A FALTA DE VERGONHA RE-RE-RE-REINSTALADA NO ESTADO | Blog da Alma do Soldado Envergonhado | Portal Militar

Blog da Alma do Soldado Envergonhado

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

A FALTA DE VERGONHA RE-RE-RE-REINSTALADA NO ESTADO

Publicado em 12 de Jun de 2010

668 Visualizações


A FALTA DE VERGONHA RE-RE-RE-REINSTALADA NO ESTADO BRASILEIRO,PELOS MAIS ALTOS SIGNATRARIOS DA REPUBLICA

Um SECRETARIO DO PAÍS,DELEGADO, de família conhecida POLICIAL ,filho de SENADOR, é pego em crime FRAGRANTE, SEM CONDIÇÃO de defesa real é etica,pois a POLICIA FEDERAL tem gravação das conversas e emails.

1-ELE NÃO TEM A MINÍMA VERGONHA DO ESCRACHE E QUER MANTER O CARGO.
2-O PAI NÃO TEM AUTORIDADE SOBRE O FILHO,DEIXA A LAMA NO NOME.
3-O CHEFE DELE NÃO TEM CORAGEM DE DEMITI-LO- deve ser por medo.
4-O PRESIDENTE DO PAÍS QUER UMA SAIDA NÃO TRÁUMATICA PARA O SECRETARIO.tambem deve ter medo,,de que será????
5-O SENADO POR ESTAR INFESTADO DE PARES ,NADA FALA
6-A CAMARA POR ESTAR INFETADA DE PARES NADA FALA,
7-AS 3 ARMAS AER,MAR E EXÉRCITO POR NÃO MAIS EXISTIREM nada podem fazer

SE FOSSE UM CIDADÃO MORTAL ESTARIA PRESO,MAS COMO ESTA NA ESFERA DOS IMORTAIS NADA ACONTECE,

QUEM SABE SERÁ AFASTADO DO CARGO COM DIREITO A APOSENTADORIA.

E O TRABALHO DA POLICIA FEDERAL, QUE USA NOSSO DINHEIRO PARA TRABALHAR NADA VALE, SÃO UNS INCAPAZES ESTA POLICIA FEDERAL SÓ DESCOBREM O QUE NÃO DEVERIAM, rsrsrsrsrsrsrsrsrsr

HÁÁ DE GAULE,,nunca pensei que um dia iria lhe dar razão,,,,VOCE DEVE ESTAR CONVERSANDO COM RUI BARBOSA e rindo muito, mas muito mesmo...............


TUMA JUNIOR RESISTE A PEDIR DEMISSÃO.

O delegado Romeu Tuma Júnior, licenciado da Polícia Civil de São Paulo, não deve retornar ao cargo de secretário nacional de Justiça quando terminarem suas férias, na segunda-feira. Desgastado com a denúncia de envolvimento com a máfia de contrabando de produtos eletrônicos comandada pelo chinês Li Kwok Kwen, conhecido como Paulo Li, preso em setembro pela Polícia Federal, Tuma Júnior teve seu destino selado ontem, em reunião de quase uma hora entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto.
PUBLICIDADE


Gravações telefônicas e e-mails interceptados pela Polícia Federal durante a Operação Wei Jin, desencadeada no ano passado, revelaram ligações estreitas entre Paulo Li e o secretário. As interceptações da Polícia Federal mostraram o Tuma Júnior encomendando produtos eletrônicos ao contrabandista e acertando com ele providências para legalização de imigrantes chineses que chegam ao Brasil irregularmente em grande quantidade todos os anos.
A forma do afastamento de Tuma Jr. do governo, porém, ainda está sendo negociada com o próprio secretário. Temperamental, ele resiste à ideia de pedir demissão, porque no seu entendimento seria uma confissão de culpa.
'Bombeiros' do governo passaram a tarde tentando convencer o secretário e evitar o constrangimento de ser demitido por ato administrativo. Lula autorizou Barreto a negociar uma saída não traumática com Tuma Júnior, fiel à sua praxe de não punir antecipadamente auxiliares enredados em inquéritos, sem condenação judicial. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Este Blogueiro NÃO permite que VISITANTES comentem nesta postagem.
Junte-se a nós ou Entre para comentar!