Quadro Especial - Promoções | Blog do Missões | Portal Militar

Blog do Missões

Perfil do ogum
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Quadro Especial - Promoções

Publicado em 01 de Dez. de 2009

2355 Visualizações


Brasília, terça-feira, 24 de novembro de 2009 - Ano 8 N 2373
--------------------------------------------------------------------------------
Geral
PLENÁRIO - Paulo Pimenta pede aprovação de projeto que permite promoção de cabos e sargentos

A aprovação do Projeto de Lei 5159/09, que reorganiza o quadro especial de terceiros-sargentos do Exército e dispõe sobre a promoção de soldados estabilizados, foi defendida pelo deputado Paulo Pimenta (PT-RS), autor da proposta. Esse projeto faz justiça a uma categoria que representa cerca de 10% do efetivo do Exército brasileiro. O Quadro Especial do Exército é formado por homens que exercem, dentro dos quartéis, atividades de armeiros, mecânicos, soldadores, motoristas de caminhão e blindados e, muitas vezes, respondem por todas as áreas administrativas dos quartéis, disse.
Segundo o parlamentar, na legislação em vigor, existem limitações que impedem que os cabos estabilizados e os sargentos do quadro especial possam ir além da função de terceiro-sargento. De acordo com a proposta do parlamentar, esses militares poderão chegar a subtenente.
O projeto, ressaltou Paulo Pimenta, faz justiça a mais de 30 mil profissionais do Exército que hoje se veem impedidos de chegar às patentes superiores. Somente os cabos estabilizados, observou, já são mais de 3 mil, que possuem mais de 17 anos de caserna e ainda não foram promovidos a terceiro-sargento. É por isso que, entre outras questões, esse projeto de lei prevê que esses cabos estabilizados sejam imediatamente promovidos a terceiro-sargento, disse.
Interstício - Em seu projeto, Paulo Pimenta propõe ainda que o interstício para as promoções passe a ser de cinco anos. Dessa forma, o terceiro-sargento será promovido a segundo-sargento QE; o segundo-sargento QE, cumprido esse interstício, será promovido ao posto de primeiro-sargento QE; e assim sucessivamente até chegar ao posto de subtenente, que é quando complementa a sua carreira militar, disse.
O deputado argumentou não ser razoável que esses profissionais não tenham assegurada a oportunidade de participar de cursos de aperfeiçoamento compatíveis com a função que exercem e sequer tenham a oportunidade de ser transferidos.
Numa época em que temos tantas ações que procuram fazer justiça neste País, é hora de a sociedade reconhecer o papel desses soldados, desses cabos estabilizados, desses sargentos do quadro especial e dar-lhes a oportunidade para que possam avançar nas suas promoções, disse.
Paulo Pimenta informou ainda ter apresentado o Projeto de Lei 6414/09, que institui 23 de outubro como o Dia Nacional do Quadro Especial do Exército Brasileiro, para que haja uma data que marque o reconhecimento da sociedade à importância dessa classe.

2 comentários


ogum comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

01 de Dez. de 2009 às

ogum
Os Sgt do QE precisam do apoio dos Sgt de escola, pois, eles também podem ingressar na luta pela diminuição do interstício.
Os oficiais de alto-comando, Cmt OM estão querendo colocar um muro entre Sgt QE e de escola, isso não é bom para a nossa instituição, nossas FFAA.

Somos cobrados como Sgt, como graduados, independentemente de onde fomos formados.

Abraços a todos e continuemos na luta.


lutta comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

01 de Dez. de 2009 às

lutta
O que eu penso meu amigo que isso ja seria um grande avanço dentro do exercito e consequentemente para as outras duas forças que tem la seus quadros semelhantes aos nossos ..........e porque nao mudar a pratica de promoçao para os sgts de carreira voltando o intertícios menores ou seja o militar teria alem das remuneraços reajustadas os promoçoes que é obvio um salario maior.................sao mudanças simples que nao iriam onerar o erario e ajudaria a acalentar a situçao..........os proprios cmt,majores e of.de um modo geral poderiam levar suas propostas............a questao é que ninguem quer admtir que esta dificil a situaçao......onde fica essa luta isolada dando a imprensao que é so os menores que estao desesperados.................... mas eu tenho esperança na PEC 300 (CINCO MIL REAIS )para todos os soldados das policia militar do Brasil que vai despertar o pessoal............aguardem!!............a Lutta.

Este Blogueiro NÃO permite que VISITANTES comentem nesta postagem.
Junte-se a nós ou Entre para comentar!