As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 15-10-2013. Acessado 749 vezes.
Título da Postagem:A Esquizofrenia petista e seu esgotamento multifatorial
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 15-10-2013 @ 12:02 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: política, administração pública, esquizofrenia, PT, Dilma, Lula, Marketing

 A ESQUIZOFRENIA PETISTA E SEU ESGOTAMENTO MULTIFATORIAL

Em 2004, no Japão, o termo japonês para esquizofrenia foi alterado de Seishin-Bunretsu-Byo (doença da mente dividida) para Togo-shitcho-sho (desordem de integração).

Os marketeiros estão aflitos. Ontem nosso infiltrado de Brasília nos deu um breve relato da situação política do Partido dos Trabalhadores. Campos e Marina acenderam uma fornalha impensada para os militantes petistas. O QUE BUSCAR PARA MOSTRAR QUE APESAR DE RUINS AINDA SOMOS OS MENOS PIORES?

A coisa está ficando PRETA para o projeto de poder petista. Uns especialistas acham que os marketeiros do PT estão ao ponto máximo do "Stress of the edge". Estão no fim do corredor que levará o partido a MORTE política. Sim, o PT está indo para o cadafalso, com o "sumiço existencial de Lula", com todos os escândalos já relacionados em vários Sites de Internet, com a ausência de bons resultados socioeconômicos, com as bugigangas intelectuais dos assessores de DILMA, com as aberrações e idéias do Rui Falcão, com o fim dos esforços propagandísticos dos marketeiros - que não possuem um bom produto para "vender" como necessário à transformação positiva do Brasil.

E ainda com uma boa relação de intenções marginalizadas às linhas, virtudes e boas condutas morais. Tudo de boa putaria de partido com esquizofrenia paranóide. Os marketeiros perguntam aos assessores de todos os aspones de 1º e 2º escalão, sobre como perfumar as merdas feitas pela quadrilha petista? Que vai para 12 anos de marteladas, picaretagens, malandragens, vadiagens, vagabundagens, aberrações, abominações, demagogias e populismo no populacho do escracho?

Militantes não querem arriscar altos investimentos na campanha presidencial em favor de DILMA. Perda de tempo, perda de "novas" oportunidades, para um risco de 4 anos navegando num mar de merdas e novos escândalos. A frase da noite foi: - O QUE BUSCAR PARA MOSTRAR QUE APESAR DE RUINS AINDA SOMOS OS MENOS PIORES? O PT chegou a este ponto final no mais alto índice de esgotamento.

Segundo o infiltrado o PT são um grupo de abestados esquizofrênicos. Já sofrem de psicopatologia como um tipo de sofrimento psíquico grave, caracterizado principalmente pela alteração no contato com a realidade (psicose). Como podem os marketeiros extrair de uma realidade "propositadamente ignorada" argumentos eleitoreiros capazes de mostrar que APESAR DE RUINS AINDA SOMOS OS MENOS PIORES?

E os marketeiros tornam às suas súplicas sobre o que podem agigantar de tão pequeno e o que podem apequenar de tão gigante, que possam apresentar nas campanhas as coisas boas para as quais o partido não contribuiu e as coisas ruins que o partido contribuiu que não devem ser vistas pelo seu lado negro e trevoso. E os assessores só bostejam alucinações visuais, sinestésicas ou auditivas, delírios, fala desorganizada (incompreensível), catatonia ou/e sintomas depressivos...

O transtorno mental praticado pelo PT, em quase 12 anos, não foi diagnosticado através da análise de parâmetros fisiológicos ou bioquímicos, dos seus agentes imbecilizados, como sucede na psiquiatria avançada. Ele resultou apenas da "observação clínica" cuidadosa das manifestações do transtorno ao longo do tempo - nos jornais, nos livros, nos artigos, na internet, dentro e fora do país, nas ações executivas e legislativas, e na cooptação das ações jurídicas.

O PT hoje vive um delírio paranóide relativamente bem organizado. São os novos doentes da esquizofrenia paranóide, porém nada desconfiados, nada reservados, e plenamente cheios de comportamentos agressivos e consorciados à agentes de outras facções de crimes, danos, lesões e alta traição aos interesses da pátria. As idéias delirantes, embora presentes, não são organizadas corretamente para operacionalização do mal. Em alguns militantes e militâncias mostra-se uma irritabilidade associada a comportamentos agressivos. Existe um contato muito pobre com a realidade.

Muitos militantes já possuem seus perfis epidemiológicos traçados, o que facilita o combate social e político contra esta horda de criminosos anti-constituição.

Os marketeiros querem boas tomadas de decisões pelas esferas do governo DILMA no que se refere à formulação de políticas eleitoreiras e a realização de investimentos na área de propaganda e publicidade objetiva e subjetiva, até outubro de 2014.

Mas, o PT está vivendo uma fragmentação da sua estrutura básica dos processos de pensamento, acompanhada pela dificuldade em estabelecer a distinção entre experiências internas e externas, reais e irreais. Este partido está vivendo tempestade de vácuo.

Algo está afetando os seus processos cognitivos, e seus efeitos repercutem também no comportamento e nas emoções da "asponagem inútil" que se aglomera em vários núcleos de domínio e poder: desde o núcleo duro ao núcleo do miolo mole, desde o núcleo intestinal ao núcleo de ilações pornográficas.

E esta porra de partido virou mesmo um grupo esquizofrênico que pode ser enquadrado pela abordagem científica da psiquiatria. Os mensaleiros principais, e tais como José Dirceu e Genoíno, estão repletos de idéias delirantes, pensamentos irreais, "idéias individuais que não são partilhadas por um grande grupo", como, por exemplo, como o que acham que estão sendo perseguidos pela sociedade, pela elite e até polícia secreta americana.

Estes merdas já estão há muito tempo, desde 2005, com alucinações, percepções irreais de audição, visão, paladar, olfato ou tacto, sendo mais frequentes as alucinações auditivas e visuais; pensamento e discurso desorganizado (confusão mental), elaboração de frases sem qualquer sentido ou invenção de palavras; alterações visíveis do comportamento, ansiedade excessiva, impulsos ou agressividade constante na fase de crise. 

Invertendo os argumentos de Bruscato (1), no que nos revela a militância petista, aconteceu com o PT uma degeneração tão acentuada que são notados os que se seguem:

1. O PT interrompeu sua capacidade mental, sem se ancorar no contato com a realidade;

2. Está sendo incapaz cuidar de si e de administrar sua vida pública e política;

3. Perdeu sua autonomia para promover o melhor ajustamento de sua militância pessoal, mais socialmente possível;

4. Se isolou em coligações perniciosas e instigadoras de disfunções de toda ordem e multifatoriais;

5. Está incapaz de reconhecer que deve reduzir a sua natureza ameaçadora sobre os eventos da vida social e econômica brasileira, para os quais existe uma sensibilidade particular NÃO identificada pelo partido e nem pelos marketeiros;

6. Não está sendo capaz de se conscientizar de que NÃO é o portador sobre a realidade de seus recursos, poder e limitações;

7. Não está procurando ajudar a descobrir e a realizar seu potencial, quanto ajudando na aceitação de suas limitações;

8. Exacerba no aumentar de suas defesas diante de situações estressantes, liberando recursos que eventualmente produzirão protestos, mostrarão a desordem administrativa e a falta total da capacidade de priorizar suas ações executivas e legislativas;

9. Jamais se mostrou capaz em desenvolver fontes alternativas para a solução de seus problemas e dos problemas brasileiros, alguns já secularmente recorrentes;

10. Mostra-se incapaz de recuperar e promover a auto-estima, a auto-imagem e a autoconfiança, proporcionando contínuo progresso do país através de fatos REAIS, cientificamente medidos e administrados com rigor e parcimônia;

11. Mostra-se incapaz de estimular a sua independência técnico-administrativa, política e pública, sem ter que se fortalecer com coligações promíscuas e através de artifícios sub-reptícios de coação e ameaças;

12. Mostra-se portador de déficits cognitivos, que lhe incapacita de efetivar diagnósticos científicos sobre as necessidades humanas do país, aplicando soluções correspondentes em qualidade, produtividade e economia, no menor tempo humanamente justo, e ao menor custo total final.

E agora marketeiros: - O QUE BUSCAR PARA MOSTRAR QUE APESAR DE RUINS AINDA SOMOS OS MENOS PIORES? Estamos descobrindo o que os japoneses já descobriram há mais de 50 anos – A QUALIDADE É A ALMA DO NEGÓCIO. O MARKETING SÓ PROLONGA UM POUCO MAIS A VIDA DAS PORCARIAS QUE NOS SÃO VENDIDAS...

Vem aí o FIM DA ERA DAS MARKETAGENS...

Abraços,

Lewton

(1)   Bruscato WL. Psicoterapia individual na esquizofrenia. In: Shirakawa I, Chaves AC, Mari JJ, editores. O desafio da esquizofrenia. São Paulo: Lemos Editorial; 1998. p. 149-64.

(2)    Saiba Mais: http://pt.wikipedia.org/wiki/Esquizofrenia




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!