As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 17-07-2013. Acessado 725 vezes.
Título da Postagem:Opinião de Engenheiro Idiota Sobre, Plebiscito ou Referendo
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 17-07-2013 @ 02:45 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: plebiscito, referendo, retidão moral, consistência técnica, democracia

OPINIÃO DE ENGENHEIRO IDIOTA SOBRE: plebiscito ou referendo?

Em meu entender usando a linguagem da engenharia, temos momentos que processos consultivos devem ocorrer para maximizar a aceitação e a abrangência de uma deliberação, aos menores riscos e custos possíveis. E usamos procedimentos semelhantes a Plebiscito e Referendo, consultando juntas especialistas. 

Do mesmo jeito saindo do juridiquês, que nem os juízes e advogados compreendem, plebiscito e referendo são instrumentos administrativos de uma república corretamente democrática.

Plebiscito é uma consulta popular em busca de definição de uma linha de ação com suas várias consequências e contingências de duas (no mínimo), três ou mais linhas propostas. 

Escolhida uma dada linha de ação pelo voto popular a administração governista tratará de encaminhar as ações deliberativas e executivas, dentro da linha de ação popularmente escolhida. 

Em seguida deveria vir um Referendo, para “referendar” (homologar em sua razão e pureza) popularmente as ações deliberativas e executivas com suas várias consequências e contingências. 

Tudo isto legitima o processo administrativo de uma governança democraticamente conduzido, com retidão moral, consistência técnica e segurança plena (jurídica, social, econômica, militar, política, humanista, ambiental e etc).

O Plebiscito escolhe uma linha básica e o Referendo, sendo um instrumento de reforço democrático, confirma a escolha popular nos detalhes, metas, métodos, técnicas e recursos aplicáveis na linha básica selecionada por voto democrático.

Então todo o processo terá que ser, para ter perfil legítimo, feito com retidão moral, consistência técnica e segurança plena. 

Logo se o processo de condução do Plebiscito, ou de um Referendo (este só e Direto), ou os dois em sequência correta, não estiverem nestas condições os dois instrumentos viram ARMAS contra a sociedade.

NÃO ESTANDO NESTAS CONDIÇÕES TRATAR-SE-A DE VIOLAÇÃO DO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO. Mas, isto o PT e coligados já fazem seguida e criminalmente, contra a CONSTITUIÇÃO e a sociedade. 

Vejo o Plebiscito e o Referendo como uma boa faca afiada, que em mãos de bandidos vira arma de assassinato e em mão qualificadas de cirurgiões vira bisturi, instrumento que salva vidas.

Então, está havendo uma confusão própria da falta de escolaridade popular e da falta de educação social e política de quase todo o Brasil, principalmente dos juízes e das organizações da lei, que deixam este tema assumir uma escala de besteiróis e estultícias.

Se vai descambar para golpe, ou alguns conflitos políticos, isto já ocorreu. O GOLPE petista já foi dado na 2ª votação de LULA, com a conivência do PSDB. Agora vamos para um recrudescimento e até para violência, já que o GOLPE já está em andamento. 

Quanto mais tempo LULA ficar vivo mais perdas, roubos, criminalidades e mortandades o Brasil terá, apenas pelo processo criminal da administração sindical, transferido para Brasília, alguns estados e centenas de municípios. 

Acabando o LULA se acabam, de imediato, 50% da corrupção brasileira e da prostituição administrativa destes filhos da puta.

Abraços,

Lewton




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!