As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 16-04-2013. Acessado 648 vezes.
Título da Postagem:Fora da Cooperação não haverá Salvação: cooperativismo empreendedor
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 16-04-2013 @ 11:16 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: Cooperativismo, empreendimento, autonomia, cooperativas, renda, empregos

 

Fora da Cooperação não haverá Salvação

Visite o Link: http://clubedeautores.com.br/book/143891--Desenvolvendo_o_Cooperativismo_Empreendedor

O Cooperativismo no Brasil atravessa um momento difícil pelos ataques do Ministério Público do Trabalho, pela confrontação das empresas mercantis que alegam que as cooperativas promovem competição predatória, por serem submetidas à cobranças de menos impostos, ferindo o princípio da igualdade, e pelos governos em face da perda de arrecadação destes.

 

É uma luta sem tréguas, em meio à devastação do desemprego, que o Capitalismo vem promovendo perversamente, com o desemprego estrutural e o conjuntural, mantendo seu perfil exclusivamente excludente, e pela falta de políticas públicas do Estado capazes de retardar, ou minimizar, os efeitos cíclicos e destruidores do mercado de “per si”. Já sabemos que o mercado não cuida das pessoas – só daqueles que são capazes de lhe produzir lucros.

 

Ultimamente o COOPERBRASIL – Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Cooperativismo forçou a modificação do velho discurso do Movimento Cooperativista nacional, conferindo uma nova dinâmica às velhas abordagens acadêmicas, e institucionais, aprisionadas no pioneirismo nostálgico dos protagonistas do passado recente do Cooperativismo.

 

Muito me entusiasma saber que o movimento absorveu o viés do empreendedorismo coletivo que o COOPERBRASIL vem propondo, mesmo com as fortes barreiras à sua entrada no movimento, promovidas pelos antigos militantes cooperativistas, os quais se sentem incomodados com o novo discurso.

 

Mas é fácil examinar a contribuição desta jovem associação, visitando o seu Site: www.cooperativismodobrasil.com.br , e que outras instituições ligadas ao Cooperativismo vêm copiando suas proposições de modo antiético e dolosamente.

 

O COOPERBRASIL já participou de Projetos Sociais da UNESCO, de onde nasceram novas proposições de metodologias para execução de projetos desta natureza, ajudando o Estado a cumprir seu papel incessante de “promotor do bem estar coletivo”. O Cooperativismo, também, pode estar a serviço da cidadania, fazendo com que “aprenda a pescar por seus próprios meios”, sem ficar “encostada à sombra do Estado”.

 

Vejo um futuro, tenho um sonho e creio que este Cooperativismo será uma das poucas saídas para minimizar a exclusão social no Brasil e que o COOPERBRASIL, com seus profundos estudos técnicos, baseados no mundo real, já nos brinda com uma grande contribuição – O COOPERATIVISMO EMPREENDEDOR, ao qual convido o (a) leitor (a), cooperativista ou não, a avaliá-lo e estudá-lo, pois sem sombra de dúvida, desde que iniciei no Cooperativismo, em 1996, o considero o primeiro livro na Nova Era do Cooperativismo Brasileiro – do “Empreendedorismo Solidário e Cooperativo”.

Abraços,

Lewton




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!