As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 29-04-2012. Acessado 987 vezes.
Título da Postagem:A administração científica transformando a Terra em planeta de regeneração
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 29-04-2012 @ 03:28 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]

A administração científica transformando a Terra em planeta de regeneração

Tags: Alan Kardec, planetas, moradas da casa do PAI, cosmos, universo, multiverso, reino dos céus, provas e expiações, espíritos, almas, administração, ciência, científica, espiritismo, Jesus Cristo, cristianismo, evolução, mundos superiores, mundos inferiores, evangelho, evangélico, sabedoria, sábios, governanças, nova era, nova ordem, democracia, meritocracia, regeneração, mundos celestes, mundos ditosos, Hermes Trimegisto, Monge Malthus, esgotamento, crises sociais e econômicas, Armagedom, apocalipse, evangelismo, meritocrático, meritocracia    
 
O paradigma da grande reforma será transformar a Terra em planeta de regeneração para a paz, prosperidade e longa vida, onde o IDH índice de Desenvolvimento Humano é uma das medidas embrionárias do processo evolutivo e civilizatório. E o que será um planeta de regeneração?
 
Entende-se por planeta de regeneração um mundo em transição entre um orbe conflituoso, repleto de crueldades, com almas em suplícios induzidos pelos semelhantes, afilhados e crias da ignorância, para um mundo de recomposição ambiental, moral, intelectual, capaz de constituir a real grandeza humana, em imagem e semelhança a DEUS, após milênios de primitivismo, de provas e expiações. E após a vinda de avatares celestes de inteligência a moral superiores, tal como Jesus Cristo, os quais vêm anunciar novos caminhos: o caminho, a verdade e vida ...
 
O atual sistema político e de governanças faliu moral e intelectualmente e a ignorância preside até hoje, desde os mais antigos ditadores e reis cruéis. Todas as ideologias faliram. E a democracia faliu em suas escolhas e em suas obras. A Terra já atingiu um momento histórico da mais crítica comoção sócio-política.
 
O sinal dos tempos ou o fim dos dias representa a falência das ideologias, dos sistemas sociais e políticos da Terra, onde as expiações, dores, sofrimentos e mortes assumem valores bilionários em contagens de indivíduos em martírios existenciais. 
 
E o Brasil é um país milionário, onde as contagens são em milhões: de pobres e miseráveis, analfabetos, analfabetos funcionais, menores abandonados, inválidos, drogados, dementes, desempregos, doenças e doentes, criminosos e assassinos, famílias sem teto e é um dos países recordistas em desigualdades sociais.
 
A cada ano “ingressam” na Terra Brasil milhões de alminhas onde mais de 80% ficará excluída da assistência do estado. E no Brasil isto é uma dura realidade.
 
A população cresce em demasia e os recursos não acompanham as necessidades. O que já dizia o Monge Malthus, em seus estudos. E tudo é mediocremente administrado ...
 
O Brasil está destroçado, por cegos conduzindo cegos ao abismo das calamidades completas e complexas, pelas escolhas da pseudo-democracia libertária. Estamos na era da omissão da fraternidade administrativa, onde o único código moral acima de qualquer código de conduta e comportamentos, acima das constituições, é o EVANGELHO DE JESUS CRISTO.
 
A ignorância é satânica e corrompida ... E a nossa primeira e prioritária reflexão deverá ser:
 
Se as máquinas começarem a QUEBRAR;
Se os aviões começarem a CAIR;
Se os prédios começarem a desmoronar;
Se os navios começarem a AFUNDAR;
Se as comunicações começarem a FALHAR;
Se as pontes começarem a RUIR;
Se a energia começar a FALTAR;
Se ...
 
Logo perguntarão: - O que está acontecendo com a Tecnologia e com seus agentes? Mas se tudo estiver funcionando normalmente, segundo a Lei da Confiabilidade, então entenderão que a sabedoria governa a Tecnologia.
 
Se as crianças morrem de FOME;
Se os doentes não têm ASSISTÊNCIA;
Se os homens não têm CASA;
Se os trabalhadores não têm EMPREGO;
Se muitos não têm ESCOLA,
Se 80% de todos não têm DIGNIDADE HUMANA;
Se a violência massacra a VIDA,
Se os direitos não são IGUAIS;
Se ...
 
Logo perguntarão: - O que está acontecendo com a Política e com seus agentes? Mas, como tudo NÃO está funcionando normalmente, segundo a Lei da Confiabilidade, então entenderão que a sabedoria NÃO governa a Política.
 
A partir da regeneração os sábios e a sabedoria dominarão a administração científica e as mentes perversas obstruídas pela ignorância serão expulsas das lides planetárias ... Irão para mundos inferiores onde haverá choro e ranger de dentes – os planetas primitivos para o recomeço e um novo aprendizado.
 
A Terra se transformará em um mundo de regeneração. E a juventude atualmente encarnada e os espíritos em encarnação possuem sintonia genética e espiritual com o modus operandi da grande reforma.
 
Hermes de Trimegisto dizia que a tudo da Terra é o que era lá encima. Ou uma espécie de convergência evolutiva em relação aos reinos dos céus: o que é lá encima é o que é aqui embaixo.
 
Lá encima é o reino dos céus, as muitas moradas da casa do PAI e aqui embaixo somos os terráqueos numa Terra em transição, e que hoje ainda é o Vale da Sombra da Morte, como planeta de provas e expiações.
 
A evolução é inexorável, na medida em que o homem se submete às leis da DEUS. Os homens moralmente inferiores, tomados por paixões e vícios rejeitam esta submissão. A ignorância não preside e muito menos tem capacidade de governar. E nesta última hora se aceleram o desespero aflitivo e as expiações.
 
A GRANDE REFORMA será quando a administração do estado for feita por sábios e não por ignorantes – a sabedoria é um atributo de DEUS e por isso mesmo é ele quem governa os multiversos e o nosso universo cósmico. E nesta ocasião o sistema político e moral de governo e governança será denominado de EVANGELISMO MERITOCRÁTICO, em substituição a todas as ideologias de administração de estado que faliram. Daí se dará a transição planetária de um mundo de provas e expiações para um mundo de REGENERAÇÃO.
 
A gênese da nova ordem será Jesus: o caminho, a verdade e a vida, com a nova lei administrativa, como a Lei do Crivo:
 
1º Artigo: a tudo aplicar o juízo de valor em que se busca e se fundamenta na verdade,
 
2º Artigo: em que a tudo se verifica a presença da bondade e
 
3º Artigo: a tudo se projeta a utilidade.
 
A regeneração será o ensaio do paraíso, através da Educação Total e da Administração Científica, que promoverá a evolução na sua forma e nobreza de implantação prática.
 
O paraíso não é sinônimo de indolência, mas sim de perfeição onde tudo funciona perfeitamente e o relacionamento humano entre os seres é harmônico e amoroso. Amai uns aos outros como eu vos amei. Mas, para se chegar ao paraíso conceitual teremos que encerrar a transição desta era de provas e expiações para a era da regeneração.
 
Na era da regeneração planetária uma nova visão administrativa tomará o rumo da verdadeira evolução civilizatória dos países, quando se comprovará que “ciência e religião” já se encontraram. Ver no link ao lado sobre a análise comparativa entre o evangelho e as modernas técnicas administrativas baseadas na ciência:
 
 
Mesmo no paraíso Jesus dizia: - Meu PAI e EU trabalhamos incessantemente.
 
Se os brandos e pacíficos – os homens de boa vontade – herdarão a Terra, não será justo herdar este planeta em degeneração humana e em decomposição moral. E nem tampouco este planeta em poluição crescente e total degradação ambiental. Esta será a verdadeira busca de um mundo melhor ... 
 
E fora da caridade não há salvação e há muitas moradas na casa de meu PAI – Jesus. Existe uma assistência celeste, em que os mais evoluídos socorrem os em evolução? Não teria Jesus Cristo feito isto, no seu Projeto Cristão de apagar os incêndios da Terra, trazendo a verdade que nos libertará?
 
O que de fato nos libertará de todas as mazelas que fazem a humanidade viver em permanentes ciclos de provas e expiações? Aumentando a multidão de pobres e miseráveis, analfabetos, analfabetos funcionais, menores abandonados, inválidos, drogados, dementes, desempregos, doenças e doentes, criminosos e assassinos, famílias sem teto e etc?
 
Todas estas mazelas são frutos da ignorância das nossas escolhas! A ignorância é satânica e corrompida.
 
O que nos libertará não será a nova visão da administração científica por parte das governanças?
 
Fonte: Literatura do Autor;
 
http://www.bn.br/portal/index.jsp?plugin=FbnBuscaEDA&radio=CpfCnpj&codPer=dhfzEFqZqAVKZimkr48JGw== VERRI, LEWTON BURITY - O PARADIGMA DA GRANDE REFORMA - Registro Nº: 96040, em 15/03/1995.

Abraços,

Lewton




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!