As opiniões expressas neste artigo e seus comentários não representam a opinião do Portal Militar, das Forças Armadas e Auxiliares, ou de qualquer
outro órgão governamental, mas tão somente a opinião do usuário. Os comentários são moderados pelo usuário.
 
Denuncie | Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

O autor decide se visitantes podem comentar.
 
Postada em 05-04-2007. Acessado 569 vezes.
Título da Postagem:Minha homenagem ao EB é uma reflexão
Titular:GTMelo
Nome de usuário:GrupoGuararapes
Última alteração em 05-04-2007 @ 06:48 pm
[ Avise alguém sobre este texto ]
Estamos Vivos! Grupo Guararapes!
Dia do EB.
Minha homenagem ao EB é uma reflexão.
A Ordem do dia, como não podia deixar de ser, é como outras, uma ode à Isntituição, seu valores, sua sociologia e seus membros. É própria da data.
Tenho muito orgulho de ter sido um dos que batalharam pelo 19 de Abril como dia do Exército.Todas, dos anos anteriores foram assim. Algumas até mais inspiradas e outras mais pomposas. Mas, eu diria...Estamos mesmo servindo à sociedade brasileira, com altivez e dignidade, e ajudando a abrir caminhos para torná-la cada vez mais justa, organizada e feliz? Sinto muito dizer que
tenho dúvidas sobre isso. Gostaria de não tê-las, mas o fato é que tenho! Há sinais que voltaremos a fazê-lo, mas por enquanto são tênues e de projeção muito limitada.
O Abril vermelho está ai...Não só o MST. Mas, muitas coisas, como os artigos na mídia, sutilmente alguns detratando e abertamente outros, fazendo eco amplificado de coisas como o Olga na TV e o Banho de Sangue de nosso Frei dominicano em lançamento badalado em Minas.
Mas, quero mesmo aproveitar para   levar   a você um pequeno introito ao problema -   Estado Unitário ou Federativo.
1.O sistema tributário nacional depois depois de   todos os fluxos(receitas, despesas   e repasses)   dá à União 60% dos impostos e taxas. 25% fica com os Estados e 15% com os quase 6.000 municípios. Além disso, há milhares de tributos e cada um deles com alíquotas variadas e sistemas de controle diversos. A    malha regulatória deles os tornam simplesmente inviáveis.
Sempre há sonegação e sempre há desvios e custos excessivos.
2. Mas, esse, se já não fosse um caso de inviabilidade   tributária por si só, não é o maior problema ou pelo menos o fundamental. A carga desses tributos chega perto do 40% da renda nacional, se tomada em termos brutos.
Isto quer dizer que de cada Real gerado, o governo se apropria de 40 centavos de R$. O contribuinte brasileiro   tem custos   até para recolher impostos e são altíssimos. É um sistema brutalmente injusto e arbitrário.
3. Mas o pior de tudo é que uma parcela quase que inquantificável desses recursos públicos se transforma em dinheiro privado, para uma minoria ínfima da população, por um sem número de mecanismos, que começa na "legalidade" do
sistema financeiro e termina na ilegalidade da "corrupção".
Os vários níveis dos poderes do Estado e a representação política é o cerne desse tumor institucional. Não há um único órgão no Brasil onde não haja alguma forma de corrupção.É o que se chama de criminalidade institucional.
Ela é a grande força motriz da criminalidade social que agora incorpora uma nova forma de crime - o organizado!
4. É nesse quadro que as classes dominantes estão perdendo a disputa no âmbito da tal "sociedade civil" onde se   briga pela hegemonia não só do Estado, como de seus instrumentos de controle sociais(daí porque tenho dúvida se o Exército está fazendo o que diz o Cmt na última linha da sua fala), bem como fazendo com que as classes menos favorecidas entrem nessa
disputa,   em troco de assistencialismos que jamais vão resolver o problema de justiça social. Nesse cenário a internacionalização da economia é fator de exponenciação dessa disputa por hegemonia.
Então esse Estado Nacional é Unitário ou Federativo?
É mais que unitário. É um arremedo de federação, o que é o pior dos mundos.
Pois que, nem vigem as leis federativas e nem o Estado Unitário provê as vantagens de ser únitário. Em última instância é disso que trata o problema do emprego das FFAA no Rio. Estado Unitário ou Federativo.
Barreiros



Bookmark and Share
Outas colaborações de GrupoGuararapes
Veja Mais
Perfil de GrupoGuararapes
Perfil do Usuário
Junte-se a nós!
Junte-se a nós!