As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 19-04-2016. Acessado 466 vezes.
Título da Postagem:O Santo Militar, 19 de Abril: Conversando com Santo Expedito
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 19-04-2016 @ 11:45 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]

Tags: Santo Expedito, causas urgentes, pedidos, oração, militância evolutiva, 19 abril

 19 de Abril: Conversando com Santo Expedito

Hoje é dia do honorável Santo Expedito. Dotado como Santo das Causas Urgentes. Mas, em pleno vigor da atual crise brasileira se acumulam muitas causas urgentes, não só pessoais e sim de organizações, instituições e empresas.

"É possível que sua ligação com as causas urgentes derive unicamente do significado do seu nome."

E todos estão orando para ele. O tempo de atenção de Expedito está acima do limite. Todos estão pedindo empregos, ajuda para pagarem suas dívidas, ajuda para várias outras causas que levam-nos ao desespero.

Para Expedito estamos na situação de uma revoada de corvos, numa algazarra de crás, crás, crás, ensurdecedora. E sua experiência histórica em sua época no século IV, quando martirizado em Melitene, na Armênia, pisa só um corvo por vez.

Deste fato surgiu o folclore ao seu redor, e ele virou objeto de grande devoção popular em muitos países, como o Santo das Causas Urgentes. Então, Expedito disse que ele é invocado em todo mundo, e não somente no Brasil.

Soube eu que Expedito mandou desligar o CROAD - Central de Recepção de Orações de Aflitos e Desesperados, colocando filtros para captar só orações e pedidos dos que estão, neste momento, inocentes da criação das circunstâncias críticas da crise.

O nome que lhe foi atribuído, para assumir a administração da solução das causas urgentes e desesperadoras, de Expedito, implica na tal urgência, no imediato, neste instante presente, para agora e de modo iminente. Esta atribuição exige a sua obrigação rápida e urgente, sem pestanejar, sem procrastinar. Mas, Expedito disse que a desorganização das instituições administrativas dos estados e governos precisa ser corrigida urgentemente.

Mas isto não é obrigação dele. Mas nossa, e dentro das regras éticas, morais e de uma justiça pura, verdadeira e sábia.

E todas as situações críticas que provocaram calamidades, catástrofes, omissões, ações ilícitas e desqualificação administrativa e operacional terrenas tiveram a permissão de votantes-eleitores, talvez numa democracia presumida, ou tarados desumanos numa ditadura hedionda. Logo para ele, que segue as normas de Jesus Cristo - a cada um conforme as suas obras - o filtro colocado no CROAD visa captar os que fizeram por merecer sua intervenção urgente.

Sim, Expedito segue as normas de Jesus Cristo - a cada um conforme as suas obras - tanto obras boas, como obras ruins. Quem faz por mal não pode ter a assistência irrestrita por Expedito, mas somente quem fez por bem.

Quantos contribuíram pela atual crise política, econômica, social, ambiental e humana no Brasil? Muitos destes, pelo advento da renovação, e da revolução, irão perder, e não têm o direito à assistência de Expedito.

Portanto, sem a boa técnica, parcimônia, transparência e competência na administração da organização dos estados, e governos, Expedito fica com seus recursos operacionais, também esgotados.

O Chefe Geral da Caridade e da Assistência Holística, neste planeta - Jesus Cristo -, exige parcimônia em todas as equipes administrativas do dirigismo evolucionário das civilizações aqui aninhadas.

Em tudo existem esforços, recursos e custos. Se os direitos evoluem, os deveres devem corresponder à mesma taxa de promoção dos direitos, e seus esforços. E a cada um deverá ser dado em função de: 1º Merecimento, 2º Capacidade e 3º Necessidades. Esta é a síntese da moral: - A cada um conforme as suas obras.

As obras são aquelas lícitas, cautelares, tutelares, inovadoras, evolutivas, higiênicas, responsáveis e protetivas. Como, então, Expedito pode atuar nas causas urgentes, e desesperadoras, se o mínimo de organização das instituições administrativas dos estados e governos não os fazem capazes destas obras de serviços ao próximo?

O Quadro Mínimo de Causas Urgentes, para serem corrigidas, no Brasil:

1. Quase 10 milhões de desempregados. qualificados +
2. Quase 25 milhões de desempregados bolsistas de programas sociais, estímulo à indolência e à vadiagem, não qualificados +
3. Quase 60.000 de mortes em acidentes em vias públicas +
4. Grande mortalidade por deficiência na administração da saúde, sendo 12 milhões de óbitos nos últimos 12 anos +
5. Degradação da civilidade com aumento dos crimes e da violência, outros milhares de óbitos +
6. Degradação moral e social em vista da promoção de propagandas ideológicas separatistas, acirramento do ódio +
7. Degradação dos processos de educação e de instruções edificadoras, sem instrução uma nação morre +
8. Excesso de corruptelas e de corrupção hediondas, a política corrupta é a prostituta escarlate do Apocalipse + 
9. Degradação ambiental e devastações no clima, mudanças climáticas extinguindo a ordem e vida planetária +
10. Degeneração sistêmica dos princípios éticos e morais, expansão da crueldade e da discórdia.

Como, então, Expedito poderia pisar nesta revoada de corvos? Mesmo como um Santo do Senhor ele não tem o poder de transformar as instituições e suas regras nefastas. Para isto ele teria que separar o joio do trigo, e de imediato. Para isto ele teria que exterminar com as castas de joios - e isto não é uma função de um Santo.

A leitura que se faz à figura dos corvos é em referência aos episódios dos espíritos do mal, ampliados de sua lenda para todo mal praticado contra as pessoas das boas obras e aos necessitados.

Logo, a "ceifa" se faz pelo filtro no CROAD, em que aqueles que fazem por merecer são assistidos em seus pedidos. E, outra norma, de Jesus, é a de "Peça e obtereis, bata à porta e ela abrir-se-vos-á". Mas, temos que fazer por merecermos - com nossas boas obras: lícitas, cautelares, tutelares, inovadoras, evolutivas, higiênicas, responsáveis e protetivas. Mas, só obterão seus pedidos aqueles que fizeram / fizerem por merecer.

É o real amor ao próximo... Um dos dois últimos mandamentos de Jesus, acrescentados por ele em sua peregrinação terrena, há mais de 2000 anos.

1º Amai ao próximo como a si mesmos, assim como eu vos amei, e,
2º Amar a Deus sobre todas as coisas.

O tempo de atenção de Expedito está acima do limite de seus recursos e de sua programação assistencial. Façam por merecer!

============================

"A representação mais comum do Santo Expedito é a de um soldado romano, com traje de legionário, vestido de armadura, túnica curta e manto jogado atrás das espáduas, com postura marcial. Em uma mão sustenta a palma do martírio e na outra uma cruz que ostenta a palavra hodie, em referência ao episódio do espírito do mal, o corvo que lança seu grito habitual cras! e que é representado debaixo de seu pé."




Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!