As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 

Cying.gif
Postada em 08-03-2013. Acessado 768 vezes.
Título da Postagem:O "pibinho" da administração do PT
Titular:GTMelo
Nome de usuário:GrupoGuararapes
Última alteração em 08-03-2013 @ 09:59 am
[ Avise alguém sobre este texto ]
Estamos Vivos! Grupo Guararapes!
Tags: O PIBINHO DA ADMINISTRAÇÃO DO PT

O“PIBINHO” DA ADMINISTRAÇÃO DO PT. Doc. nº 49 - 2013

www.fortalweb.com.br/grupoguararapes

O Brasil dos governos da “redemocratização”, literalmente, perdeu três décadas na sua evolução  nos campos econômico, político, social, militar e técnico-científico.

No século passado, fomos o segundo País em desenvolvimento em todos os campos do poder, graças, especialmente, ao período da administração dos governos  dos generais, quando durante cinco administrações consecutivas os governos administravam o País com patriotismo e  um Plano Estratégico, larga e amplamente, participado com  o povo,  pelas administrações federais, estaduais e municipais. Eram administrações lastreadas em princípios, patrióticos, espirituais, éticos, morais e no planejamento científico, que visavam alcançar os Objetivos Nacionais Permanentes e assegurar o Progresso continuado da Nação.

A Escola Superior de Guerra transformou-se em referência para o planejamento da vida nacional e fonte de formação e aperfeiçoamento das elites civis que ocupavam todos os campos do Poder Nacional, baseados nos lemas “Um corpo e uma alma a serviço do Brasil” e “Aqui se estudam os destinos do Brasil”. Ali nasceu o chamado “milagre brasileiro” dos governos dos generais.

Os governos civis, do períododa “redemocratização”, abandonaram o Planejamento Estratégico, e passaram a administrar o País com Programas imediatistas, voltados para conquista do poder e se possível suas permanências nos postos chaves da administração do País, distanciados dos interesses nacionais.

Fomos considerados o mais promissor dos países do BRIG (Brasil, Rússia, índia, China) e com os governos da redemocratização caímos  paraa última posição entre esses países, sendo ultrapassados, também, por novos emergentes, em crescimento econômico, ( PIB) como : o Chile com 5,5%, a Colômbia com 4,3%, as Filipinas com 4,8%, a Indonésia com 6,0%, a Nigéria com 7,1%, o México com 3,9%, o Peru com 6,0% e na América do Sul ficamos apenas a frente do Paraguai com o nosso vergonhoso “Pibinho”, de apenas 0,9 % em 2012,comparando-se com o crescimento vegetativo da população passa a ser um índice negativo.

Este “ Pibinho” resulta da má gestão pública, da corrupção generalizada na maioria dos campo do poder, da falta de Planejamento Estratégico, da incompetência da administração do PT e partidos coligados, que deterioram o nosso desempenho nas áreas do investimento, da poupança e do crescimento. Nestas três áreas os 12 países considerados emergentes,alcançaram em média 3,5% de crescimento, 25% de taxa de investimento, 23,9% de taxa de poupança, e o Brasil na 12ª colocação atingiu 0,9% em crescimento, 17% na poupança, e 18% na taxa de investimento.

Os governos populistas, implantados pelo PT e partidos coligados, caracterizados pelos programas sociais eleitoreiros (bolsas, luz para todos, minha casa minha vida, Brasil carinhoso, políticas indigenistas e para as minorias, etc. ) e pelos PAC I e  PAC II, fontes permanentes de corrupção, desvios de recursos públicos, cabide de empregos para incompetentes ideológicos, causaram danos irreparáveis ao Pais, além de marginalizar milhões de brasileiros, transformados em dependentes e afastados das atividades produtivas, vivendo as suas dilacerações social e econômica.

A falta de visão estratégica do governo fez enveredá—lo pela  enganosa opção da transferência de renda, oferecendo crédito fácil e irresponsável ao sistema financeiro e ao povo, fazendo disparar o consumo sem a contrapartida  do aumento da produção e da produtividade , com o conseqüente descontrole da inflação, fazendo encolher as taxas da poupança e dos investimentos públicos, tudo resultando no vergonhoso “Pibinho” de 0,9% aa, em 2012.

A ausência de Planejamento Estratégico, a generalização das gestões fraudulentas, temerárias, irresponsáveis e corruptas levou o País a estagnação e mesmo a descredibilidade interna e externa desaguando nos seguintes problemas: baixíssima taxas de investimentos, de poupança e de crescimento; a maior taxa de tributação entre os 12 melhores desempenho dos países emergentes; deplorável intervenção do Estado na economia ( Petrobras, Energia, Marcos Regulatórios ); ineficiências no controle e expansão da taxa de inflação; interferência irracional e frequente na taxa de câmbio; aumento irresponsável nos gastos públicos; adoção de medidas protecionista  de escolha aleatória; falta de transparência nas concessões de financiamento, subsídios e isenção de impostos; queda da produtividade e competitividade industrial; estranha defesa da presidente Dilma  e petistas do capitalismo sem lucro que soa como radicalismo para ingleses, americanos e alemães; tratamento quase hostil aos investidores, as vezes, tratados como vilões, quando precisamos deles como indispensáveis  parceiros para o nosso desenvolvimento continuado; etc..

O Brasil precisa de um Plano Estratégico, de uma gestão competente e patriótica para canalizar todas as suas potencialidades humanas, materiais, científicas e tecnológicas a fim de assegurar o progresso continuado da Nação e voltar a despertar a credibilidade dos demais países do mundo. Pense nisto brasileiro e aprenda a escolher seus representes nos três poderes da República.

 

ESTAMOS VIVOS! GRUPO GUARARAPES! PERSONALIDADE JURÍDICA sob reg. Nº12 58 93. Cartório do 1º Registro de Títulos e Documentos, em Fortaleza.  Somos 1.837 civis – 49 da Marinha -  479 do Exército – 51 da Aeronáutica; 2.416

8 de março  de 2013

RP: JOSÉ BATISTA PINHEIRO

doc.   49– 2013‏

Compartilhe!




Bookmark and Share
Outas colaborações de GrupoGuararapes
Veja Mais
Perfil de GrupoGuararapes
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!