As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 12-02-2014. Acessado 680 vezes.
Título da Postagem:A Revolução dos Sonegadores de Impostos e o sofismático discurso de John Kennedy
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 12-02-2014 @ 01:21 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: Revolução, sonegação, impostos, IRPF, IRPJ, defesa, social, econômica, governo

A Revolução dos Sonegadores de Impostos e o sofismático discurso de John F. Kennedy

“Os funcionários públicos se virarão contra a administração petista, se ficarem 60 dias SEM receberem seus numerários. E muitos merecem isto realmente! E olha que são milhões deles nos 3 níveis de governo”.

Os políticos usam sofismas em seus discursos. E sofisma é um tipo de Raciocínio Vicioso, aparentemente correto e concebido com a intenção de induzir o cidadão ao erro de interpretação do seu significado.

Então, um sofisma tenta dar aparência de VERDADE ao que é falso. Os políticos adoram raciocinar por sofismas, tanto os eruditos, quanto os com baixa intelectualidade.

O tipo de discurso político e sua complexidade vieram reduzindo suas erudições, em face do grau médio de escolaridade de uma sociedade.

John Fitzgerald Kennedy foi um político estadunidense que serviu como 35° presidente dos Estados Unidos e é considerado uma das grandes personalidades do século XX. Ele era conhecido como John F. (Wikipedia)

John F. Kennedy tomou posse como o 35º presidente dos Estados Unidos em 20 de janeiro de 1961. Em seu discurso inaugural, falou da necessidade dos cidadãos americanos em serem mais ativos, proporcionando uma de suas frases mais famosas: "Não pergunte o que seu país pode fazer por você, pergunte o que você pode fazer por seu país!" (Wikipedia)

Ele também pediu à outras nações que lutassem juntas contra o que ele chamou de "inimigos comuns do homem": a tirania, doenças, pobreza e a guerra em si (ele esqueceu de referenciar a aplicação da DUDH – Declaração Universal dos Direitos Humanos).

Assim sendo o discurso mais célebre de Kennedy foi o que ele declarou: - "Não pergunte o que seu país pode fazer por você, pergunte o que você pode fazer por seu país!".

Hoje esta sua frase está sendo considerada um sofisma...

Alguns teóricos da FILOLOGIA, dizem que o cidadão como mantenedor do estado sempre deve mesmo perguntar "o que o país pode fazer por ele". Quem paga impostos tem o direito de cobrança da boa aplicação dos mesmos, e de exigir melhorias até a perfeição.

Kennedy criou um sofisma muito bem camuflado pelo patriotismo americano, em que todos se inflamam com frases de efeito moral ou de motivação, sem que aprofundem uma análise de discernimento.

Quando escolhemos uma profissão, até para nos inserirmos no sistema, pagando impostos, já estamos mostrando ao país o "que podemos fazer por ele". Como é óbvio, só podemos fazer aquilo para o qual nos qualificamos.

Logo o que podemos fazer pelo país até a RECEITA FEDERAL já sabe... Quem paga impostos não está mais INVISÍVEL ao fisco e nem ao mercado, haja vista que as camadas pagadoras de altos impostos são aquelas que sustentam mais de 70% a infraestrutura governista de uma nação.

Se o pilar econômico de uma nação SUSTENTA seu governo há que se temer uma Revolução dos Sonegadores de Impostos... Esta estratégia a consideramos a de maior relevância.

Pelo menos por 3 ou 4 meses, todos os contribuintes declarantes, deveriam atrasar suas declarações, para parar o governo petista, até quase as eleições de out/2014.

Imaginemos milhões de declarantes atrasarem suas declarações por 3 ou 4 meses? Revolução dos contribuintes, sem tiros, sem mortes e sem ferimentos. Como cobrar de 10 ou 20 milhões de declarantes? Em quantos tribunais isto poderá sem julgado? Quantos militantes petistas terão que “rogar” o pagamento de impostos de contribuintes estragados em sua legitimidade cidadã?

Os funcionários públicos se virarão contra a administração petista, se ficarem 60 dias SEM receberem seus numerários. E muitos merecem isto realmente! E olha que são milhões deles nos 3 níveis de governo.

Quem vai arrumar as condições da saúde, da educação, do emprego, da habitação, da alimentação, do meio ambiente, da segurança pública, da infraestrutura, da defesa, da economia e da produção, da justiça, do legislativo, do próprio executivo? Estão nos deixando totalmente "estragados".

Será uma ação de LEGÍTIMA DEFESA contra os abusos da administração temerária e perdulária do Petismo... Sem tiros, sem mortes e sem ferimentos.

Abraços,

Lewton
Impostado e estragado pelo Petismo




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!