DEFENDA SEU SALARIO ÚLTIMA CHAMADA PARA REUNIÃO | Blog Marmosilva-Rio | Portal Militar

Blog Marmosilva-Rio

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Salrio dos Militares

DEFENDA SEU SALARIO ÚLTIMA CHAMADA PARA REUNIÃO

Publicado em 08 de Fev. de 2012


1406 Visualizações


PREZADOS, AMIGOS E PARES DAS CASERNAS.

 


BOA NOITE!




 




  • APÓS UM DIA EXAUSTIVO DE TRABALHO, VENHO ENCARECIDAMENTE SOLICITAR AOS BLOGUEIROS MILITARES OU DA FAMILIAR DE MILITARES QUE PORVENTURA ESTEJAM DISPOSTOS E COMPROMETIDOS COM A CAUSA SALARIAL E SOCIAL DOS MEMBROS DAS FORÇAS ARMADAS, E QUEIRAM ESTAR PRESENTES NESSA REUNIÃO, QUE DEVERÁ ACONTECER NA SEXTA-=FEIRA, A PARTIR DAS 18:00h, NUM LOCAL A SER DEFINIDO POR MEIO DE MENSAGEM PRIVADA E TROCA DE CONTATOS PARA OS QUE ME ENVIAREM SEUS CONTATOS PESSOAIS, PARA ENTÃO DEFINIRMOS O LOCAL, PORQUE , JÁ DEFINIMOS O DIA E O HORÁRIO, SÓ FALTA O LOCAL.

     

  • AMANHÃ, DEDICAREI O MEU DIA  PARA O FECHAMENTO DOS CONTATOS E ADMINISTRAR  OS PREPARATIVOS PARA PAUTA EM FAVOR DOS QUE IRÃO NESSA IMPORTANTE REUNIÃO, A PRIMEIRA DE MUITAS, QUERO SALIENTAR QUE ESSE CUIDADO É PARA SALVAGUARDAR A IMAGEM E A CARREIRA DOS MILITARES DA ATIVA QUE PORVENTURA DESEJAREM ESTAR PRESENTE. ESTAREI AGUARDANDO OS CONTATOS DE CADA BLOGUEIROS, PARA RECEBER OS SEUS CONTATOS E AGENDARMOS O LOCAL NO CENTRO DO RIO DE JANEIRO, A FIM DE NOS REUNIRMOS INFORMALMENTE, E PARTIRMOS DIRETO PARA AS AÇÕES A SEREM TOMADAS.

     

  • PODE PARECER INCRÍVEL OU UTOPIA, MAS EU JÁ DEVERIA TER RECEBIDO DEZENAS DE MENSAGENS PRIVADAS DE CONTATOS PARA CONFIRMAÇÃO DA PRESENÇA NA REUNIÃO, SE ESSE MOVIMENTO FOSSE DE MILITARES DA POLÍCIA MILITAR. SEM MAIS, AINDA ACREDITO EM CADA UM DE VOCÊS E ESPERO MESMO DURANTE TODO O DIA DE AMANHÃ FECHAR OS CONTATOS , PARA REUNIR UM GRUPO CONSIDERÁVEL E FAZER ACONTECER A NOSSA PRIMEIRA REUNIÃO NO DIA 10 DE FEV DE 2012, SEXTA-FEIRA PRÓXIMA.  SEM MAIS, UM FORTE ABRAÇO A TODOS E ESPERO CONTAR COM HOMENS DE HONRA E COMPROMISSADOS COM A NOSSA LUTA DE CLASSE.

     




 


CRER E SER MILITAR É TAMBÉM SABER PENSAR E PROTESTAR




 


JUNTOS SOMOS FORTES E FORTES SEREMOS MAIS DO QUE VENCEDORES




 


AMOR, ORDEM E PROGRESSO. É A VONTADE DE ALGUNS, COM O TRABALHO DE POUCOS, PARA O BEM COMUM DA NAÇÃO




 


Att. MARMOSILVA-RIO




 






  •  

4 comentários


Maxrj comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

09 de Fev. de 2012 às 0:33

Maxrj
Bom dia meu caro amigo! Eu estarei presente, qualquer dúvidas eu te faço uma ligação, um forte abraço!

 

 
MARMOSILVA-RIO comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

09 de Fev. de 2012 às 0:39

MARMOSILVA-RIO
Prezado, amigo, Maxrj.

Boa Noite!

Estarei atento ao seu contato,pode me ligar a hora que assim desejar. Sem mais, um forte abrao e agradeo a sua ateno e contato, para juntos construrmos uma nova Foras Armadas, para uma nova Nao, melhor, mais segura e mais justa. Porque, Juntos somos fortes e fortes seremos mais do que vencedores, tenho dito isso aqui em todas as minhas inseres e inferncias.

Att. MARMOSILVA-RIO


Gant comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

09 de Fev. de 2012 às 0:45

Gant
Estaremos lá, aguardo somente contacto pessoal com o local. Data e Horário já sabemos.

 

 
MARMOSILVA-RIO comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

09 de Fev. de 2012 às 12:11

MARMOSILVA-RIO
Prezado, Gant.

Bom Dia!

Estarei aguardando os demais contatos, para fecharmos o encontro e reunio. Sem mais, fico no aguardo do momento exato da reunio.

Att. MARMOSILVA-RIO


Pedro Silva

09 de Fev. de 2012 às 11:02

Pedro Silva


08/02/2012 - 16:02

Esquizofrenia geral


A esquizofrenia caracteriza-se por um severo transtorno do funcionamento cerebral. Adaptando este conceito a um sistema, seja ele qual for, podemos então classificar como esquizofrênico qualquer comportamento de grave atipicidade, incapaz de ser compreendido racionalmente, causador de atitudes inexplicáveis, a luz da razão.

No âmbito internacional, verificamos tal ocorrência nos recentes acontecimentos relativos às Ilhas Malvinas. Antes de tudo, reforçamos nossa opinião no sentido de reconhecer sua legítima propriedade por parte da Argentina, como já exposto em vários artigos e entrevistas de nossa lavra.

Contudo, causa-nos espécie a estratégia usada pela atual presidente argentina com o objetivo de concretização da justa aspiração. Isto porque ela tem feito pronunciamentos contundentes neste sentido, sabedora de que a Inglaterra não possui mais condições de envio de uma esquadra capaz de recuperar sua posse, conforme ocorrido em 1982, devido à gravidade da crise européia.

Porém, ela parece acreditar no sucesso via negociações bilaterais, o que já foi rechaçado com contundência pelos ingleses. Ora, caso as sucessivas administrações argentinas, nos últimos 20 anos, em especial a da família Kirchner, tivesse investido adequadamente na modernização de suas Forças Armadas, na manutenção de um mínimo capaz de elevar seu poder de fogo operacional, na evolução dos seus recursos humanos, principalmente no moral dos seus soldados, prestigiando-os, ao invés de procurar, diuturnamente, minimizar sua relevância, adotando políticas revanchistas, levando-os à humilhação pública, a presidente teria melhores condições de consecução de seus anseios.

O efeito dissuasório de Forças Armadas poderosas, bem preparadas, dotadas de capacidade bélica convencional, dominando tecnologias de ponta nas áreas nuclear e de veículos lançadores de satélites (VLS) permitiria um peso muito maior na mesa de negociações. Infelizmente, isto não existe.

E preocupa-nos o chamado "Efeito Orloff", ou seja, "a Argentina é o Brasil de amanhã". Nas várias expressões do Poder Nacional, desde a econômica até a militar, tal tem ocorrido nos últimos tempos, apesar da diversidade cultural e de contextos diferentes. A deliberada política de fragilização de nossas Forças Armadas, em especial ao longo dos últimos 17 anos, atingiu um perigoso ponto de não retorno. Não existe dúvida de que foi planejada cuidadosamente e está sendo implementada passo a passo, meticulosamente, por ordens do exterior.

De início, a criação do Ministério da Defesa, por imposição externa, com a progressiva expulsão dos chefes militares do centro nacional de decisões. A seguir, as inaceitáveis nomeações de ministros sem a mínima qualificação, de diversos tipos, para o cargo. A asfixia orçamentária, originando o perigoso sucateamento de nossas Forças Armadas. Os ridículos proventos pagos aos profissionais da área, principalmente em comparação com as demais carreiras de Estado, ocasionando elevado nível de evasão e de desinteresse pela carreira.

A persistente campanha de ataque às Forças Armadas, a pretexto de fatos passados e já resolvidos, com a atual administração, como as anteriores, entrando na armadilha arquitetada pelos "donos do mundo", para diminuir nossa coesão social, a fim de facilitar-lhes o domínio de nossas riquezas.

O brutal desvirtuamento de sua função constitucional, levando nossos soldados a cumprir missões incompatíveis com sua destinação constitucional. Como exemplos flagrantes a ocupação de "comunidades" no Rio de Janeiro, que deveriam ser breves e acabam perpetuando-se, e sua convocação frequente para exercício das funções de "polícia", ao arrepio da Constituição. Exército não é polícia! Afinal, para que criaram a pomposa "Força Nacional de Segurança"?

Ontem, o Ceará. Hoje, o motim da Bahia. E o pior. um dos líderes da atual rebelião afirma que em 2001 a greve teria sido apoiada e financiada por membros petistas, inclusive pelo atual governador, que chamou o Exército. Amanhã, o Rio de Janeiro?

As Forças Armadas somente podem intervir, em caráter excepcional, com a decretação do Estado de Defesa ou Intervenção no Estado. Quando houver conflito com mortes, o que acontecerá? Quem é o responsável?

A solução principia em pressionar o Executivo e o Congresso para lutar pelo soerguimento das Forças Armadas. Em investir pesadamente no soerguimento da indústria bélica do Brasil. A Engesa, a Imbel e outras semelhantes deverão ser recuperadas. A Embraer, mantida sob controle nacional e estimulada. Somente assim teremos um razoável nível de independência tecnológica na área militar.

A FAB conseguiu, em convênio com a Itália, fabricar o respeitado caça AMX, de características táticas. Existia um projeto de fabricação de um supersônico em pareceria com a Argentina. Por que não retornar? A Marinha precisa de submarinos movidos a propulsão nuclear. O Exército necessita contar com lançadores de mísseis. É vital investir na tecnologia nuclear e em VLS, para que possamos dominar o processo ao alcance de vários países do mundo.

Vamos dotar nossas Forças Armadas de meios que lhes possibilitem defender efetivamente o Brasil, bem como cumprir suas funções constitucionais. Nenhum país sobrevive sem poder militar. Quem vai proteger nossas riquezas? A Otan ou a Unasul?



Marcos Coimbra

Membro do Conselho Diretor do Cebres, titular da Academia Brasileira de Defesa e da Academia Nacional de Economia e autor do livro Brasil Soberano.

mcoimbra@antares.com.br

http://www.brasilsoberano.com.br


luiz roberto

09 de Fev. de 2012 às 0:30

luiz roberto
Pode ter certeza que em se tratando de Militar das FFAA, alguém vai roer a corda. Militar não tem corporativismo, não interage entre si para conquistas, mesmo sabendo que vai se beneficiar daquilo que os outros conquistaram para o grupo. Com certeza o seu colega de farda vai estar com gás de pimenta e xyzwhijpte para tentar extinguir o manifesto.

 

 
MARMOSILVA-RIO comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

09 de Fev. de 2012 às 21:09

MARMOSILVA-RIO
Prezado, Annimo.

Boa Noite!

Considerando suas palavras e opinies, creio que podemos ter pelo menos o direito de tentar, no se pode condenar algo antes de sua aplicao. Tentar j uma grande vitria o que eu e alguns blogueiros estamos fazendo, o xito no depende somente de mim ou da sua opinio, mas da nossa ao e unio. Sem mais, um forte abrao e na Sexta-Feira a noite lhe informo sobre o que for definido e acertado para a ao.

Att. MARMOSILVA-RIO


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )