As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 14-09-2016. Acessado 236 vezes.
Título da Postagem:Fugindo dos estelionatos eleitorais, da propaganda demagógica e fiscalizando...
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 14-09-2016 @ 03:03 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: Eleições 2016, estelionatos, norma de fiscalização, auditorias, prefeituras

Engenharia na Política - 14/09/2016 14:00


Eleições 2016 - Fugindo dos estelionatos eleitorais, da propaganda demagógica e fiscalizando a Administração Municipal
 
http://www.engenheiros.blog.br/t279-engenharia-na-politica-eleicoes-2016-fugindo-dos-estelionatos-eleitorais-da-propaganda-demagogica-e-fiscalizando-a-administracao-municipal.htm 
 
Tags: Qualificação administrativa, eleições, propagandas eleitorais, demagogia, populismo, perfil técnico, conhecimentos, domínio técnico especializado, centro administrativo, estelionatos, promessas de campanha, situação administrativa, prefeituras, casas legislativas, prefeitos, vereadores, fiscalização, resultados, metas, objetivos, métodos, diagnóstico técnico e científico, gestão profissional.
 
QUANTOS CANDIDATOS SABEM REALMENTE DA SITUAÇÃO ADMINISTRATIVA DA PREFEITURA? Eleições em vista para outubro de 2016... NENHUM! Quantos sabem administrar EFETIVAMENTE uma instituição municipal, com tantos setores de Conhecimentos e de Domínios Técnicos Específicos?
 
Conhecimentos e Domínios Técnicos Específicos - educação, saúde, habitação, mobilidade urbana, segurança pública, proteção ambiental, recursos humanos da administração, finanças e fluxos de caixas, investimentos e parcerias, contratos e litígios, comunicação social, assistência social, monitoramento de condutas e de posturas, fruição urbana de trânsito e sua acessibilidade, organização administrativa e operacional com qualidade, produtividade e economia, planejamento para cumprimento das promessas de campanha, capacidade para estruturar projetos de investimentos e etc? ==>> NENHUM, haja vista a coleção de resultados estapafúrdios encontrados no noticiário, desde a mídia afetada ideologicamente à mídia imparcial: de modo técnico e científico. 
 
1. Quais são os pontos FRACOS e os pontos FORTES da administração de seu município?
2. Qual é a PRECISÃO desta administração no atendimento às necessidades, e na manutenção da qualidade técnica dos recursos disponíveis, às comunidades e bairros?
3. Quais são os pontos FRACOS que carecem de previsão de correção, e de projetos de investimentos, para suprir uma MELHOR qualidade técnica com a aplicação dos recursos disponíveis?
4. Existe identificação concreta das necessidades das comunidades e bairros, através de levantamentos CONFIÁVEIS por atores profissionais?
5. Qual escala dos recursos disponíveis que seja capaz de realizar e cumprir as promessas de campanha e planejar projetos de atendimentos e melhorias da qualidade de vida das comunidades e dos bairros? 
6. Qual a qualificação técnica do secretariado e de seus auxiliares para lidarem com a diversidade de Conhecimentos e Domínios Técnicos Específicos? 
7. E existem estes recursos disponíveis?
8. Se não existem, como obtê-los em curto prazo para o cumprimento das promessas de campanhas?
 
Se estas perguntas BÁSICAS não possuírem respostas técnicas, com argumentos concretos, NENHUM candidato à PREFEITO ou à VEREADOR saberá REALMENTE DA SITUAÇÃO ADMINISTRATIVA DA PREFEITURA E DAS NECESSIDADES CONCRETAS DAS COMUNIDADES. Portanto, as promessas de campanhas eleitorais são PURO BLEFE para ESTELIONATOS ELEITORAIS.
 
E se o atual PREFEITO (VEREADORES, no Legislativo) em vias de reeleição, ou finalizando seu mandato executivo, NÃO TIVER estas respostas, fica sacramentada a DESQUALIFICAÇÃO do mesmo para o exercício do cargo eletivo. E desta forma os próximos candidatos ELEITOS farão a mesma AVENTURA criminosa e prática do Exercício Ilegal em cargo público.
 
SEM UM MÉTODO DE FISCALIZAÇÃO PERIÓDICA DO EXECUTIVO JAMAIS SE SABERÁ DA SITUAÇÃO ADMINISTRATIVA DA PREFEITURA E DAS NECESSIDADES CONCRETAS DAS COMUNIDADES. Logo, jamais poderemos comparar períodos de administração executiva, e nem avaliar qual foi o melhor para o município. Então, entramos na velha lenga-lenga de qual Prefeito e/ou Vereador foi melhor para a cidade... E a questão de eleição fica na ilusão das Propagandas e Publicidades enfeitadas com argumentos e bestialidades sofismáticas. 
 
Se você tem interesse em aprender, como se faz a FISCALIZAÇÃO de uma instituição de SERVIÇOS PÚBLICOS, e outros correlatos, BAIXE o manual em PDF anexado. E o estude com seus companheiros, munícipes e eleitores exigentes.
 
Download: http://www.engenheiros.blog.br/fiscalizacao-de-prefeituras-por-vereadores-metodo1.pdf
 
Uma contribuição dos Engenheiros do IEAQ - Barra Mansa - RJ
 
Continuar lendo em: http://www.engenheiros.blog.br/t279-engenharia-na-politica-eleicoes-2016-fugindo-dos-estelionatos-eleitorais-da-propaganda-demagogica-e-fiscalizando-a-administracao-municipal.htm 
 



Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!