As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 01-08-2013. Acessado 908 vezes.
Título da Postagem:Exemplo de aplicação da Inteligência Militar em defesa da ordem democrática
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 01-08-2013 @ 10:22 am
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: inteligência, manifestações populares, militar, PT, repressão, ordem, pública

Exemplo de aplicação da Inteligência Militar em defesa da ordem democrática

O SERVIÇO DE INTELIGÊNCIA DO GENERAL MOEDA, VER NO LINK A SEGUIR:

http://www.militar.com.br/artigo-2801-General-pergunta-quem-vai-fazer-a-repara%C3%A7%C3%A3o-da-na%C3%A7%C3%A3o-ap%C3%B3s-o-apocalipse-petista#.UfgqENLVAqM (1) revelou que havia uma forte energia "represada" entre os jovens, que estavam inconformados com as governanças petistas e coligados, os quais tinham muito medo dos militares, em face da demonização que os petistas fizeram contra as Forças Armadas, pelo regime de 1964 a 1985, e os abusos relacionados a direitos de ir e vir, direitos de manifestação e as tais torturas denunciadas. 

Nos diretórios acadêmicos, nas escolas e nos clubes havia “sinais” de profundo desagrado da juventude com relação a LULA, DILMA e a prática administrativa do petismo recessivo.

O PT nestes quase 12 anos permaneceu “batendo e chutando cachorro morto”, figura dita pelos militantes petistas em relação às Forças Armadas. Ataque aos militares, formalizados como torturadores, ataques às manifestações populares, contra os interventores, repressão nos diretórios acadêmicos das faculdades, ataques ao regime como “anos de chumbo”, ataque à Lei da Anistia e a violentação desproporcional em relação aos militares envolvidos e aos terroristas, hoje no governo, o desmantelamento do guarnecimento territorial e a apologia da crueldade, inclusive em novelas e em artigos / revistas / jornais de muitas instituições aliciadas por corrupção e subornos, para fomentar estas propagandas socialistas.

Todas estas TÁTICAS ideológicas criaram nos jovens, nos últimos anos, certo receio em iniciar uma frente de manifestações, e com medo de que as governanças viessem a solicitar a intervenção das Forças Armadas para REPRIMIR os movimentos de protestos.

Os últimos grandes movimentos foram o das “DIRETAS JÁ” promovidas pelos partidos e pelos políticos vistos hoje como degenerados e corruptos e o do IMPEDIMENTO de Fernando Collor de Melo, na conhecida agitação dos jovens CARAS PINTADAS. Nestes últimos movimentos não houve medo e nem receios dos manifestantes, militantes partidários e independentes, já que a apologia e a demonização dos anos 1964 a 1985 jamais foram promovidas antes de 2002.

Num exame sobre estas ocorrências o general com a sua inteligência inferiu que a psicologia propagandista do PT, e seus ataques às Forças Armadas, surtiram efeitos INIBIDORES dos movimentos populares e democráticos, por justo receio da intervenção militar para reprimir as manifestações. E esta ação de resguardo e controle ficou, exclusivamente, para a polícia e suas instituições.     

Então, o general, muito estratégico, experimentou no artigo do link informado acima, a "comunicar" aos jovens que a iniciativa poderia ser deles, e que as Forças Armadas, não iriam machucar ninguém.

O artigo foi publicado no PORTAL MILITAR quase um mês antes das primeiras manifestações.

Algumas TÁTICAS conturbatórias e de contramedidas constam no dito artigo. E ele ainda disse para que os jovens devessem cercar as casas, destes políticos degenerados, e que estão fazendo contra Cabral, governador do Rio de Janeiro, haja vista o que se comunica no link a seguir e que vem surtindo seus efeitos:

http://exame.abril.com.br/brasil/politica/noticias/cabral-diz-que-ficou-incomodado-com-manifestacao-em-sua-casa . Esta TÁTICA vai acontecer com outros filhos de Satanás (Lula, Dilma, Genro e etc).

Logo, parece até coincidência, quase um mês depois, vieram as manifestações de rua, com os jovens liberados de alguns receios. E de maneira REPENTINA, pegando a politicalha de surpresa, e deixando em alvoroço o sistema político do país. O artigo tem alto número de leituras. Quem quiser ver que veja.

(1) http://www.militar.com.br/artigo-2801-General-pergunta-quem-vai-fazer-a-repara%C3%A7%C3%A3o-da-na%C3%A7%C3%A3o-ap%C3%B3s-o-apocalipse-petista ;

Postada em 06-06-2013. Acessado 546 vezes. Situação em 01/08/2013 às 09:27 hs;

Título da Postagem: General pergunta, quem vai fazer a reparação da nação após o apocalipse petista;        

Titular: Lewton Burity Verri;

Nome de usuário: Lewton;

Última alteração em 06-06-2013 @ 09:35 am.




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!