As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 29-07-2013. Acessado 945 vezes.
Título da Postagem:O Cidadanismo é compatível com a realidade, o anarquismo não
Titular:GTMelo
Nome de usuário:GrupoGuararapes
Última alteração em 29-07-2013 @ 07:04 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Estamos Vivos! Grupo Guararapes!
Tags: Cidadanismo, anarquismo


 O Cidadanismo é compatível com a realidade, o anarquismo não  doc. nº 245 - 2012

WWW.FORTALNET.COM.BR/GRUPOGUARARAPES

       Podemos dizer sem medo de errarmos, que a Realidade concreta, é local, porque ela nos toca diretamente os sentidos, por onde é percebida e a inteligência que possui a faculdade de estabelecer nexos entre seus elementos constituintes. Portanto a aludida Realidade concreta necessita da presença do observador para ser detectada, e tal observado se posiciona em uma localidade. Fora disto apenas conjectura ou probabilidade.

       Entendendo-se isto, um ordenamento sócio, político, econômico e subjetivo, necessariamente tem que ter assentamento local, porque a probabilidade, por variar apenas de zero a um, contempla apenas uma pequena porção da Realidade.

       O Cidadanismo que substitui o observador pelo Cidadão, não se afasta da Realidade, porque sem ele a Realidade se continuar existindo, não pode ser observada e por isso não pode ser ordenada em seus componentes, sócio, político, econômico e subjetivo, dai não podendo haver nenhum sistema de governo, nem mesmo internalizado na mente do Cidadão. 

      No Cidadanismo após a implantação do Estado Cidadanista de Economia localizada, que vai lhe permitir a feitura, a interferência do Estado na vida do Cidadão é substituída pela cidadania, que vai surgir como evolução de sua independência econômica, porque intervenção econômica estatal e a aludida cidadania são elementos contrários.

      No Anarquismo o ordenamento estatal é substituído pela vontade humana que varia de indivíduo para indivíduo, pretendendo os Anarquistas que o equilíbrio social se dê pelo somatório algébrico das correntes ideológicas contrárias em jogo. Pecam os seus defensores, porque o equilíbrio pretendido resultaria de elementos externos aleatórios, enquanto no Cidadanismo, ele seria fruto da evolução ideológica ordenada, desencadeada pela implantação do Estado Cidadanista de Economia Localizada. Portanto o Cidadanismo é fruto de uma terapêutica baseada na estrutura abrangente da Realidade, enquanto o Anarquismo, por ser aleatório e probabilístico, contempla uma pequena parcela da mesma. Ambos pregam a ausência do Estado. Só que o Cidadanismo o substitui pela Cidadania ordenada subjetiva e externamente para tal, enquanto o Anarquismo o elimina simplesmente.

A GRANDEZA DO HOMEM É SER UM CIDADÃO RESPONSÁVEL




Bookmark and Share
Outas colaborações de GrupoGuararapes
Veja Mais
Perfil de GrupoGuararapes
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!