As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 23-02-2013. Acessado 650 vezes.
Título da Postagem:O Outlook da Microsoft, os nerds fazendo merds.
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 23-02-2013 @ 05:21 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: hotmail, outlook, microsoft, inovação, update, complexidade, falhas, concepção
O OUTLOOK da MICROSOFT: os nerds fazendo merds...
 
Não é uma questão de implicância ou críticas de um sujeito "tecnologicamente obtuso". O OUTLOOK da Microsoft me fez notar uma falha na concepção e na liderança de projetos de tecnologia fina e complexa.
 
E alguns dos meus colegas engenheiros, também, vêm observando uma espécie de degradação na concepção, no desenvolvimento e na implantação de novas tecnologias.
 
Já fui chefe para coordenação de concepção, desenvolvimento e implantação de novas tecnologias e novos sistemas. E constatamos que a participação dos consumidores, dos usuários e dos clientes é fundamental, quando conseguimos extrair as necessidades deles, e as agregar nos objetos da nova tecnologia e/ou sistemas.
 
Em geral neste patamar, de investigação de opiniões, temos que usar um filtro para crítica do significado das sugestões. Em mais de 90% delas temos um sujeito "tecnologicamente obtuso", sugerindo colocar soluções técnicas inviáveis e em necessidades estatisticamente insignificantes e quase ridículas.
 
Um absurdo, por exemplo: colocar mesas nas asas dos aviões para bebericagens e relaxamento dos passageiros, e poderem apreciar melhor as viagens. Como a tecnologia avião nos é bem conhecida, desde o 1º voo do irmãos Wright nos EUA, em 1903, há 111 anos. E é ridícula uma sugestão desta para ser aplicada num avião. Este absurdo ocorre nas atuais e novas tecnologias, em que os consumidores, os usuários e os clientes são extremamente leigos.
 
A isto chamamos MARKET-IN em que criamos algo segundo os gostos, tradições e hábitos dos consumidores, dos usuários e dos clientes. E exige uma apurada capacidade de análise técnica e de síntese, em virtude de dezenas ou centenas de sugestões parecidas, que devem ser agrupadas numa só proposta de solução técnica e econômica, que lhes justifique concretizar no novo produto, objeto ou sistema.
 
Segundo manifestações na REDE, o HOTMAIL que será substituído pelo OUTLOOK.com é o que possui melhor funcionalidade e menos complexidade de manuseio. Como engenheiro industrial aposentado digo que cada versão de produtos da Microsoft só agrega complexidades, que no meu modo de usar, jamais seriam necessárias. Tem muito FRUFRU de erudição tecnológica inútil. Seus softs são concebidos, escritos e comercializados sem análise da demanda de uso pelos seus utilizadores. É show pirotécnico de tecnologia. Não aumentam a produtividade e nem a qualidade...
 
Assim, também acontece com o WINDOWS, em que o "velho Win XP" ainda não foi superado pelos Win 7 ou Win 8, que são duas "prosopopéias" tecnológicas caras e que não agregam produtividade, simplicidade de uso e aprendizado (imaginemos para o pessoal da 3ª idade?) e nem qualidade nos relatórios que faço, como membro da engenharia. Deviam fazer coisas mais simples para as necessidades de maiores frequências de uso e bem mais baratos.
 
E quase todos os produtos da fina tecnologia estão formulados para quem tem especialização em informática. Não há uma preocupação de simplificar as instruções e processos. Deveriam ser feitos com ilustrações e com caminho crítico e exemplificações mais objetivas. Além de terem a possibilidade de cobrir pelo menos 70% dos problemas e necessidades de utilização mais frequentes. E as perguntas dos questionários deles, para desenvolverem os produtos, estão dirigidas para captar mais itens relacionados à demanda deles, do que dificuldades de uso e entendimentos dos utilizadores.
 
Seria bom que a Microsoft contratasse consultores com muita experiência prática na interface homem-ferramenta e conhecedores da aplicação de ferramentas facilitadoras de tarefas, trabalhos e atividades cognoscíveis... Uma dica ou outra de sugestões não fará efeito produtivo no conjunto, se não houver um tratamento integrado na interface homem-ferramenta.
 
Em quase 40 anos de experiências aprendemos que, ao inventarmos e inovarmos coisas úteis, temos que seguir a princípio algumas regras que são fundamentais, para que possamos inventar ou inovar algo que seja de fato melhor que os bens, produtos e objetos anteriores, quais sejam:
 
1. Fazer mais fácil,

2. Fazer mais rápido,

3. Fazer mais barato - menor preço,

4. Fazer mais seguro - para o trabalhador, fabricante, usuário e meio ambiente,

5. Fazer mais econômico - menor custo,

6. Fazer correto - menos erros e menos defeitos,

7. Fazer com menos energia e insumos,

8. Fazer para uso e funcionamento mais amigável e menos complexo.
 
E nas inovações ou UPDATES das empresas de tecnologia estes paradigmas nos parecem estar esquecidos. O Valor de Uso dos inventos e dos produtos tradicionais está relacionado aos aspectos facilitadores que a mercadoria/produto gera ao consumidor, e que lhe dá o impulso do consumo, para a sua posse, como os Futuros Parâmetros da Qualidade no Século 21 – Q21:
 
(a) Conveniência racionalizadora de tempo, de materiais e insumos, de movimento e de esforços;
 
(b) Funcionalidade econômica e operacional, conforto, segurança e bem estar;
 
(c) Facilidade no aprendizado de uso ou manipulação;
 
(d) Facilidade de compra – localização, preço e formas de pagamento;
 
(e) Manutenção descomplicada, assistência imediata e larga garantia de uso;
 
(f) Fácil descartabilidade para reciclagem, em mínimos danos ambientais;
 
(g) Infinitas possibilidades de escolhas em cores, sabores, tamanhos, pesos, formatos, desempenho e etc: 200 tipos de queijos, 40 tipos de bicicletas, 180 tipos de carros, 100 tipos de sucos, 80 tipos de calças, 35 tipos de helicópteros, 50 tipos de aviões e etc.
 
Abraços,
 
Lewton
 
===================================================== A NOTÍCIA

Microsoft anuncia data para o fim do Hotmail
 
 
Microsoft anuncia data para o fim do Hotmail - Serviço será substituído de vez pelo Outlook.com 
19 de Fevereiro de 2013 | 09:02h
 
Olhar Digital
 
A Microsoft anunciou ontem que o período de testes do Outlook.com chegou ao fim. Com isso, acaba também o futuro do Hotmail, pois os clientes do serviço antigo de e-mail da companhia serão movidos para o novo formato.
 
Na metade do ano, quem tem conta no Hotmail passará por uma migração automática para a nova experiência, mas mantendo as informações antigas, incluindo senha, mensagens, pastas, contatos, regras, respostas automáticas etc.
 
O usuário ainda poderá escolher se fica com o endereço @hotmail.com, ao invés do @outlook.com. "Nunca faremos você mudar", garante David Law, diretor de gerenciamento de produtos do Outlook.com.
 
Mas nada foi dito quando à duplicidade: quando a Microsoft lançou o Outlook.com, muita gente que tentou mudar para a nova plataforma se surpreendeu ao perceber que o endereço usado no Hotmail já havia sido tomado por outro internauta. Se todos resolverem ir de um serviço para o outro, não se sabe como isso será resolvido.
 
Mais de 60 milhões de pessoas entraram na fase beta, mandando sugestões sobre o que poderia ser melhorado no Outlook.com. Tudo foi analisado pela empresa e parte foi usada para melhorar o produto.
 
Embora a atualização automática esteja programada, os interessados já podem acessar o serviço. Em agosto passado, quando o produto foi apresentado, o Olhar Digital fez um review com as principais novidades (veja aqui). Abaixo você confere dois comerciais lançados sobre o Outlook.com.
 



Bookmark and Share

Comentários

Emax3 em 24-02-2013 às 11:50

Mesmo com tantos descalabros o windows ainda é de longe o sistema operacional mais utilizado instalado em quase todos os desktops residenciais. Na minha opinião é falta de competência dos concorrentes que se esforçam, cada um individualmente, para lançarem sistemas operacionais amigáveis como é o windows. Se juntassem esforços, seria outro papo. Pelo que eu sabia o hotmail está sendo descontinuado por causa do skype, comprado pela Microsoft, justificando seus atuais problemas e quedas de conversação.


Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!