As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 25-05-2016. Acessado 217 vezes.
Título da Postagem:Compras Racionais com o Desenvolvimento e a Qualificação de Fornecedores
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 25-05-2016 @ 01:12 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: Compras, fornecedores, desenvolvimento, avaliação, qualificação, segurança

 Engenharia da Qualidade 24/05/2016 21:50

Compras Racionais com o Desenvolvimento e a Qualificação de Fornecedores
 
http://www.engenheiros.blog.br/t263-engenharia-da-qualidade-compras-racionais-com-o-desenvolvimento-e-a-qualificacao-de-fornecedores.htm 
 
Tag: Desenvolvimento de Fornecedores, compras, qualidade, produtividade, economia, avaliação de fornecimentos, qualificação de fornecedores, regras de proteção às compras, logística, Just In Time, engenharia, materiais, matérias primas, insumos, peças, sobressalentes, manutenção preditiva, sistemas modais.
 
Vamos conhecer as práticas MÍNIMAS dos processos de Compras na Engenharia, em "pequenas estrofes técnicas" como a seguir...
 
OBJETIVO: Sempre comprando com segurança! 
 
Para a grande maioria das empresas o volume de compras em valores varia entre 30% e 70% da receita líquida com as vendas. O que quer dizer que em um faturamento mensal líquido (tirando os impostos) de R$ 1 milhão, as compras de tais empresas irão variar entre R$ 300 mil a R$ 700 mil, dependendo da natureza operacional e das atividades técnicas e comerciais delas.
 
De qualquer modo elas têm muitas despesas com fornecedores, para manterem as suas operações em atividade.
 
Então comprar errado é um dos pecados mortais para empresas sem noção deste requisito. Elas compram de tudo que é necessário, e pasmem, até compram o que não é necessário.
 
O fornecedor deve ser parte integrante da sua empresa. É um departamento que agrega competitividade aos seus negócios, produtos e serviços. Logo, ele deve ser avaliado sempre, e em cada fornecimento, em preço, prazo de entrega, em qualidade, em quantidade e em local-hora.
 
E com a segurança de utilização dos itens comprados, de trabalho e ambiental.
 
Se seus fornecedores já se tradicionalizaram, podem estar levando você no bico em preços, relaxando num requisito aqui e outro ali. E se não forem encarados como aquele departamento estratégico, há grande risco de transferirem para a sua empresa uma série de disfunções administrativas, operacionais, de controle e financeiras. E tais disfunções podem já estar alterando sua estrutura de repasse de custos e de preços.
 
Com isto, todos já percebemos que precisaremos de uma estrutura de efetivação de compras, verificação "in loco" da qualidade, recepção em nossa fábrica por controle da qualidade, monitoramento e rastreabilidade da qualidade fornecida, contabilidade de custo final e retroalimentação da situação de estoques e de logísticas.
 
E tenha a prática controlada das 10 regras básicas para manutenção de compras econômicas...
 
Continue no link: http://www.engenheiros.blog.br/t263-engenharia-da-qualidade-compras-racionais-com-o-desenvolvimento-e-a-qualificacao-de-fornecedores.htm



Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!