As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 17-11-2015. Acessado 390 vezes.
Título da Postagem:A Fome nos Regimes Comunistas, exemplo apavorante
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 17-11-2015 @ 10:47 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: Fome, comunismo, URSS, Coreia do Norte, canibalismo, escassez de alimentos, PT

A Fome nos Regimes Comunistas, exemplo apavorante

Será que o Brasil irá por este caminho, com Dilma, Lula e demais asseclas?

A fome mata por inanição. E a falta de alimentos, ou sua escassez, já foi usada como pressão político-partidária e subjugação ideológica, com fins de extermínio de massas resistentes ao regime. E Stálin impôs o Comunismo nas repúblicas através da "privação forçada" na falta de alimentos - para dizimar massas de resistências.

O comunismo fabricou três dos maiores carniceiros da espécie humana - Lênin, Stálin e Mao Tsé-Tung. Lênin foi o iniciador do terror soviético.

Enquanto os czares russos em quase um século (1825 a 1917) executaram 3.747 pessoas, Lênin superou esse recorde em apenas quatro meses, após a revolução de outubro de 1917.

Stálin com sua repressão e eliminação de elites de apoio técnico e científico, que por intelectualidade democrática, queriam virar o regime, é que acabou sem SUSTENTAÇÃO técnica e científica (a URSS perdeu Know-how – conhecimentos, de tanto matar), indo para a depressão econômica e desindustrialização acelerado, mesmo que com capazes com "autorização para matar", nos Centros Administrativos de Produção e Trabalho - Gulag. E nas Forças Armadas de tanto eliminar "Bons Comandantes, porém traidores", passou a descer na escala hierárquica militar, para achar um bom e confiável general, por exemplo - como a cobra que come o próprio rabo. Foi perdendo estratégias, táticas e recursos operacionais.

As causas iniciais da fome nos Regimes Comunistas Soviéticos, foram em sua origem, o resultado de uma política de inspiração MARXISTA que pretendia eliminar as bases sociais e o modo de funcionamento da economia capitalista.

Excetuando o caso particular do Cazaquistão, as causas iniciais desta tragédia devastadora foram globalmente idênticas.

1. A grave desorganização do ciclo produtivo agrícola causada pelas medidas de deskulakização, que visavam reprimir e eliminar as elites camponesas;

2. A coletivização forçada, que levou muitos dos camponeses a reagir de forma violenta e desesperada, através da destruição de uma grande parte do seu patrimônio (alfafas, animais, colheitas, etc.);

3. A ineficácia e a miséria que caracterizam os kolkhozes, instituídos num contexto de violência e de caos generalizados;

4. As sucessivas e implacáveis vagas de requisição (coletas), através das quais o Estado procura dar resposta a um triplo problema (dificuldades sentidas no processo de industrialização acelerada; explosivo crescimento urbano, em resultado do êxodo rural; necessidade de travar o agravamento da dívida externa, mediante o crescimento da exportação de matérias-primas);

5. A resistência dos camponeses face àquilo que consideravam tratar-se de uma "segunda servidão" - designada, por Nikolai Bukharin, de "exploração militar-feudal" - trabalhando cada vez menos, devido à sua rejeição do modelo coletivista imposto pelo regime, ou em consequência da debilidade física gerada pelas dificuldades alimentares;

6. As más condições meteorológicas que prejudicaram as colheitas de 1932.
Por conseguinte, a fome desencadeada nas regiões das Repúblicas Soviéticas, de 1921 a 1933 - decorreram da conjunção das 6 primeiras causas (acima) e hoje continuam a molestar o trabalho agrícola e pecuário nas suas regiões. Soma-se a estas as políticas de inspiração MARXISTA que pretendia eliminar as bases sociais e o modo de funcionamento da economia capitalista.

Havia, no entanto, a plena consciência por parte das forças em confronto - Estado e Camponeses - de que se estava a reeditar a situação de violência e de fome que caracterizara o período do "Comunismo de Guerra" (1918-1921).

Especificamente nas Repúblicas Socialistas Soviéticas o excesso de privações, incentivado pela Luta do Estado com os Camponeses - repressão e eliminação de suas as elites, apagou a experiência agrícola da URSS, acabando com o vigente Know-how da Era do Czarismo (embora muito precário), desorganizou completamente a estrutura de produção de alimentos.

Acometeu a Grande Fome de 1921-1922”. (FIGES, 1999, p. 952). E segundo FIGES (1999) intelectuais russos com grande notoriedade mundial, reuniram-se numa comissão, para pedir a Lênin, que pressionasse, no sentido de ajuda internacional às vítimas da fome.
Com a excesso de privação, o descompasso entre estação ideal de semeadura e estação de colheita, em sucessivos anos, e com invernos rigorosos, o povo da URSS descambou para o Canibalismo. A URSS entrava em convulsão.

Visite os links:

1. https://convulssion.wordpress.com/…/canibalismo-na-uniao-s…/;

2. https://pt-br.facebook.com/notes/ana-amelia-mello-franco/canibalismo-na-urss-crian%C3%A7as-eram-devoradas-por-adultos-e-pelas-pr%C3%B3prias-crian%C3%A7a/10151365912209342;

American Relief Administration (Administração de Auxílio Americana) alimentou, diariamente, dez milhões de pessoas e distribuíram enormes quantidades de remédios, roupas, ferramentas e sementes, suficientes para assegurar duas colheitas consecutivas e abundantes (as de 1922 e 1923), que finalmente permitiram ao país recuperar-se do flagelo. (FIGES, 1999, p. 956). Os EUA minimizaram a Fome Soviética e conseguiram dar suprimentos e suporte técnico / comercial por duas possíveis colheitas, até que se ajustaram o compasso entre estação ideal de semeadura e estação de colheita.

Holodomor (em ucraniano: Голодомор) ou "Holocausto Ucraniano" é o nome atribuído à fome de caráter genocidário causado por Josef Stálin, no comando da União Soviética, que devastou principalmente o território da República Socialista Soviética da Ucrânia (integrada na URSS), durante os anos de 1932 - 1933. Este acontecimento — também conhecido por Grande Fome da Ucrânia — representou um dos mais trágicos capítulos da História da Ucrânia, devido ao enorme número de pessoas vítimas do bloqueio de alimentos feito por Stálin a Ucrânia.

Holodomor - raiz etimológica as palavras holod (fome) e moryty (matar através de privações, esfaimar).

Veja o link: https://pt.wikipedia.org/wiki/Holodomor;

Com o pós-guerra da Coreia, e sua consequente divisão NORTE-SUL, surgiu a República Socialista da Coreia do Norte, pela proximidade geopolítica com a URSS, e pelas condições ocorridas na própria guerra local. Os males da privação e produção de alimentos levaram por décadas a população coreana do Norte a praticar o CANIBALISMO. Também passaram a comer gente...

Visite os links:

1. https://www.youtube.com/watch?v=bsScnceIh4A;

2. http://es.blastingnews.com/…/corea-del-norte-canibalismo-o-…;

A URSS insuflou o regime comunista na Coreia do Norte. Levou para ela as "velhas práticas de Stálin e a objetividade de militarização, para manutenção do regime". O orçamento anual da Coreia do Norte coloca grande empenho nos custos da Forças Armadas para sua proteção e manutenção do regime comunista. Desta forma recursos escassos são direcionados para a "manutenção humanitária e sobrevivência do povo".

A cultura do CANIBALISMO, vindo da URSS, se infiltrou nos costumes locais ao ponto da sua incorporação na "tradição alimentar" da Coreia do Norte - veja o link: https://www.youtube.com/watch?v=bsScnceIh4A.

Os agravantes da Escassez de Alimentos:

======== AS NOVAS causas atuais, em regimes FORA dos critérios Democráticos e dos Direitos Humanos - de uma vindoura tragédia e devastadora com efeito globalmente idêntico.

7. A degradação ambiental, desertificação, falta de água;

8. As Mudanças Climáticas e a imprevisibilidade de colheitas e criações em larga escala;

9. Guerras regionais com a desmobilização do contingente rural e o Terrorismo que remove iniciativas de empreendimentos locais;

10. A Explosão demográfica sem controle administrativo ao seu crescimento;

11. As Dificuldades de trajetos e logísticas que garantam a conservação e a entrega;

12. A Repressão e eliminação de elites de apoio técnico e científico.

HOJE =============== ESCASSEZ DE ALIMENTOS NA VENEZUELA - Socialismo Bolivariano - Outra tipificação para Comunismo...

A Venezuela inicia seu mergulho nas escuridões da Fome, tendo em vista uma futura aculturação para o CANIBALISMO? Ela desorganizou completamente a estrutura de produção de alimentos e eliminou as bases sociais e o modo de funcionamento da economia capitalista... O período do "Bolivarianismo de Guerra" está já ao horizonte venezuelano.

1. http://veja.abril.com.br/…/venezuela-crise-e-escassez-faze…/;

2. http://veja.abril.com.br/…/supermercado-estatal-e-o-retrato…;

Será que o Brasil irá por este caminho, com Dilma, Lula e demais asseclas?

Por isto é que os militares da Vila Militar, Deodoro, RJ, do Núcleo da Divisão Aero terrestre, em suas palestras anticomunismo - 1960-1963, diziam que: - No comunismo os pais e vizinhos comiam criancinhas (canibalismo). Adultos já fracos e com inanição, e crianças pré-doentes, eram sacrificados, para saciarem a fome dos ainda com algum ânimo de vida. Fui a várias com meu pai...

Nenhum moleque daquela geração, filho de tais militares, queria que o comunismo prosperasse no Brasil...

Alguém mais quer falar algo sobre CUBA?

Abraços,

Lewton




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!