A discriminação dos militares | Blog do leve | Portal Militar

Blog do leve

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

A discriminação dos militares

Publicado em 11 de Fev. de 2010

1238 Visualizações


Tenho lido por toda parte se falar de assuntos que não fazem o menor sentido quanto a discriminação.
A Constituição diz que "todos somos iguais perante a Lei", mas vemos que alguns são mais iguais. Políticos tem foro previlegiado (mesmo tendo roubado dinheiro publico na frente das cameras) , quem tem faculdade tem prisão especial (mesmo sendo um estrupador de pacientes) , mulheres são defendidas de seus agressores pela Lei Maria da penha (mesmo a mulher tendo agredido e acabado com a vida financeira do marido), idosos tem um Lei especial só para eles (mesmo o velhilho sendo saudavel e abusar de criançinhas) e crianças e adolescentes tem uma Lei que os protegem, (mesmo o adolecente tendo 17 anos, ser eleitor, ter 1,80m de altura e ser lutador de jiu-jtsu).

Para isso já temos um Codigo penal para adaptarmos a qualquer situação. Desnecessário fazer lei especidfica para cada caso.

No caso de Político, agravante por estar em situação previlegiada. Agravação de pena também para quem abusa de criançinhas, menores que cometem crimes violentos e são reincidentes. Agravantes para homens que espancam mulheres e crianças indefesas. Cadeia igual para todos.

Criaram também Leis que presenteia terroristas, assasinos, assaltantes de bancos porque naquele tempo tinha uns militares que protegiam o País da invasão Comunistas e queriam manter esse País democratico.

Vamos rasgar a constituição de 1988, esse lixo feito por aquela constituinte rancorosa e avida para distribuir direitos e proteger xyzwhijps. No que ela devia valer não vale.

Agora tem os negros que reivindicam beneses da Lei, cotas, terras de quilombolas etc. Os Indios fazem o que querem e bem entendem nesse País e nada pode ser feito, pois as Leis os protegem. Reivindicam direitos, terras, remédios, invadem, quebram tudo e fica por isso mesmo. A Lei os protegem. Os Sem terras são outra classe que abusam da sua condição de não ter terra para plantar. Se unem em bandos e atacam fazendas, queimando tudo, destruindo plantações e propriedades e as Leis os protegem, por por terem o PT como padrinho.

Agora vem os Gays, que se acham especiais por sentirem prazer por local adverso. Se acham acima da lei e dos regulamentos e clamam por benesses da Lei. Querem uma Lei especial que os protejam dos heteros. Culpam os heteros de homofobia se estes dizerem que eles tem que cumprir as leis e regulamentos. É perseguição!!.

Generais não podem mais usar o seu constitucional direito de expressar seu pensamento. General não é cidadão? Ou essa Costituição foi feita só para os que adoram o PT?

Tive o prazer de servir ao comando do Gen Santa Rosa. O que é um cargo diante de uma afirmação tão expressiva da verdade?

Quanto ao General Cerqueira, deveria manter sua palavra inicial.

O que manda nesse mundo é a competência e a educação. O comportamento digno e a eficiência em cumprir sua missão.

Esses dois Sargentos Gays foram gays até que resolveram fazer shows de boiolagem, vestidos de Cassia Eller (atividade extra caserna) faltaram ao serviço, chegaram atrasado e foram a São Paulo dizer que eram perseguidos.

Na contra mão de todos estão os militares que não clamam por direitos isolados, mas sim para que sejam tratados com igualdade. Somos discriminados por querermos ser iguais e não diferentes. Apesar de termos motivos de sobra para termos tratamento positivo diferenciado, pois temos uma profissão adversa, diferente que não nos dá direitos trabalhistas históricos para os demais, queremos somente ser tratados igualmente e não somos.

Queremos ser tratados como são aquelas carreiras similares que cuidam da segurança do País. No nosso caso Segurança Nacional. Queremos a unificação dos direitos dos Policiais Militares. Não gostamos de que uns são tratados diferentemente dos outros. Não melhor, mais igual. Queremos que a Policia Federal que investiga os desatinos de nossos corruptos politicos tenha a mesma importância que nós. Queremos que a PRF seja tão importante quanto nós e que a PMDF e as demais PMs sejam igualmente reconhecidas pelo seus serviços.

Somos discriminados por usarmos fardas, por fazermos parte de uma Instituição que no passado protegeu o País da Cubanização e de pessoas que queriam tomar o poder na Força, com o poder das armas usando a guerilha, assassinatos, bombas, assaltos a bancos como forma de enfraqueçer o governo e toma-lo pela desastabilização.



Rasguem a constituição














3 comentários


Moraes1960 comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

11 de Fev. de 2010 às

Moraes1960
Caro stebsm;


Somente seremos tratados com dignidade quando aprendermos a VOTAR.A urna é que vai dar a dignidade as Forças Armadas.Temos que votar centralizado.A dignidade está no voto.A moeda de troca é o VOTO.Nosso pessoal ainda não entendeu o recado.São quantro letras que faz a diferença VOTO...VOTO...VOTO...O voto centralizado apavora o GOVERNO e dá calafrio nos politicos.Toda a categoria sai vitoriosa.Abraços


namj comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

12 de Fev. de 2010 às

namj
Parabens, você usou nesse pequeno espaço que brilhantemente o site nos concede, para exercer sua cidadania, mais uma vez parabens por suas palavras....


Lauroheny comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

12 de Fev. de 2010 às

Lauroheny
Não gosto de longas postagens mas esta merece nota 10.

Este Blogueiro NÃO permite que VISITANTES comentem nesta postagem.
Junte-se a nós ou Entre para comentar!