As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 14-02-2014. Acessado 796 vezes.
Título da Postagem:A Revolução Mobiliária das Casas de Aço na Sustentabilidade
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 14-02-2014 @ 02:44 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]

Tags: Revolução, mobiliária, casas, construções, sustentabilidade, aço, inventos

 A Revolução Mobiliária das Casas de Aço na Sustentabilidade


Uma NOVA revisão tecnológica e revolucionária na construção de CASAS, RESIDÊNCIAS E PRÉDIOS, vão dar início a um longo processo de inventividade, criatividade e inovações. 

Um amplo campo para parentes e marcas, para novos materiais e materiais tradicionais modificados. Podemos estar na aurora da SUSTENTABILIDADE baseada na construção de casas, residências e prédios.

Surge a ARQUITETURA E O DESIGN baseados no AÇO, que com os melhoramentos industriais da siderurgia e da metalurgia, tornaram este MATERIAL, de baixo custo em quilogramas ou em metro quadrado, com possibilidades de adequações às suas aplicações em: rugosidade superficial, resistência mecânica, resistência a corrosão, estampabilidade, sujeições a dobramentos, suscetibilidades a magnetização, condutibilidades térmicas e elétricas, especularidade, cortes, furações e soldagens...

Imagine que está chegando o período da aposentadoria do cimento, do tijolo, da areia de construção, da massa corrida, da madeira e de caibros, das telhas de certos tipos, abrindo espaço para o AÇO, PARAFUSOS E PORCAS, PAINÉIS DE MATERIAIS DIVERSOS, MANTAS ISOLANTES, VIDROS, TUBULAÇÕES E CONDUÍTES, TELHAS PERFILADAS E CORRUGADAS, COLUNAS DE APOIO, TRAVESSAS DE VÃOS LONGOS, tudo aparafusado, colado e encaixado. 

Tais casas de aço produzem MENOS resíduos de obras, menor desperdício de materiais, uma vez que a disponibilização dos mesmos, nas fábricas, seguirá PADRÕES dimensionais e materiais, bem como uma dada PADRONAGEM de qualidades em cores, formatos e durabilidades. 

Escolha um local para morar. Um terreno médio de 10 x 20 metros. Conheça a nova modalidade de materiais para construção de uma residência de baixo custo de aquisição e de manutenção. More onde quiser, estressou com o local mude para onde quiser. Agora você poderá ser como um caracol-humano, carregando sua casa nas costas. 

Lembre-se que estão criando condomínios para "assentamento de casas de aço", pré-fabricadas. 

Uma casa de 60 metros quadrados pode ser "montada" em até 90 dias e custar cerca de R$ 80.000,00. E poderá ser AMPLIADA modularmente, na medida do crescimento da família ou das necessidades habitacionais.

Não esqueça de obter dados ambientais para "assentar" sua casa de aço. Afim de se poder especificar até condições para captação de energia solar, ou de minimização de gastos de energia com aquecimento, refrigeração, ventilação e luminosidade. 

As mudanças climáticas irão afetar de certo modo as atividades primárias de concepção, projeto e construções, de boa parte das atividades antrópicas do homem. Além do já visionado esgotamento dos espaços habitacionais urbanos e de sua trama civilizatória de consumo, desperdícios e produção de resíduos / rejeitos / emissões / lixo para os próximos anos no Brasil, e no mundo - ou todos parem de crescer.

Os fatores que irão interferir na viabilização de empreendimentos na concepção, no projeto e nas construções, comuns da atualidade, irão sofrer a interferência do padrão de esgotamento da normalidade dos parâmetros climáticos (afetando, inclusive, a demanda x oferta), do padrão de inversões climáticas nas localidades "mais viáveis". E de um fator de engenharia, quanto à confiabilidade operacional, num dado "prazo de validade".

E os parâmetros climáticos básicos, para concepção, projeto e construções de planejamento urbano, residências, rural, fábricas e atividades agropecuárias, são: 

1. Radiação solar em cal/cm2/mês; 

2. Umidade relativa em %; 

3. Insolação em horas/dia; 

4. Evaporação em piche; 

5. Temperatura em ºC;

6. Velocidade média do vento;

7. Direção tradicional dos ventos; 

8. Precipitação de chuvas, anual média, da região em mm;

9. Precipitação de granizos, anual média, da região em kg / m2;

10. Volume de neves, anual média, da região em kg / m2;

11. Inclinação do relevo adjacente;

12. Cheia máxima de rios / lagos locais;

13. Salinidade e emissões ácidas locais;

14. Altitude em relação ao nível do mar;

15. Pressão atmosférica local. 

16. Índice de neblinas e visibilidade, anual média, da região. 

Veja bem onde vai colocar sua casa para morar ou trabalhar. Tudo isto acima - "caracterização" das variáveis ambientais - vai mudar o nosso modo de construir e usar as coisas. Cuidado com as inversões climáticas e calamidades ambientais. Cuidado com seus investimentos!

Se não, poderemos morrer abruptamente. Nossas plantas e lavouras, nossos animais e criações, nossas crianças, nosso patrimônio e nossas obras e coisas serão “arrastadas” por alguma calamidade...

Um modo revolucionário e científico de selecionar localidades, para "assentar" sua residência, surge nestes tempos de mudanças climáticas drásticas e abruptas. 

Seu terreno deve ter "caracterização" das variáveis ambientais relacionadas acima. E o pessoal da engenharia vai selecionar materiais para o posicionamento IDEAL da casa de aço no espaço do terreno. Materiais tais para isolamento térmico, acústico, minimização de vibrações, sons e ruídos, facilitação de luminosidade, adequação de ventilação e circulação de ar, isolamentos contra umidade e salinidade e etc. 

Tudo dependendo da caracterização dos fatores ambientais que irão indicar a seleção do material IDEAL e a definição fina do projeto e da disposição da casa de aço, em função do grau de exposição dela às intempéries locais e suas condições de intemperismo.

A "caracterização" das variáveis ambientais vai ajudar a se especificar o nível de SUSTENTABILIDADE de sua habitação, em termos de consumo de energia, de água e de disposição de resíduos (lixo), por ajudar na proximidade de seu trabalho e de outras necessidades, irá minimizar gastos de tempos e de combustíveis, em seu deslocamento. 

E SUSTENTABILIDADE aqui terá o significado profundo de ADEQUAÇÃO AO MEIO AMBIENTE (IEAQ, 2010). 

Haverá uma revisão profunda no planejamento de condomínios para o "assentamento de casas de aço" e possibilitará criar um conceito denominado de "ALUGUEL DE TERRENOS", em situações urbanizadas, com todos os critérios de equipamentos e aparelhos urbanos: Vias asfaltadas, arborização e jardinagem, praças, iluminação pública, suprimentos de águas e saneamento básico, serviços de segurança, serviços comerciais e etc.

Engº Lewton Burity Verri
Especialista em Licenciamento e Gestão Ambiental
Copyright (C) 2014 - Do autor

VEJA ALGUNS MODELOS DE RESIDÊNCIAS - COM BASE NO AÇO... OS MODELOS PODEM SER DE "PROPRIEDADE INTELECTUAL", MOSTRADOS APENAS PARA EFEITO ILUSTRATIVO.

Palavras-chaves de buscas: "casas containers valor"

Link Geral:

https://www.google.com.br/search?q=casas+containers+valor&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=bzL9UqI2o96wBLPqgIgK&ved=0CAcQ_AUoAQ&biw=1280&bih=933#q=casas+containers+valor&tbm=isch&imgdii=Np3rkZps62-tDM%3A%3BtnLzBFpBG88F-M%3BNp3rkZps62-tDM%3A 

VEJA ALGUNS MODELOS DE RESIDÊNCIAS - COM BASE NO AÇO...
Foto de Lewton Burity Verri.
 
 



Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!