As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 26-08-2013. Acessado 1586 vezes.
Título da Postagem:Lula tentando salvar o Comunismo na América Latina
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 26-08-2013 @ 11:50 am
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: Lula, comunismo, América Latina, Fórum de São Paulo, cubanização, PT, Dilma

 Lula tentando salvar o Comunismo na América Latina

A metamorfose ideológica do petismo!

Estamos ao jugo de uma tramoia muito grave. Não temos segurança pública, jurídica e muito menos temos segurança nacional, com nossa defesa sucateada. Não temos proteção individual, coletiva, nacional e nem sob as cortinas do futuro, caso não se investigue a situação pavorosa que está por vir, se o petismo continuar a vencer as eleições ...

Muita gente se assombra com a estupidez do Lula. Uma coisa é certa, quem planta vento colhe tempestade. Lula vai ter uma colheita terrível. Há planejamento de uma onda de processos e exames contra Lula, até pelas vias fiscais. A medida que as pessoas vão percebendo, a perda de influência dele, com o final de seu governismo enrustido, começam a "armar" denúncias de impactos mortais ...

Entre os jornalistas americanos, há um frenesi por teorias da conspiração. Dizem eles que sempre surge um oportunista para "encaixar" um texto conspiratório num evento suspeito, mesmo que incidente em sua primeira ocorrência e ao acaso. Alguns gostam de estabelecer correlações, e conexões, entre dois ou mais eventos, tentando levar a um furo de "sagacidade" jornalística.

A questão aqui é que "tudo foi feito pelo Lula, para subjugar o Brasil à uma revolução armada, sem precedentes, na América Latina, para a implantação de um socialismo abrupto e horizontalizado com a distribuição de riqueza, numa convenção comunista".

Tem muita gente querendo silenciar o Lula. Inclusive DEUS, que vai lhe devolver uma recorrência cancerosa. Cada dia que passa mais distúrbios, prejuízos, crimes, corrupção e vandalismo ocorrem no país, enquanto este puto estiver vivo. Mais expiações e mortandades. O dia que este pulha morrer, morre de imediato 50% da corrupção e das violações de toda espécie. E ainda morrem quase 100% das coligações de oportunistas e políticos crápulas.

Lula não é capaz de análises profundas, nem de visões nobres sobre como laçar mais e mais eleitores, a menos pelo suborno das bolsas de auxílios sociais. Lula começa a viver o seu esgotamento: moral, político, de sua salubridade, de sua herança que se traduz na mais diabólica já vista na história desse país. É analfabeto funcional, tem QI abaixo de 90 pontos, não sabe ler, não tem cultura, possui ficha corrida de corruptor e de corrupto, tem muitas dificuldades de concentração e sua atenção é sequelada pelo excesso de cachaça que sorveu ao longo de sua vida de desordeiro do trabalho. Ele tem destruição "neurônica".

Este Lula é um imbecil mesmo. Como sindicalista do trabalho, desde os anos 1970, em são Bernardo do Campo, no ABC de São Paulo, no "metier" trabalhista, que alegou conhecer profundamente, não fez porra nenhuma relevante para o trabalhador do país.

Só doando dinheiro para sindicalistas malandros iludirem os companheiros e sacaneando o emprego, a renda, a escolaridade, a saúde, e tudo que seria bom para a qualidade de vida do trabalho. E agora é entendido de marxismo?

Lula nunca leu um livro, de tudo que começa a ler não entende mais de 70% do contexto, assina documentos e normas sem ler, não sabe resolver problemas com regra de três, acha que o sujeito da frase é menos importante do que ele tem alta dificuldade de concentração, numa dispersão sexualizada pelos rabos das Roses e das Vilmas, é mentiroso de nascença...

E como ainda acreditam nas afirmações deste crápula? E ele ainda diz que quer salvar o Comunismo na América Latina. Comunismo é complexo, e tão complexo que ninguém conseguiu até hoje criar uma civilização próspera e feliz baseada em socialismo comunista.

E o Comunismo precisa ser salvo de que? Se o lulismo não soube cuidar do trabalhismo, do que dizia entender bem, como pode cuidar de implantar o comunismo, se nem os terroristas de seu governo, e no da Dilma, uma corja de inúteis e de predadores, que militam em comunismo até hoje, desde os anos 1960, também não souberam criar em mais de 10 anos um Brasil social sem mortandades, crimes, doenças e expiações?

Lula usa e abusa de sua presunçosa inteligência política, uma vez que a realidade brasileira nos evidencia o seu fracasso como promotor do espetáculo do crescimento. Então, porque ainda Lula é ouvido e ainda não foi descartado? Como ainda não se vê os erros deste abestado? Dilma é um deles. Haddad é outro, Rui Falcão, idem, os mensaleiros, também, a degradação da economia, idem, a desgraça da Petrobrás, idem. Tudo que deu em merda foi aconselhamento do larápio lula!

No caso brasileiro foram sucessivos eventos criados, para tentar salvar o Comunismo, para sequenciar uma ação abrupta, sem nenhuma possibilidade de "retorno", em curto e médio prazos, e nem de reação social e militar, capazes de resistirem eficazmente.

Bom, parece paranoico, mas até chega a fazer sentido no conjunto de eventos que podem possuir uma conexão racional. Um evento ao acaso é uma incidência. Mais outro evento, em seguida, de igual tipo é uma coincidência e para outro evento de igual tipo, em 3ª ocorrência seguida, podemos dizer que se trata de uma tendência.

Mas, a base das "tendências" surge na debilidade forçada, que o lulismo veio fazendo com as Forças Armadas brasileiras. Hoje temos o colapso do guarnecimento de nosso país continental.

Estamos quase "indefesos" pelo empobrecimento dos militares, pelo "sucateamento" do arsenal militar, pelo achincalhamento institucional com a lei da anistia, com as ameaças de abertura dos "arquivos da ditadura", com a "peitação" sobre generais, com a reestruturação das FFAA, com ministros da defesa civis e ideologicamente avessos ao militarismo ...

De fato houve, por parte do petismo, um oportunismo ao se aproveitar do "esgotamento da fibra militar", tendo começado no governo anterior de FHC. E, em 1990, com a criação do "Fórum de São Paulo", sob a turma do "eixo vermelho", do Brasil e da América Latina, participando eminentes socialistas e comunistas, sob a tutela de Fidel Castro e do falecido Hugo Chávez, estava se abrindo uma "janela no tempo", com a convergência de diversos fatores a favor, para jogar o Brasil num conflito interno de viés comunista.

Houve o alinhamento do governo lulista às FARC - forças armadas revolucionárias da Colômbia.

Os petistas governistas promoveram a "liberação" do MST - Movimento dos Trabalhadores sem Terra, para perturbações e violações patrimoniais no campo, por mais esdrúxulas que fossem. Numa outra convenção, chegou-se ao treinamento do MST pelas FARC, no modo "guerrilha".

Surge em 2004 a criação da Força Nacional de Segurança Pública, por decreto do Lula e ainda, pouco antes, uma PEC - Projeto de Emenda Constitucional para a criação da Guarda Nacional.

Veio o referendo do desarmamento (em outubro de 2003), na intenção de deixar a sociedade civil brasileira "desarmada" e à mercê dos criminosos, traficantes e dos possíveis "revolucionários comunistas".

A sociedade brasileira já estava ficando encurralada sem armas pessoais, sem FFAA, sem proteção no campo, de onde saem os alimentos (estrangular o suprimento de alimentos), com as ameaças do MST / FARC e com forças de presumível interesse ditatorial do governo lulista.

Segundo pessoal do Itamaraty, a política externa do lulismo foi lentamente atiçando arrepios nos EUA, dado ao fato de que antes de 1964, e na consumação da Revolução Militar de 1964, haviam militares americanos em apoio e com suporte de informações contra os comunistas, que são parte hoje da vagabundagem política do petismo, subtraindo a possibilidade de "nova aliança" entre os militares americanos e brasileiros.

Como os canais de decisões, do alto comando, passaram a ter um guardião civil de ideologia avessa ao militarismo, como ministro da defesa, praticamente se fecharam todas as portas formais, entre militares dos EUA e do Brasil.

Após década de provocações os militares se mantiveram em silêncio e "respeitando" a anarquia implantada por Lula, em seu governo anárquico-sindical. Terminou por surgir o difamado Plano Nacional de Direitos Humanos 3 - ou PNDH-3 - que contém a megacuba sugerida por Fidel Castro e Chávez, numa bizarra combinação de poder e aparelho político, com a afamada, terrorista e guerrilheira, Dilma Rousseff, como foi a candidata à presidência do Lula - e não do PT.

E agora? Será que o Brasil escapou da convenção do Fórum do Diabo? Ou Dilma vai dar o tiro de misericórdia? Daí, tornamos a repetir: não temos segurança pública, jurídica e muito menos temos segurança nacional, com nossa defesa sucateada e o possível arranjo lulista para tornar o Brasil uma megacuba ...

E ainda conclamamos os brasileiros para uma “caixinha” de um milhão de dólares, para contratação da equipe Delta americana, para  eliminação de Fidel Castro e de seus asseclas, que bruxuleiam excrecências ideológicas bizarras nos abestados do lulismo / petismo, infernizando nossas vidas aqui no Brasil...

Abraços,

Lewton

Agente Discreto do serviço de voyeurismo político




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!