As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 01-03-2016. Acessado 206 vezes.
Título da Postagem:A Festa de doidos no manicômio, 36 anos de PT
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 01-03-2016 @ 12:13 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: PT, 36 anos, Festa, manicômio, Teoria X MacGregor, comunistas, socialistas

 A Festa de doidos no manicômio - 36 anos de PT

Então, o militante-chefe mostrou o raciocínio de estúpido, em beco sem saída. Na Festa Petista dos 36 anos ficou cristal e transparente o que nos mostrou Douglas MacGregor, o cientista que propôs a Teoria do Comportamento X e Y. MacGregor nos primórdios dos estudos do comportamento humano classificou duas especies de mentalidades comportamentais conhecidas como Teoria X e Teoria Y.

Modernamente pesquisadores de IEAQ enquadraram tais teorias em Teoria X - mentalidade socialista e comunista e Teoria Y - mentalidade capitalista e evolucionista.

Na Teoria X – o perfil modelo diz que as pessoas são recessivas, acomodadas e resistentes a mudanças:

1. São preguiçosas e indolentes;

2. Evitam trabalho;

3. Evitam responsabilidades e fim de se sentirem seguras;

4. Precisam ser controladas e dirigidas;

5. São ingênuas e sem iniciativas;

6. São fundamentalmente egocêntricas;

7. Seus objetivos pessoais opõem-se, em geral, aos objetivos da organização;

8. São resistentes a mudanças;

9. São dependentes e, o que os torna incapazes de autocontrole e disciplina;

10. A única motivação para o trabalho é o salário;

Esta Teoria X defende um estilo de liderança autocrático levando assim as pessoas a fazerem exatamente o que a organização pretende que elas façam, sendo comum a gestão onde:

a. A responsabilidade pelos recursos é somente da organização – estado ou empresa;

b. É necessário dirigir os esforços das pessoas – controle das ações para modificar o comportamento;

c. É necessário praticar políticas de persuasão, recompensas e punição já que suas atividades são dirigidas em função dos objetivos e necessidades da organização – estado ou empresa;

d. A remuneração é o meio da recompensa.

Na Teoria Y – o perfil modelo diz que as pessoas são progressistas, auto-evolutivas e autônomas:

1. São esforçadas e gostam de ter o que fazer;

2. O trabalho é uma atividade tão natural como brincar ou descansar;

3. Procuram aceitar responsabilidades e desafios;

4. São automotivadas e autodirigidas;

5. São criativas e competentes;

O estado ou a empresa devem proporcionar condições para:

a. As pessoas reconheçam e desenvolvam características como motivação, potencial de desenvolvimento e responsabilidades;

b. Organização e metodologia de função e operação por meio das quais as pessoas possam atingir seus objetivos e dirigirem esforços no sentido dos objetivos do estado ou empresa;

c. Descentralização das decisões de responsabilidade e delegação de rotinas;

d. Promoções para trabalhos de maiores significados de juízo e valor;

e. Administração participativa nas decisões mais importantes;

f. Autocrítica e auto-avaliação de desempenho.

Através do histórico das revoluções sob FRACASSO pleno de nações que perderam seu "timing evolucionário", foram aquelas em que a "liderança que controlou o poder do estado" era enquadrada na Teoria X - portanto, os socialistas e os comunistas. Se você analisar a relação de MacGregor para a Teoria X verá que somos governados por "militantes com comportamento específico da Teoria X".

E por aí vão prefeitos, governadores, presidentes, ministros, secretários, autoridades públicas em geral.

Na Festa dos 36 anos do PT vemos só pessoas recessivas, acomodadas e resistentes a mudanças, preguiçosas e indolentes que evitam o trabalho, o estudo, o conhecimento, fogem de suas responsabilidades, NÃO se controlam e nem se dirigem, sem iniciativas, fundamentalmente idólatras e quando em domínio de poder são egocêntricas, seus objetivos pessoais opõem-se, em geral, aos objetivos da nação ou da organização, são resistentes a mudanças, repetindo rotinas políticas e ideológicas do FRACASSO, são dependentes, o que os torna incapazes de autocontrole e disciplina. E só são motivadas para o trabalho se o salário for aviltante diante da capacidade, competência e habilidades e da responsabilidade que demonstram possuir.

As nações com altíssimo IDH - Índice de Desenvolvimento Humano tiveram sua concretização civilizatória com lideranças contínuas, e melhoradas, enquadradas no perfil da Teoria Y.

Portanto, SEM uma faxina eficiente desta praga, nos poderes da república, será impossível retomar a evolução civilizatória do país. O BOM da Festa dos 36 anos do PT é que já temos as pessoas marcantes deste processo de destruição do Brasil... Nos últimos 36 anos, fora e dentro do poder, tais pessoas foram elementos de obstrução do desenvolvimento da nação.

E 36 anos é um tempo hediondo de permanência de um sistema recessivo e perverso, pela sua ignorância segundo o perfil da Teoria X.

A sorte nossa é que a ignorância é tão perversa ao ponto de eliminar o seu próprio portador. O PT está eliminando a si mesmo.

Assistimos talvez a última Festa de doidos no manicômio Petista, como foi a última festa do império brasileiro, na Ilha Fiscal (Rio de Janeiro, 9 de novembro de 1889), antes do país se tornar uma república.




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!