As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 15-05-2014. Acessado 452 vezes.
Título da Postagem:As muletas de ESEU e os milagres de JESUS CRISTO
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 15-05-2014 @ 01:55 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: mediunidade, milagres, Jesus Cristo, espiritismo, segredos, Herodes, Judeia

AS MULETAS DE ESEU E OS MILAGRES DE JESUS CRISTO

Lampejos de uma mediunidade...

A sentinela gritou para todos sobre a chegada dos soldados do Rei. A ordem dele deveria ser cumprida em sacrificar os pequeninos, recém chegados à Terra.

Tentava o imperador eliminar o verdadeiro REI, que estava sob a luz, na vestimenta da carne.

Os cavaleiros ingressaram nas vilas, nos arredores de Belém, buscando e rebuscando os nascidos para a ceifa cruel, tentando capturar e matar a pequena LUZ DO MUNDO. Perguntas aqui, perguntas ali e sempre alguém na crueldade e na descompostura humana apontava um lar para a desgraça da dor, onde tivesse uma criança recém nascida.

A poeira subia pelo movimento da tropa de ceifadores às ordens do imperador, e da correria dos aflitos que fugiam para um refúgio onde pudessem se trancar em proteção.

Os soldados batiam em todas as portas e janelas e imolaram todas a criancinhas encontradas, com menos de 2 anos, do sexo masculino, e primogênitos, na descrição proclamada pelo Rei déspota.

Uma dentre algumas crianças foi escondida na cocheira, sob o feno, na esperança de seus pais de que pudesse ser salva pela invigilância dos serviçais do mal.

Um cavalo, no entanto, assustado com a agitação, fatalmente pisou em uma das pernas do pequenino quebrando-a, e que estava escondido abaixo do feno.

O perigo havia passado, com a retirada dos soldados, e a onda de lamentos, choros e ranger de dentes caiu sobre o lugarejo. Era a verificação do saldo insano de um imperador demente.

Os anos passaram e a criança cresceu ficando coxa da perna quebrada e andava apoiada nas paredes e nas pessoas. Seu pai mudou-se com a família para outro lugarejo onde pudesse afastar-se das lembranças amargas daquele infanticídio. A vida começava a tomar sentido e uma enseada de tranquilidade abrigava os corações que tentavam se recomporem.

ESEU, então já um menino, alegre e lúcido, circulava para conhecer as paisagens locais. Com muita dificuldade, tomou a traseira de uma carroça no consentimento de seu dono, e seguiu para o alto de um monte verdejante, onde estava um rebanho de ovelhas, seus pastores e algumas crianças.

Lá ele encontrou um menino que falava como um anjo e transparecia luz por trás de si, com a autoridade de um sábio, aguardando o crescimento a que todos nós somos submetidos. Talvez alguma pérola celeste aguardando um chamado missionário...

ELE e ESEU ficaram amigos. ESEU encontrou grande afinidade com o menino e terminou contando-lhe com satisfação porque era portador daquela deficiência, adquirida naquele dia fatídico na cocheira.

Ele via sua situação com muita satisfação, pois aquilo o havia "ligado" ao Menino Salvador, aceitando seu aleijão como uma aventura da vida para algum exercício de adaptação ou algum tipo de purificação. Ele disse ao seu novo amigo que valeu a pena todo o sacrifício, pois sofrera aquilo em nome do Menino de Belém, o Salvador, de quem os profetas tanto escreveram.

O novo amigo de ESEU ficou ligeiramente emocionado com a declaração, ficando compadecido do seu aleijão. E ajudou ESEU a regressar para casa...

Alguns dias depois o novo amigo de ESEU foi chamá-lo para uma visita numa oficina. Seguiram juntos com ESEU apoiado no amigo e havia um humor leve e sem peso algum.

Juntos chegaram numa carpintaria, próxima nos arredores. O pai do seu amigo era um conhecido carpinteiro do lugarejo e com ferramentas o novo amigo de ESEU talhou duas pequenas muletas. E deu-as a ele, para que pudesse se locomover apoiado por baixo dos braços. ESEU ganhou mais liberdade de movimentos e de locomoção.

Tão agradecido ESEU chorou com a Boa Vontade do novo amigo. E este lhe havia dito que aquelas muletas o curariam de invalidez desde que tivesse fé, como numa magia de sua imaginação.

Anos se passaram e ESEU caminhava sereno e perfeito já sem as muletas, não entendendo que milagre tinha sido aquele, que só muito tempo depois pode refletir sobre o ocorrido, em que se passaram 18 anos. Quando ele ganhou as muletas tinha apenas 12 anos de idade.

Certo dia, no templo de Jerusalém, onde um jovem Rabino pregava e curava os enfermos, ESEU deparou-se com a fala elevada e augusta que reconheceu ser daquele novo amigo do passado. E iluminou-se ao sentir a intuição dizer-lhe que aquele era o Menino SALVADOR, que a tudo podia e curou-lhe a perna. Foi um milagre que não deveria ser propagado, pois não era a hora de Jesus dar manifestações públicas para o testemunho da SALVAÇÃO.

================

Como podem as muletas ter curado ESEU, em seus ossos, se elas só o apoiavam na locomoção? As muletas acompanharam o crescimento de ESEU por alguns anos. Como elas cresceram de tamanho, mantendo sua utilidade?

Quantas criancinhas foram assassinadas por Herodes, O Grande, Rei da Judeia, para que este tentasse eliminar Jesus Cristo, este sim “O Rei dos Reis”, que viesse a ameaçar seu império? Como será que isto foi tratado pelos Anjos do Senhor em face da presumível injustiça de massacrar criancinhas inocentes?

Evangelho de Mateus 15: 30 - E veio ter com ele grandes multidões, que traziam coxos, cegos, mudos, aleijados, e outros muitos, e os puseram aos pés de Jesus, e ele os sarou, 31 - De tal sorte, que a multidão se maravilhou vendo os mudos a falar, os aleijados sãos, os coxos a andar, e os cegos a ver; e glorificava o Deus de Israel.

VOLTA REDONDA, RJ - 22 de agosto de 1989 - Centro Espírita da Rua 249 – dos instrutores Brás e Edna.

Abraços,

Lewton

Médium aprendiz

 




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!