As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 05-09-2016. Acessado 231 vezes.
Título da Postagem:A ausência do cristão na política é a porta aberta para o governo dos maus
Titular:Nildo Lima Santos
Nome de usuário:Nildolima
Última alteração em 05-09-2016 @ 09:05 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: Cristão ausente na política

 

Nildo Lima Santos. Consultor em Administração Pública 

Entendemos que a política é inerente ao ser humano! Todo homem é um ser social político e somente através da política é possível garantirmos a liderança da sociedade pelos justos em favor do bem, ou pelos injustos no império do mal. Para que sejamos liderados pelos justos, necessariamente, teremos que reconhecê-los na consciência das doutrinas cristãs para concepção da existência de Deus e de sua aceitação como verdadeiro Arquiteto do Universo. Sendo a política necessária para o governo dos justos é evidente que o lugar a ser ocupado na política para a condução da sociedade para o bem – baseada nos valores cristãos – é exclusivamente para os que representam o bem. E, no bom conceito da política, há necessidade desta condução por líderes religiosos para que evidentemente o Estado tenha um governo que seja justo. Para tanto deverá que embasar suas ações, nos ensinamentos de Cristo.

O líder cristão, não poderá ser visto com estranheza pela participação nas disputas políticas, na representação do povo que o escolherá. Estranho, é a omissão do povo cristão, o povo de Deus, que deveria e deve se credenciar para a salvação do seu rebanho em geral das garras dos descrentes em Cristo e em Deus!!! A omissão oportuniza o grande espaço – que deveria ser dos justos – aos invasores oportunistas ateus ou devotos de seitas satânicas que conduzem a sociedade contra os valores cristãos. Daí o império, no Estado, das decisões anticristo que contrariam a lógica da vida e noção da existência do homem e sua relação com Deus, ferindo princípios cristãos: casamento, família, sexualidade, liberdade religiosa, cultura do crime do aborto, etc.

As verdades históricas clareiam a nossa mente através dos registros bíblicos: “O cristão é chamado a obedecer às autoridades governamentais. E se estas forem más, estarão sujeitos a elas e às suas leis.” (Romanos 13.1) O cristão deve ter consciência de sua tarefa como ser social político para que o mal não impere sobre o bem.

Queremos ser governados com alegria, “porque quando os honestos governam; o povo se alegra, mas quando os maus dominam o povo geme”. (Provérbios 29.2)

Porque “feliz é a nação cujo Deus é o Senhor”. (Daniel 3:5-8). Devemos eleger líderes de nossa nação que não somente digam que creem em Deus mas que realmente tenham um histórico de vida com Deus e para Deus.




Bookmark and Share

Comente
Olá Visitante. Este usuário permite que você comente mas antes é necessário informar seu nome e email pessoal válido e ativo.
Você receberá um email de confirmação.
Nome: Obrigatório
Digite seu Email: Obrigatório. Não será divulgado.
Redigite seu Email: Obrigatório. Não será divulgado.
Código de segurança:_YA_SECURITYCODE
Digite o código de segurança:
  [ Voltar ]
Outas colaborações de Nildolima
Veja Mais
Perfil de anonimo
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!