As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 12-02-2016. Acessado 353 vezes.
Título da Postagem:Lula, Dilma e asseclas estudam versões para seus crimes e minimizarem suas penas
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 12-02-2016 @ 10:59 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]

Tags: Lula, Dilma, PT, Lava-Jato, versões aos crimes, falso testemunho, má fé

 LULA, DILMA E ASSECLAS ESTUDAM VERSÕES PARA SEUS CRIMES PARA MINIMIZAREM SUAS PENAS?

Em vista de apresentar DEFESAS contra seus processos, como RÉUS em crimes de monta, lesa-pátria e até de alta traição, em andamento na Justiça do Brasil, eles de modo visível e público, tratam de providências para transgredirem o mandamento de NÃO JURAR FALSO TESTEMUNHO.

Sim, a imprensa, e o serviço sub-secreto, estão recebendo "vazamentos" das tramas, até para eles testarem o grau de credibilidade junto ao público e ao eleitorado, de suas NOVAS versões, tendo queimadas as versões anteriores.

Parece um jogo de pega-escapa e de estratégias enganosas do falso testemunho, na esperança de minimizarem a culpa e a irresponsabilidade de seus atos ilícitos. Mas todas as evidências estão/foram documentadas por profissionais do direito e do jornalismo.

Todos (Lula, Dilma e asseclas) reúnem-se para acertar versões, locar testemunhas, agenciar recursos R$ para "compra" de silêncios e etc. E agora com todas as revelações e os escândalos saírem das trevas de seus bunkers, a sociedade acompanha pari-passo as mudanças de versões, para cada momento em que se constatam novas denúncias, delações e novas provas de seus crimes, como se julgassem eles estarem num jogo infantil de fantasias e mágicas. Apenas reforçam suas condutas enganosas, da deformidade de caráter, de compulsão às mentiras.

Imaginemos quando as reuniões eram feitas para executarem as tramas combinadas, sob as cortinas da corrupção e da propositada rapinagem que programaram e executaram? Contrataram advogados, alguns a R$ 5 milhões de honorários. Por dinheiro, e muito, advogados “honestos com a verdade” se sujam para defenderem bandoleiros.

O serviço sub-secreto tem suspeitas de que parcela destes advogados estão afim de espoliarem estes "clientes" indefensáveis. Lula, Dilma e asseclas do crime são indefensáveis.

A conclusão que chegamos é que os bandidos, e comparsas de Lula, Dilma e asseclas são anjos inocentes. Que maldição eles passam. Um punhado de acusações para um punhado de crápulas, que os deixa deprimidos (embora muitos riem de a tentativa institucional da justiça mostrar que está a fazer justiça). E tudo isto com os custos exorbitantes da tal operação, com pagamento de dinheiro vindo dos impostos dos contribuintes (só os que contribuem).

Em novas reuniões, e com as "décimas e centésimas versões", queimado o Tempo Civilizatório do povo brasileiro, e dando tempo para as ceifas mortais de suas perpétuas omissões e ações administrativas criminais, tratam de planejar a rogativa do falso testemunho. E vão mentir diante do tribunal? E o magistrado irá crer na versão colocada pela defesa? E a trama de testemunhas da falsidade ideológica, combinada e "financiada", vai funcionar levando em conta que o magistrado é um tolo?

Se assim for em todos os interrogatórios, e inquirições, os advogados de defesa vão argumentar, para "minimizar" o impacto dos casos e crimes, e "aliviar a pressão social" que acontece contra políticos em queda moral.

E cada vez, na trama, eles vão intervir a favor de seus "clientes", com argumentações que solidifiquem as novas versões num tribunal republicano e ilibado. Sendo assim, então, as novas versões irão desqualificar o tribunal, vão desqualificar a "honra profissional do magistrado", desqualificar o Juiz Moro e as leis do país. Vão apelar para a Constituição Federal?

Os defensores de Lula, Dilma e de demais asseclas, estarão tratando seus "clientes" como perseguidos políticos. Entretanto, estes "clientes" são sujeitos que não respeitaram a instituição que representaram, não se deram ao respeito MORAL e agiram como QUADRILHA. A justiça estará perseguindo politicamente muitos inocentes?

Não há suporte moral suficiente que dê apoio às argumentações de defesa, quando os registros históricos mostram evidências SÓLIDAS das constatações da inteligência investigativa da Polícia Federal. E Lula, Dilma e asseclas, precisam de um modo ou de outro serem submetidos a um "ajuste de contas" ético, moral, da honra do país, e do Direito, perante a sociedade brasileira e internacional.

Somos o país da impunidade e por isso somos um PAÍS PÁRIA: matam-nos em metrôs, nos expatriam humilhados, riem das trapalhadas políticas, desconfiam de nossa idoneidade, querem tomar da gente o que não sabemos cuidar, se arvoram em tutelar nossas causas e coisas, se saciam materialmente da nossa ignorância, aliciam vendilhões escrotos e criminosos para nos espoliar e etc.

E no final todos esses subversivos - distorcem a lei e os fatos - são ESTUPRADORES da sociedade, "enfeitando" seus crimes com versões simplistas para otários, se acomodarem em crenças de que a justiça foi feita.

Desde o ESCÂNDALO DOS ANÕES DO ORÇAMENTO somos levados a ENGOLIR VERSÕES de criminosos hediondos, como as de João Alves - que "ganhou" várias vezes na loteria, "lavando dinheiro" do povo - até agora, ao Dossiê sobre as contas de FHC, em que até Miniscroto da Justiça da época Tarso Genro "minimizou e justificou" tal crime como versões de um COMPARSA, na figura de CO-AUTOR - coisa de "autoridade" brasileira.

E, ainda, quase todos os "homens de confiança" do LULISMO têm "fichas criminais asquerosas", viram ministros, secretários, assessores, e alguns foram guerrilheiros que queriam "exterminar a Democracia", e que nos parecem mais com OS ESCROTINHOS das tiras em quadrinhos. E estão exterminando a Democracia das Diretas Já, que eles criaram sem nenhum espírito de Ordem e Progresso.

Desde 1985 o país é pilhado pela politicalha maldita que veio para defenestrar a nação. Hoje somos um PAÍS POTÊNCIA: da IGNORÂNCIA, da DOR, do SOFRIMENTO e da MORTE.

Aquela GUERRILHA dos anos 1960 / 1970 continua, mas admitida num CONTEXTO DEMOCRÁTICO, parece ter VENCIDO, com sua arma da CORRUPÇÃO e da COMPRA de valores, das ideias, da honra, da justiça. 
Mas o DINHEIRO é nosso, pois só nós é que trabalhamos - pagando impostos a 40% do PIB.

Talvez o “Brazolin Amarelado” venha nos salvar.

Enquanto isso, a sociedade continuará sendo ESTUPRADA pelos ESCROTINHOS, e estes defendidos por seleto grupo de diabólicos defensores da falsidade ideológica - do falso testemunho.




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!