As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 30-10-2014. Acessado 1134 vezes.
Título da Postagem:As FFAA e seu sombrio futuro imediato
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 30-10-2014 @ 10:30 am
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: FFAA, futuro, dissolução, militarismo, preços controlados, reajustes, economia

 As FFAA e seu sombrio futuro imediato

 
O mais sombrio é a progressão inflacionária, se todos os preços controlados pelo governo forem ajustados para compensar a INCOMPETÊNCIA administrativa e a CORRUPÇÃO permanente. Gasolina poderá ir para R$ 6,00 o litro. Óleo diesel poderá ir para R$ 4,50 o litro. E isto para recuperar a Petrobrás (caso contrário será vendida para os chineses). A energia poderá ir para R$ 0,80 a R$ 0,90 o kWh. E a água terá que aumentar 100% o preço do metro cúbico consumido. Estes últimos para reaparelhar e atualizar o sistema energético.
 
Por tudo isto, já se observa, que as FFAA ficarão mais inoperantes. Nada de mobilidade veicular, naval e aérea. Nada de quartel cheio e em prontidão. Nada de novos equipamentos e armas. Nada de treinamentos e adestramentos. Nada de reajustes salariais. Podem mexer nas pensões e nas aposentadorias. Talvez venha mesmo a sua dissolução. E isto antes de uma definitiva subversão ideológica governista, para o descambo final ao socialismo ou ao comunismo. A economia vai mandar primeiro, antes da ideologia.
 
Sei de muitos brasileiros que não irão se lamentar. Boa parcela já julga que a hora de equilíbrio e ajustes morais já passou. Cada ano que passa uma ação preventiva (ou corretiva) fica cada vez mais custosa institucional, social, humana e economicamente. Como diz o fisiologista: - Músculo que não se usa termina atrofiando e perdendo a função.
 
As FFAA se recusaram a DEFENDER a constituição, segundo gente ajuizada e com alarmante decepção. Um peso esmagador para o seu futuro.
 
Abraços,
 
Lewton
Apenas mensageiro do Conselho Estratégico de Bisbilhoteiros



Bookmark and Share

Comentários

tinoco em 31-10-2014 às 16:06

Caso as FFAA fiquem inoperantes não será por culpa do governo, mais sim por nossa omissa e covardia do alto comando.


Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!