação do Plano de Carreira,

2. Atrasos de Entregas dos Fornecedores,

3. Atrasos de Entregas nas Vendas,

4. Avaliação do Desempenho do Pessoal,

5. Balancetes e Balanços,

6. Ciclo do Plano de Metas,

7. Conservação e Limpeza,

8. Contas a Pagar e Contas a Receber,

9. Contratos Licitados,

10. Demissões e Motivos,

11. Devolução de Cheques em Nº e Valor R$,

12. Estudos Específicos,

13. Evolução das Compras,

14. Evolução das Despesas,

15. Evolução das Vendas,

16. Evolução do Endividamento,

17. Evolução das Entregas, 

18. Evolução do Patrimônio Líquido,    

19. Evolução dos Custos Operacionais,

20. Evolução dos Investimentos e Projetos,

21. Evolução dos Lucros & Prejuízos,

22. Evolução dos Preços de Vendas,    

23. Fluxo de Caixa,

24. Manutenção Geral,

25. Ofertas Aceitas e Motivos,

26. Orçamentos propostos e Vendas Consolidadas,

27. Participação em Licitações Públicas e Privadas,

28. Processos Seletivos e Contratações,

29. Reclamações aos Fornecedores,

30. Reclamações de Clientes,

31. Reclamações Trabalhistas,

32. Relações com as Financeiras e Bancos,

33. Rotatividade dos Estoques,

34. Seleção e Adoção de Benefícios,

35. Situação da Avaliação de Desempenho,

36. Situação da Educação e do Treinamento,

37. Situação da Telefonia,

38. Situação das Campanhas ou das Atividades de Marketing/Promoções,

39. Situação das Instalações,

40. Situação do Mercado Nacional e Internacional,

41. Situação do Pessoal: Faltas, Atrasos, Acidentes e Licenças Médicas,

42. Situação dos Benefícios Adotados,

43. Situação dos Computadores, Rede, Internet e Câmeras de Segurança,

44. Situação dos Concorrentes e do Ramo de Atividades,

45. Situação dos Desembarques no Pátio,

46. Situação dos Veículos,

47. Situação Geral dos Concorrentes Locais,

48. Tributos, Taxas e Multas,

49. Vendas por Vendedor,

50. Visitações a Fornecedores,

51. Volume de Cheques Pré-datados em Nº e Valor R$,

52. Volume de Compras e Motivos,

53. Volume de Vendas Diretas e Financiadas,

54. Volume e Motivo das Trocas.

Aplique no monitoramento uma política mínima e faça uma agenda administrativa periódica, para as prestações ROTINEIRAS de contas com os resultados ...
Siga uma POLÍTICA MÍNIMA DE GESTÃO EMPRESARIAL:

1. Cumprir as funções operacionais básicas, assegurando o correto procedimento em sua execução.

2. Respeitar as atuações de Interfaces minimizando conflitos, transgressões ou omissões.

3. Construir um eficiente controle de rotina assegurando estabilidade operacional para a melhoria contínua.

4. Equilibrar adequadamente a partição do tempo de Gestão para a rotina, a melhoria contínua e o desenvolvimento promovendo a qualidade dos resultados.

5. Atuar antecipadamente na cronologia do controle na Gestão dos Resultados minimizando desempenhos inadequados.

6. Cumprir Rigorosamente o Ciclo de Gestão para permitir um controle científico dos resultados dos processos empresariais.

7. Manter o pessoal treinado e com recursos adequados motivando-o para a melhoria contínua.

8. Zelar pela informação confiável registrando e relatando os eventos com fidelidade à verdade.

Abraços,

Lewton




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!