As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 13-05-2016. Acessado 218 vezes.
Título da Postagem:Temer vai ser boi de piranha, mantem o erro da verbalização somente de conceitos
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 13-05-2016 @ 12:14 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: Temer, boi de piranha, 100 dias de governo, administração da peruada, omissões

 TEMER VAI SER "BOI DE PIRANHA", E MANTEM O ERRO DA VERBALIZAÇÃO SOMENTE DE CONCEITOS VAZIOS


OS POLÍTICOS E SEUS PARTIDOS NÃO SÃO ESCOLAS DE CIÊNCIA E DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA.

Alguns requisitos de qualidade e produtividade devem ser RIGOROSAMENTE OBEDECIDOS, e que políticos e partidos desconhecem. A saber:

(a) Melhor desempenho ao menor custo;
(b) Melhor qualidade nos serviços em sua agilidade e ausência de vícios;
(c) Prazos de execução confiáveis, nos procedimentos e nos tempos corretos de realização;
(d) Segurança em suas operações, legais, constitucionais, nacionais e internacionais e
(e) Responsabilidade Técnica e Civil para com a sociedade, o contribuinte, o eleitor e o cidadão.

O fim do Brasil está próximo? As escolhas dos eleitores que prestigiaram Dilma e o PT entraram em contradição com o estado de direito, mostraram escolher leis de coação e domínio, fora do contexto legal e da Constituição, e nos mostraram o quanto degenerado é o sistema político e a persuasão das propagandas, das escolhas de equipes de governo e da omissão de responsabilidades inalienáveis .

A política e a ação partidária em todo o Brasil têm sido permissivas e degeneradas pela politização de fatos bizarros, moralmente inaceitáveis, pela exacerbação da degradação social, humana, econômica, educacional e ambiental. O modelo de administração de estados está esgotado e sem saída, pelo seu modo de operar e de se fazer funcionar em moto-contínuo de autodestruições. E TEMER começa na reprodução dos vetores da falência administrativa.

Somos tombados por três fatores mortais: 1º Votamos errado, 2º Os votados indicam elementos errados e 3º Ninguém responde por omissões técnicas, nem civis, somente fiscais - que o PT em 13 anos mostrou que também não responde por estas...

Embora as escolhas sejam livres, existem pressões das governanças, por meio de propagandas e publicidades enganosas e abusivas, que fazem o ignorante e analfabeto funcional, com sua limitação discernitiva a votar em partidos tendentes ao crime e a leviandade política.

O PMDB e o PSDB, também são tão levianos quanto o Lula, Dilma e o PT.

1. E o que as regiões brasileiras escolheram por meio do seu voto “nada livre e sem discernimentos”?

2. Escolheram a permanência da leviandade e do crime, com sua administração temerária e perdulária. E é possível que os administradores levem empresas à falência? E o estado pode ir a falência por crimes técnicos, civis e fiscais?

3. É possível que os administradores do executivo sejam gastadores perdulários e omissos em suas obrigações?

4. É justo que os administradores do executivo utilizem a empresa Estado como casa de quadrilhas e bandoleiros?

5. Teriam os administradores permissão dos proprietários da empresa (os contribuintes eleitores) para produzirem perdas irreparáveis em produtividade, qualidade, economia, segurança e patrimônio?

6. É viável que os administradores deixem as empresas “inchadas” com excesso de pessoal e burocracias?

8. É moralmente suportável que os administradores sejam corruptos e meliantes em suas ações?

9. Por que o Poder Executivo do país, com sua administração pública, pode cometer todas estas bizarras exceções contrárias a Administração Científica?

==>> As perdas são astronômicas em todas as questões de RESULTADOS e suas medidas tecnicamente corretas: perdas irreparáveis em produtividade, qualidade, economia, segurança, ambiente e patrimônio.

As escolhas são EQUIVOCADAS, nas campanhas eleitorais, com administradores do executivo e "fiscalizadores" do legislativo, na grande maioria com má fé, baixa qualificação, ignorância e dúbios princípios morais.

Escolheram aquelas lideranças das peruadas, denuncismos, perseguições, casuísmos, 2 pesos e 2 medidas, calúnias, caos, líderes “exóticos”, chefes incendiários, malandros trapaceiros, omissão e falta de educação & treinamento, com favoritismos e sem liderança positiva. E TEMER mantem esta clássica situação de domínio da sociedade brasileira.

Escolheram o sistema político subversivo ao estado democrático, o sistema recessivo dos partidos políticos que retém a evolução civilizatória brasileira, com seus precários processos e procedimentos administrativos.

Somos mau/mal governados e sofremos à amplificação da exclusão e da permanência de calamidades recorrentes: sociais, educacionais, da saúde, da infraestrutura, da segurança pública e etc. Agora aceleradas pelo aquecimento global e o recrudescimento da explosão demográfica.

Os bolsões de exclusões vão aumentado já que a produção e controle dos recursos materiais, energéticos, hídricos, financeiros e ambientais não acompanham o crescimento demográfico, em que a realidade acumulativa de males e perdas, se sobrepõem acima de qualquer propaganda e/ou publicidades sobre evolução, harmonia e bons resultados.

A maior perda é a do Tempo Civilizatório. Se na Administração Capitalista, TEMPO É DINHEIRO, na Administração Pública, TEMPO É DISFUNÇÃO RECORRENTE, DOR, EXPIAÇÃO, SOFRIMENTOS E MORTES...

TEMER termina, então, indicando ministros para ministérios, aos quais não mostram o mínimo perfil profissional e qualificação. TEMER termina formando uma equipe que poderá tirá-lo do cargo em 100 dias. Lembram dos 100 dias de Lua de Mel entre novos governos brasileiros e a sociedade? Vamos esperar estes 100 dias...

Tem muito indicado VICIADO no erro. Estão propondo alternativas sobre o feedback dos equívocos do Petismo. Estarão apenas contornando "abrolhos" numa rota repleta deles - o vício mantem o rumo. E o Petismo partiu de visões equivocadas, dado a este momento de acúmulos de fracassos num rumo nefasto.

E o rumo certo os políticos e seus partidos desconhecem. Estão num jogo de "cabra-cega".

OS POLÍTICOS E SEUS PARTIDOS NÃO SÃO ESCOLAS DE CIÊNCIA E DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA.



Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!