As viagens da Presidenta | Blog Petrocchi: militar pensador militar | Portal Militar

Blog Petrocchi: militar pensador militar

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Fato Relevante

As viagens da Presidenta

Publicado em 17 de Out. de 2011


1096 Visualizações


 


As viagens da Presidenta.

 

O começo do atual governo surpreendeu-me satisfatoriamente. A suprema mandatária mantinha-se na “terrinha” e parecia estar atenta às coisas que aconteciam no país. Esta diferença do seu antecessor representava-me que estava sinceramente preocupada com a “arrumação da casa”.

Neste segundo semestre, entretanto, a coisa mudou. Bastou conhecer a mordomia em função do discurso na ONU, quando ficou no centro das atenções mundiais, para que sentisse o gostinho da realidade que representa estar num outro país. Abaixo a comparação:

Dilma em 2011

Janeiro: Argentina

Março: Portugal

Abril: China

Maio: Uruguai

Junho: Paraguai

Julho: Peru

Setembro: Estados Unidos

Outubro: Bélgica, Bulgária, Turquia, África do Sul, Moçambique e Angola

Novembro: França (viagem prevista)

Dezembro: Venezuela e Uruguai (viagens previstas)



Lula em 2003

Janeiro: Equador, Suíça, Alemanha e França

Maio: Peru e Argentina

Junho: França, Suíça, Paraguai, Estados Unidos e Colômbia

Julho: Portugal, Inglaterra e Espanha

Agosto: Paraguai, Peru e Venezuela

Setembro: Colômbia, Estados Unidos, México e Cuba

Outubro: Argentina e Espanha

Novembro: São Tomé e Príncipe, Angola, Moçambique, Namíbia, África do Sul e Bolívia

Dezembro: Síria, Líbano, Emirados Árabes Unidos, Egito, Líbia e Uruguai

 

Desta maneira é lógico que não dá para ficar sabendo dos acontecimentos (como os atuais) que depõem contra altos escalões do governo. E crises, estranhamente, aparecem nessas ocasiões. Com quatro ministros demitidos em 10 meses de governo (todos por corrupção, à exceção de Jobim - foi-se porque criticou outros ministros), a coisa mostra que o primeiro escalão do governo merece ser mais “vigiado”.

O aumento das viagens nesse segundo semestre indica que devemos estar atentos. Vem mais sujeira por aí. Orlando Silva já está na marca do pênalti.

Vamos ver no que dá???

2 comentários


SGTVALEEB comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

17 de Out. de 2011 às 22:39

SGTVALEEB
Vamos lembrar, resumidamente, com alguns dados retirados de um oportuno artigo de Rodrigo Constantino como foram exercidos, durante o desgoverno anterior, alguns dos papéis desempenhados pela atual presidente enquanto esteve na Casa Civil do seu padrinho político:

- foi uma ministra poderosa durante o escândalo do mensalão que, provavelmente, não via nem ouvia nada, apesar das canalhices acontecerem em gabinetes vizinhos, ou no seu próprio, durante sua gestão na Casa Civil;

- alçou, mais tarde, ao elevado posto de ministra-chefe da Casa Civil sua aliada próxima, Erenice Guerra que caiu envolta em escândalos de corrupção e nepotismo e, mesmo assim, teve o prestígio de comparecer à posse da presidente como convidada especial da própria, demonstrando que o jogo do poder presidencial não tem fronteiras morais;

- foi cúmplice de Lula, que foi cúmplice de Delúbio soares e José Dirceu, tudo vinho apodrecido da mesma pipa e

- até hoje não deu explicações sobre o destino dos US$ 2,6 milhões roubados do cofre de Adhemar de Barros pelo grupo guerrilheiro VAR-Palmares do qual fazia parte.

BRASIL... MOSTRA TUA CARA!!!


ira1156 comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

18 de Out. de 2011 às 11:53

ira1156
O Presidente da República mais ranzinza na era militar foi João Figueiredo; a esquerda o detestava. Sabe quantas vezes viajou ao exterior no primeiro ano de mandato? UMA ÚNICA VEZ!, e ainda assim aqui pertinho, Venezuela. Haaa, e no final do primeiro ano de mandato, novembro de 1979. Preciso falar mais?

Este Blogueiro NÃO permite que VISITANTES comentem nesta postagem.
Junte-se a nós ou Entre para comentar!