As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 07-10-2016. Acessado 128 vezes.
Título da Postagem:A Eficaz Metodologia da Engenharia Industrial na Rotatividade dos Estoques
Titular:Lewton Burity Verri
Nome de usuário:Lewton
Última alteração em 07-10-2016 @ 02:27 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Tags: Administração de Estoques, redução de custos, Estoque Zero, Just In Time, Japan

 Administração de Estoques - 06/10/2016 16:45

A Eficaz Metodologia da Engenharia Industrial no Controle e na Rotatividade de Estoques
 
http://www.engenheiros.blog.br/t287-administracao-de-estoques-a-eficaz-metodologia-da-engenharia-industrial-no-controle-e-na-rotatividade-de-estoques.htm 
 
Tags: Controle de estoques, controle da rotatividade, redução de custos de compras, racionalização de áreas de estocagens, materiais e produtos vitais, compras triviais, corrupção nas compras, comparativo de períodos, relatórios gerenciais, coordenação com fornecedores, assistência técnica, exemplo de gráficos, lucratividade, qualidade e produtividade, economia, redução de tempos e movimentos, engenharia industrial, logística de fábricas. 
 
======================
 
Em certas empresas, cerca de 40% a 70% do faturamento bruto, significam compras de materiais. Se o faturamento bruto – ano, em receita, for de R$ 1 milhão, cerca de R$ 400 mil a R$ 700 mil, foram gastos com compra de materiais.
 
Se seus fornecedores já se tradicionalizaram, podem estar levando você no bico em preços, relaxando num requisito aqui e outro ali. E se não forem encarados como aquele departamento estratégico, há grande risco de transferirem para a sua empresa uma série de disfunções administrativas, operacionais, de controle e financeiras. E tais disfunções podem já estar alterando sua estrutura de repasse de custos e de preços.
 
1. Se faltar algum item comprado saiba que alguma coisa vai ser interrompida em sua fábrica ou empresa e você vai atrasar as suas entregas;
 
2. Se você não checar os preços comparativamente, entre outros fornecedores, e na série histórica dos fornecimentos semelhantes à sua empresa, do seu fornecedor, ele pode estar subindo o preço "invisivelmente" além da inflação, e vai estar alterando sua estrutura de repasse de custos e de preços;
 
3. Se ele não facilitar seus pagamentos, mesmo que seja um novo fornecedor, você poderá ter um tipo de impacto de "arrependimento", se a qualidade geral do fornecimento for precária, você fica sem poder de barganha e vai ter que "engolir" a porcaria fornecida;
 
4. Se seu fornecedor lhe propuser a compra de materiais, matérias-primas, insumos e produtos novos, exija a "divisão de riscos do tipo meio a meio – desconto de 50%" ou que ele lhe entregue em consignação, pois o pessoal de projeto e engenharia dele pode não ser competente, para inovações e experimentos;
 
5. Se algum item vier com defeitos, ou vício de fabricação vai agregar deficiência na qualidade e na garantia dos seus processos e produtos;
 
6. Se não chegar na data-local-hora em que as entregas foram contratadas, você vai atrasar as suas entregas ou não poderá atendê-las, seu concorrente lhe vencerá nesta;
 
7. Se algum item vier com potencialidades de impactos ambientais, esteja certo que será co-responsável, e vai ter prejuízos "extra-operação";
 
8. Se algum item vier com características impróprias ao manuseio e utilização, esteja certo que haverá acidente ou danos de trabalho;
 
9. Se o fornecedor não for qualificado esteja certo que poderá estar comprando "gato por lebre";
 
10. Se a logística for precária, sem segurança operacional plena, agregando uma péssima frequência de atendimentos em 100 fornecimentos (um padrão ideal seria de pelo menos 95%, sem agregar atrasos), troque imediatamente de transportador ou mude o estilo modal;
 
11. Se você não avaliar, mensalmente, os seus fornecedores sua empresa estará em risco em qualquer ou em todos os itens acima (de 1 a 10).
 
Com isto, todos já percebemos que precisaremos de uma estrutura de efetivação de compras, verificação "in loco" da qualidade, recepção em nossa fábrica por controle da qualidade, monitoramento e rastreabilidade da qualidade fornecida, contabilidade de custo final e retroalimentação da situação de estoques e de logísticas.
 
A MISSÃO DA REDUÇÃO DE ESTOQUES
 
A redução proposta permite a ELIMINAÇÃO de algumas variáveis onerosas, se em grande escala de ocorrência, tais como:
 
1. A liberação total metros quadrados de área no pátio de estocagem, para outras variedades novas e/ou de maiores demandas;
 
2. Cessação de Capital Imobilizado no valor médio de R$ no período da “baixa rotatividade”;
 
3. Diminuição do manuseio de paletes para entregas aos clientes;
 
4. Diminuição de compras para estocagem de “estoque mínimo”, na ordem de paletes ou cerca de carretas – com vários eixos – o que pode promover uma economia de R$ em Frete;
 
5. Menor número de manobras de caminhões na entrada da loja;
 
6. Menor número de manobras da empilhadeira;
 
7. Menores perdas por degradação do material e de manuseio;
 
8. Menores perdas por desclassificação de qualidade, ou redução de preços, para “desovar” o estoque em política de PONTAS DE ESTOQUE;
 
9. Minimização de gastos com transferência desse material para outra loja – SIGMA CONSTRUÇÕES – visando Promoção de Ponta de Estoque – ajudantes, motoristas, empilhadeira e etc;
 
10. Economia Global de R$ por ANO. 
 
A Redução de Estoques é uma atividade que merece grande importância em sua coordenação. Antes a empresa precisará desenvolver um Relatório Gerencial, capaz de fornecer uma visão diária do desempenho da Compras e das Vendas...
 
Ficou interessado? Continue lendo no link: http://www.engenheiros.blog.br/t287-administracao-de-estoques-a-eficaz-metodologia-da-engenharia-industrial-no-controle-e-na-rotatividade-de-estoques.htm 



Bookmark and Share
Outas colaborações de Lewton
Veja Mais
Perfil de Lewton
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!