As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 13-11-2013. Acessado 936 vezes.
Título da Postagem:Tem Certeza de que você já salvou a sua Alma
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 13-11-2013 @ 02:39 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]

Tags: evangelismo, cristianismo, prática cristã, responsabilidade, serviço, fé

 TEM CERTEZA DE QUE VOCÊ JÁ SALVOU A SUA ALMA? 

Cristo não salva ninguém. A apologia do evangelismo de mercado é de que JESUS SALVA, mas em verdade o que salva são os exemplos do CRISTO, que aplicamos no dia-a-dia e no mundo real, em que acumulamos BÔNUS de valorização da simpatia e da empatia. Ou mais objetivamente: - ‘Amar ao próximo como a si mesmo’. Não fazer aos outros ‘o que NÃO queremos que nos façam’. Seguir no mínimo os 10 mandamentos já seria algo incomum para o status espiritual da presente humanidade. 

Lembremos que a benevolência de DEUS nos pede apenas que tenhamos cuidados com o PRÓXIMO, em local, parentesco e amizades. E tais cuidados seriam NÃO fazer coisas e NEM criar situações que levem a DOR, SOFRIMENTO, EXPIAÇÕES e MORTE. 

DEUS deixa por nossa conta as assistências do "próximo do próximo", ou do "próximo do próximo do próximo". E isto já extrapola o nosso alcance NORMAL, em que precisaremos de algum suporte de serviços, tais como: logística, correios, intermediação bancária e de algumas autoridades. Seria praticar durante longos anos, aqueles procedimentos de simpatia e de empatia, que DEUS nos concede, para que demonstremos que respeitamos as palavras do evangelho e as assimilamos no coração e na razão. 

Será que está sendo suficiente irmos à igreja / templo e chamarmos os semelhantes de irmãos? 

Assistirmos uma palestra de custos exorbitantes, de algum pastor conferencista?

Basta isto para DEUS e JESUS? 

E só rezar ajuda as pessoas a mudarem suas condições de vida? 

E se todos fizerem o jantar quem vai rezar? 

E se todos forem rezar quem fará o jantar? 

Para quase 100% dos crentes - de qualquer religião - a devoção fica restrita às idas ao templo, ou a igreja, nos domingos. Dias de bons pensamentos, roupas mais colocadas respeitosamente às cerimônias do conclave, apertos de mãos, palavras reconfortantes, afetos expansivos, testemunhos milagrosos e união espiritual. Daí já cumpriram suas obrigações com DEUS. 

Um mundo cheio de seitas - eram mais de 4.000 à entrada dos anos 2000 - com muitos livros de auto-ajuda, louvações musicais evangélicas, com vários mercados religiosos, milionários, de irmandades imanadas em torno de um ídolo superior, no consumo de prendas e lembrancinhas, cheio de cerimoniais televisivos, pastores e bispos de todas as ordens, cheio de bons e maus exemplos de irmandade ao próximo, indicativos para preleções sobre o bem e o mal, assistência pastoral e psicológica sob comunicação virtual, em tempo real, doutrinações efusivas e emocionantes. Um mundo que se arma em dados momentos e se desmonta em outros. Um mundo deixado, para o próximo domingo ou hora de religação com o ser superior. 

A vida precisa continuar. DEUS ficou lá entre as paredes do templo ou da igreja. Agora somos serviçais de algum tipo de crença ou moda, ou de algum tipo de trabalho ou ocupação. DEUS ficou lá entre as paredes do templo ou da igreja. 

Incorporamos-nos numa entidade vivente abstraída. Temos que ganhar dinheiro, poder ou influência. E só DEUS sabe o quanto se terá que fazer para se conquistar o quinhão da redenção mundana. 

O mundo vira outro cenário, o de batalhas e lutas, ódios e vinganças, martírios e flagelos. DEUS ficou lá entre as paredes do templo ou da igreja. Não incorporamos DEUS em nosso dia-a-dia. A nossa rotina é estéril e áspera - desumana, desamorosa e desarmoniosa. E tudo sofre: o homem, o animal, o vegetal e a natureza. O meio termina virando um quarto ou um décimo. 

Ou rezamos ou fazemos o jantar! Agora somos o serviçal de nossas ambições. Ter ambição não é pecado. O pecado moral é ter que burlar os limites da fraternidade, da solidariedade e da cooperação à custa de batalhas e lutas, ódios e vinganças, martírios e flagelos. 

Poucos entenderam o evangelho como o "manual da administração pública ou privada e da própria vida". Ele, para muitos, é um elemento de alienação e fuga, para temperar ferveções, fervuras e fervorosidades – fé de alta combustão.

Vimos muitas vezes criminosos, após crimes hediondos, portarem a Bíblia, numa busca tardia ou numa falseada devoção e arrependimento. Mas praticaram o crime. E quantos de nós praticamos "crimes morais" na escalada da vida, numa competição sem regras, arquitetando vantagens e domínios. Nem todos são fortes e ardilosos. Muitos outros são fracos e oprimidos. E tem as criancinhas e os velhinhos. 

Mas, o evangelho como o "manual de políticas celestes" contem diretrizes para a vida. Contem diretrizes para a administração planetária. Alguns já percebem isso. Outros precisarão "ler para crer". E quais tipos de diretrizes esse manual contem? 

Quantos de nós já lemos com dedicação a BÍBLIA SAGRADA? Se a Bíblia é uma espécie da "manual da administração pública e privada e da própria vida" ela contem regras, princípios e morais relevantes para aplicação humana, social, econômica e científica. E acima de qualquer filosofia e seu propósito político para a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

As editoras que elaboram as Bíblias utilizam variadas fontes e tamanhos de letras, escrevem os dois testamentos - antigo e novo - em um número variado de páginas, e com alguma regra mínima de obrigação editorial e redacional. 

Mas, sempre numa linguagem coloquial às vezes erudita. E quantos são capazes de compreender e letra e o espírito da letra em suas passagens, parábolas, descrições sagradas, confrontações políticas, demonstração de caráter, eventos misteriosos, incidentes milagrosos e etc? E quantos de nós seremos capazes de extrair, para aplicação no dia-a-dia do mundo real, o que captamos de importância como regras, princípios e morais relevantes para aplicação humana, social, econômica e científica? 

Uma Bíblia média tem cerca de: 

1. 1.189 capítulos;

2. 2.930 personagens;

3. 773.693 palavras;

4. 31.163 versículos;

5. 3.566.480 letras. 

A maioria das pessoas cultas e letradas lê a 200 palavras por minuto. No entanto, o cérebro humano pode facilmente levar mais informações. Assim, a leitura de 200 palavras por minuto, a maioria das pessoas começa a ficar entediado, não pode se concentrar na leitura, começar a pensar em outra coisa.

Entretanto, são pessoas com alto grau de escolaridade e com entendimento maior de palavras, sinônimos e antônimos. As pessoas que apresentam menores velocidades de leitura se conformam em ter seu entendimento da Bíblia extraído por Pastores, Padres, Sacerdotes e outros intermediadores da palavra de DEUS junto à platéia do templo ou da igreja. 

A velocidade de 100 a 150 palavras por minuto nas leituras se torna um parâmetro para verificação da capacidade de leitura de fiéis e crentes de religiões que usam a Bíblia como livro fonte de ensinamentos e reflexões. Logo uma pessoa com leitura de 150 palavras por minuto poderá ler a Bíblia, com 773.693 palavras ao todo, em até 86 horas, ou 86 dias de leituras de uma hora contínua - quase 3 meses ao todo. Serão os 3 meses mínimos para salvar nossas almas? E a PRÁTICA dos princípios mais relevantes? 

Temos que LER E INTERPRETAR a Bíblia por 3 meses e PRATICAR por longos anos da vida que DEUS nos concede. Só assim teremos CERTEZA de que estamos tentando SALVAR A NOSSA ALMA! Se você nem está preocupado em salvar a sua alma o que dirá salvar a vida presente e melhorar a condição de sua existência. 

Estamos vivendo uma espécie de DUPLO-EXTERMÍNIO deixando de salvar a nossa VIDA e muito menos nos interessarmos em salvar a nossa ALMA. 

Quem de nós se dispôs a ler a Bíblia num programa particular de leitura persistente e dedicada? Num país como o Brasil temos cerca de 70% das pessoas com grandes dificuldades para leitura. E que não entendem BEM o que lêem. Outra boa porcentagem só se dedica às leituras na hora das missas ou dos cultos religiosos. 

Num RESUMO catastrófico: podemos afirmar, com pouco erro, que mais de 70% dos crentes e fiéis das religiões no Brasil terminam SEGUINDO a leitura da Bíblia, CRENTES na habilidade de leitura e interpretação das passagens bíblicas por conta dos Pastores, Padres, Sacerdotes e outros intermediadores da palavra de DEUS - em Bíblias traduzidas para o português. 

Aqui reside o grande filão do MERCADO lucrativo do EVANGELISMO no Brasil e no Mundo (3º, 4º e 5º mundistas). Dependendo da BOA ou da MÁ FÉ, de uma dada congregação, as interpretações dos Pastores, Padres, Sacerdotes e outros intermediadores da palavra de DEUS podem criar CRENDICES e dependência religiosa, e de ligação com DEUS, de uma grande parcela de fiéis e de crentes, que apresentam baixa capacidade de leitura, interpretação e encaixe prático dos princípios entendidos – criando o vigoroso mercado lucrativo do evangelismo. 

Então o Brasil, nosso caso, não se beneficia das palavras de DEUS, haja vista a quantidade de disfunções desencadeadas que espremem as pessoas para suplícios da DOR, SOFRIMENTO, EXPIAÇÕES e MORTE. Os indicadores socioeconômicos do país nos mostram as evidências do RETROCESSO CIVILIZATÓRIO do Brasil. 

Os padrões disfuncionais do Status normal brasileiro, mais frequentes são: 

- Excesso de BENEFÍCIOS para uns poucos e escassez para muitos outros.

- Fome e exclusão social.

- Degradação ambiental e social.

- Corrupção, injustiças e crimes hediondos e aviltantes.

- Doenças, epidemias e endemias.

- Analfabetismo a analfabetismo funcional e cultural.

- Violência e depravações morais.

- Mortalidades precoces e acidentes individuais, coletivos e catastróficos.

- Suicídios e homicídios.

- Guerras e conflitos armados - internos e externos.

- Desemprego e subemprego – precarização do trabalho.

- Fraudes e subterfúgios enganosos.

- Covardia e servilismo, brutalidade e sadismo.

- Incompetência administrativa pública e privada com erros e omissões.

- Dissimulação política e hipocrisia.

- Autoritarismo e procedimentos ditatoriais. 

E tudo isto são ABOMINAÇÕES que estão citadas na Bíblia em suas passagens e parábolas, como ocorrências a serem evitadas ou abolidas da sociedade cristã. E, como tais abominações prosseguem em escala de progressão geométrica, sem mostrar um viés de NORMALIZAÇÃO, se pode cogitar que os fiéis e os crentes NÃO TÊM ENTENDIDO AS PALAVRAS DO SENHOR E NEM PRATICADO SUAS OBRIGAÇÕES CORRETAMENTE – parece que eles lêem e ouvem palavras de Bíblias VAZIAS. E dentre elas seria a de ELIMINAR AS ABOMINAÇÕES, por meio de seu instrumento democrático e cristão - O VOTO. 

Hoje saber escolher pessoas é fácil, basta que escolhamos os perfis humanos mais dedicados e responsáveis com as necessidades dos próximos - e que NÃO MINTAM. É preciso sempre dizer a VERDADE, mesmo que isso lhe incorra em perdas e fracassos. 

A turba continua a VOTAR em BARRABÁS, quase ninguém VOTA EM JESUS CRISTO... Daí vem as ABOMINAÇÕES CONDENADAS por ELE, pelo motivo INJUSTO da prática de outros 11 Mandamentos de Satanás, os quais são: 

Os 11 Mandamentos de Satanás - O SENHOR DAS TREVAS 

1. Destruirás a Lei;

2. Matarás;

3. Cometerás adultério;

4. Furtarás;

5. Dirás falso testemunho e mentirás por tudo que fingir fazer de bom;

6. Desonrarás pai e mãe;

7. Odiarás o próximo;

8. Idolatrarás a ti mesmo e terás ídolos fúteis;

9. Desprezarás a Deus;

10. Amarás todas as coisas, acima de tudo;

11. Blindarás teus ídolos por maiores que sejam as suas abominações. 

Estes 11 mandamentos são aqueles TOLERADOS por aqueles que dizem conhecer JESUS CRISTO, no Evangelismo de Mercado e que produzem toda espécie de suplício às pessoas e a sociedade. Que dizem ter lido e entendido a Bíblia e seus significados morais. Sem isto não haverá nunca a conexão entre nossa vida e nossa alma. 

Como não há uma "conexão" racionalizada entre evangelho - coisa de religião - e nossa atividade mundana, na rotina do dia-a-dia - coisa de vivente e sobrevivente - tenderemos a crer que as coisas são realmente separadas. Mas, não são. Reclamamos da vida e de tudo, sofremos todo tipo de mágoa, todo tipo de maldade e muito poucas bondades. Não há sincronismo entre razão e coração. Ou rezamos ou fazemos o jantar! 

GUARDAR DOMINGOS E FESTAS DE GUARDA - LEMBRA-TE DO DIA DE SÁBADO PARA O SANTIFICAR, SEIS DIAS TRABALHARÁS E FARÁS TODA A TUA OBRA, MAS O SÉTIMO DIA É O SÁBADO DO SENHOR TEU DEUS - e só nestes dias o fiel e o crente procuram ler e interpretar a Bíblia sob a regência de pastores, padres, sacerdotes e outros intermediários das palavras do SENHOR. E O PIOR DE TUDO, JAMAIS PRATICAM O QUE LHES É DADO A COMPREENDER POSITIVAMENTE... 

Afinal, tudo isso de estado, de política, de trabalho, de caridade, de irmandade é uma utopia - inatingível e surreal? Bom, você terá que "ler para crer". É científico, matemático e metafísico. Mas, você precisará "ler para crer por sua própria conta e interesse". Vamos continuar a reclamar da vida e de tudo, a sofrer todo tipo de mágoa, todo tipo de maldade e muito poucas bondades. 

Abraços, 

Lewton 

(1) http://www.fasterreader.eu/pages/pt/speed-reading-pt.html   

A maioria das pessoas lê a 200 palavras por minuto. No entanto, o cérebro humano pode facilmente levar mais informações. Assim, a leitura de 200 palavras por minuto, a maioria das pessoas começa a ficar entediado, não pode se concentrar na leitura, começar a pensar em outra coisa. Hoje em dia, na era da Internet e da informação muito útil é a capacidade de leitura da velocidade. Acelerar técnicas de leitura para aumentar o ritmo de leitura de dois ou até mesmo algumas vezes. A leitura da velocidade pode ser usado para navegar na internet, artigos on-line e na imprensa escrita, a leitura de documentação, leitura busca de informações, relevantes no texto. É neste ponto, no entanto, que não deve se apressar quando se lê por prazer, como literatura ou romances. Mas se queremos reunir tanta informação o mais rápido possível, então eu recomendaria curso de leitura de velocidade. 

A leitura da velocidade é eliminar alguns maus hábitos durante a leitura e para fortalecer as capacidades de assimilação da informação pelo cérebro humano. 

(2) OS 10 MANDAMENTOS da Bíblia ‘ON LINE’: 

1°) AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS;

2°) NÃO TOMAR SEU SANTO NOME EM VÃO;

3°) GUARDAR DOMINGOS E FESTAS DE GUARDA;

4°) HONRAR PAI E MÃE;

5°) NÃO MATAR;

6°) NÃO PECAR CONTRA A CASTIDADE;

7°) NÃO ROUBAR;

8°) NÃO LEVANTAR FALSO TESTEMUNHO;

9°) NÃO DESEJAR A MULHER DO PRÓXIMO;

10°) NÃO COBIÇAR AS COISAS ALHEIAS; 

OU... 

1. NÃO TERÁS OUTROS DEUSES DIANTE DE MIM;

2. NÃO FARÁS PARA TI IMAGEM DE ESCULTURA E NEM SE ENCURVARÁS A ELA;

3. NÃO TOMARÁS O NOME DO SENHOR TEU DEUS EM VÃO;

4. LEMBRA-TE DO DIA DE SÁBADO PARA O SANTIFICAR, SEIS DIAS TRABALHARÁS E FARÁS TODA A TUA OBRA, MAS O SÉTIMO DIA É O SÁBADO DO SENHOR TEU DEUS;

5. HONRA A TEU PAI E A TUA MÃE PARA QUE SE PROLONGUEM OS SEUS DIAS NA TERRA QUE O SENHOR TEU DEUS TE DÁ;

6. NÃO MATARÁS;

7. NÃO ADULTERARÁS;

8. NÃO FURTARÁS;

9. NÃO DIRÁS FALSO TESTEMUNHO CONTRA O TEU PRÓXIMO;

10. NÃO COBIÇARÁS A CASA DO TEU PRÓXIMO E NEM A MULHER DO TEU PRÓXIMO.




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!