As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 18-11-2012. Acessado 915 vezes.
Título da Postagem:Os Postulados de Albert Einstein para a Arte de Bem governar no século 21
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 18-11-2012 @ 05:17 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]

Os Postulados de Albert Einstein para a Arte de Bem governar no século 21

Tags: Postulados de Einstein, Albert Einstein, administração científica, IDH, índice de desenvolvimento humano, capitalismo, comunismo, socialismo, manifesto comunista, marx e engels, filosofia, ideologia, religião, Maslow, Herzberg, Revista Planeta, Estado Humanista, Direitos Humanos, mundo melhor, evolução civilizatória 

Meu profº Carlos Cardoso Aveline, que foi colaborador e articulista da Revista Planeta, recomendava o estudo dos postulados de Albert Einstein. Ao invés de ficarmos a mercê dos filósofos da irrealidade ideológica e de profetas e economistas do governismo moderno deveríamos analisar a aplicabilidade dos postulados de Einstein.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Albert_Einstein, Albert Einstein, Nascido em Ulm - Alemanha, 14 de março de 1879 — Falecido em Princeton - EUA, 18 de abril de 1955 foi um físico teórico alemão radicado nos Estados Unidos. Em 2009, 100 físicos renomados o elegeram, o mais memorável físico de todos os tempos.
 
É conhecido por desenvolver a teoria da relatividade. Recebeu o Nobel de Física de 1921, pela correta explicação do efeito fotoeléctrico; no entanto, o prêmio só foi anunciado em 1922. O seu trabalho teórico possibilitou o desenvolvimento da energia atômica, apesar de não prever tal possibilidade.
 
Devido à formulação da teoria da relatividade, Einstein tornou-se mundialmente famoso. Nos seus últimos anos, sua fama excedeu a de qualquer outro cientista na cultura popular: "Einstein" tornou-se um sinônimo de gênio. Foi por exemplo eleito pela revista Time como a "Pessoa do Século", e a sua face é uma das mais conhecidas em todo o mundo. Em 2005 celebrou-se o Ano Internacional da Física, em comemoração aos cem anos do chamado annus mirabilis (ano miraculoso) de Einstein, em que este publicou quatro dos mais fundamentais artigos cientifícos da física do século XX. Em sua honra, foi atribuído o seu nome a uma unidade usada na fotoquímica, o einstein, bem como a um elemento químico, o einstênio.

A sabedoria de Einstein sempre esteve associada a um profundo humanismo, por suas frases de feitos e suas anotações científicas sobre o senso da ciência voltada para a natureza material e espiritual da humanidade. "Fato é, contudo, que embora tenha sempre expressado sua profunda admiração pela ordem da natureza, sendo a admiração pela natureza certamente a sua mais devota religião, nunca associou-a explicitamente a um projetista onipotente, sendo essa conexão sempre feita por terceiros a partir de suas citações. Para Einstein 'o Homem é livre de fazer o que quer, mas não é livre de querer o que quer', o que significa que o homem age sempre de forma compulsiva, sem uma verdadeira liberdade, todos os seus atos sendo determinados pelas leis da natureza e pela interação do homem com o ambiente". Wikipedia.
 
Depois de mais de meio século as proposições de Einstein (após sua morte em 1955) aparentam ganhar força implementadora, com relação ao estado humanista que terá que ser um modo administrativo para tratar do crescente mazelamento social e humano global - já que dos atuais 7 bilhões de habitantes planetários iremos para os 9 bilhões dentro de 10 a 20 anos, dependendo das condições impactantes do meio ambiente, dos conflitos econômicos, do fanatismo religioso, das hecatombes epidêmicas e endêmicas e da corrupção hedionda dos governantes...

Os 6 postulados de Einstein poderiam ser "operacionalizados" administrativamente, para a promoção real de um mundo melhor, sem a afetação ideológica da filosofia que colocou a humanidade entre socialismo, comunismo e capitalismo, nestes mais de 160 anos, desde o fatídico Manifesto Comunista de Marx e Engels, de 1848. Levando a mortandade de milhões de pessoas por onde se acirrou tal duelo, tendo seu arrefecimento com a queda do Muro de Berlim, em 1989, no esgotamento da Guerra Fria entre os EUA e a URSS.

Os 6 postulados de Einstein: IA = inserção reflexiva do presente articulista.

1º Postulado: “Aqueles bens indispensáveis para manter a vida e a saúde de todos os seres humanos deveriam ser produzidos com o menor trabalho possível de todos”. IA - Com a redução dos custos da alta tecnologia e a redução do número de pessoal, por processos tecnológicos, o atendimento deste postulado fica viável, onde fábricas robot produzirão alimentos a baixo custo, vestuários e outros bens indispensáveis, mantidas por impostos racionais, de proposição social, em atividades privadas, terceirizadas em regime cooperativista, simbolicamente “vendidos” ao cidadão.

2º Postulado: “A satisfação das necessidades físicas é de fato uma pré-condição para uma existência satisfatória, mas não é suficiente”. IA - O IDH como meta supra partidária confere uma direção de governo no estado humanista, permitindo uma evolução do seu conceito tornando-o mais abrangente com relação aos indicadores que compõem.

3º Postulado: “Para ser feliz o ser humano precisa sentir que cresce intelectual e espiritualmente”. IA - O estado humanista trabalhará para o crescimento do ser humano segundo Jesus Cristo, Maslow e Herzberg.

4º Postulado: “A jornada de trabalho deve ser gradualmente reduzida graças aos avanços da tecnologia”. IA - Este item já está em atendimento, mas, nem o mercado solidário, nem o 1º postulado já foram acionados. O tempo urge e os tempos são chegados.

5º Postulado: “O ser humano não  deve aceitar nem ser obrigado a aceitar dogmas religiosos, filosóficos ou políticos”. IA - O IDH provoca o atendimento deste postulado e o “Caminho Crítico da Qualidade Total” faz a fusão da ciência com a religião - crescimento do ser humano.

6º Postulado: “A prioridade deve ser sempre o desenvolvimento de uma habilidade geral de pensar e avaliar com independência, e não a aquisição de algum conhecimento específico”. IA - A revolução da educação e dos processos culturais prepararão gerações para “soluções de problemas”, com uma educação básica apoiada em métodos de rompimento de paradigmas e de solução universal de problemas, tendo aprendizagem em operar sistemas especialistas, encapsulando o conhecimento da multidisciplinaridade.

As realidades cristãs que não nos escapam do dia-a-dia, apesar de Einstein propor o rompimento com dogmas (1) religiosos: 1. “O futuro já está presente e os tempos são chegados”, 2. “Conhecereis a verdade ela vos libertará” e 3. “A cada um será dado conforme as suas obras”.

(1) Dogma: um dogma é uma verdade absoluta, definitiva, imutável, infalível, inquestionável e absolutamente segura, sobre a qual não pode pairar nenhuma dúvida. E hoje os dogmas são paradigmas em contínua desconstrução, em face da evolução da ciência demonstrar a invalidade afirmativa de boa parcela deles, colocando-os na prateleira das crenças, dos folclores e das fantasias sem fundamentos materiais, no mundo real.

Abraços,

Lewton  




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!