QUESTÃO SALARIAL NÃO É ASSUNTO PARA 64, E SIM PARA 2012 | Blog Marmosilva-Rio | Portal Militar

Blog Marmosilva-Rio

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Salrio dos Militares

QUESTÃO SALARIAL NÃO É ASSUNTO PARA 64, E SIM PARA 2012

Publicado em 13 de Mar de 2012


1004 Visualizações


 


Prezados, amigos e pares das casernas.




 


Boa Noite!




 




  • Estou aqui dentro do portal militar por cerca de 4 anos afirmando e buscando defender as mesmas causas e compartilhando com todos os meus pares o meu pensamento e formando minhas opiniões, pois isso é inerente ao ser humano racional e consciente de seu papel diante da sociedade a qual ele faz parte. Sobretudo. Quero fazer um manifesto de repúdio ao permitirmos que se usem o portal militar, como lobby para uma batalha judicial, social e histórica da qual nem éramos nascido, e ainda faço um adendo, afirmando que jamais defenderei uma causa, sendo ela oculta a toda a minha geração enquanto passamos pela caserna, nunca e jamais nos foi ensinado ou historicamente relatado esses fatos quando na ativa. Estamos em 2012, e possuímos toda uma fração de um milênio dentro de um século, sem qualquer reajuste salarial, ou seja, 12 anos sendo e tendo os nossos salários aviltados, nossa classe humilhada e perseguida por algo que sequer existíamos. Não é lícito lutar por algo que não possui fatos elucidados e transparente ao arrepio e império das Leis.

     

  • Portanto, não venho aqui tomar partido ou invalidar a defesa dos generais membros do clube militar, mas não posso concordar com lobbys que não merece o meu apoio direto, lutamos por algo contemporâneo, atual, fatos concretos e inerentes a minha geração, manobras ancoradas em um passado obscuro, que nem mesmo os que defendem conseguem formar um juízo de valor ou obter um ato jurídico perfeito, haja vista, que cada um defende seus interesses pessoais, mas nessa queda de braços histórico e jurídica. Pergunto, quem defende a nossa classe, qual a voz que ecoa dentro dos clubes militares, associações e congresso nacional, para separar o joio do trigo, em defesa das praças e suas famílias e conceder a real e atual Forças Armadas, o seu digno valor, aparelhamento atualizado, profissionais das armas devidamente qualificados para atuarem com tecnologia de ponta, pois a guerra moderna é totalmente digital e tecnológica, enfim, o que esperar destes que já estão encerrando as suas carreiras sem o mérito de 12 anos reconhecidos pelo governo e país que juraram defender com o sacrifício da própria vida. Aos que chegam, meus sinceros apontamentos para que Deus possam abençoá-los e salvá-los desta geração perversa, corremos o risco de ter que implorar para futuras gerações defenderem seu país.

     

  • A propaganda de lesa a pátria, de distorção da verdade e da realidade concernente as Forças Armadas, chegou ao limite do inaceitável e do rídiculo, estamos a beira de um caos institucional, e sito os militares da ativa, pois os da inatividade ainda podem se humilhar e até servir de garçon ou ser qualquer outra coisa, para defender um complemento de renda, não que eu esteja depreciando o trabalho honesto, mas para quem deu 30 anos da sua vida em dedicação sacerdotal a nação, isso nada mais é do que uma humilhação, falta de consideração e valor a dignidade humana. Nos tornamos um exército que mata os seus próprios feridos. Sem mais, façam todos um exame de consciência, a nossa causa é defender uma qualidade de vida melhor para vivermos com dignidade em sociedade, o passado não nos permitiu sequer pensar e formar opiniões como essa, mas o mundo mudou, as gerações mudaram, o século mudou, as legislações mudaram, a sociedade muda a cada necessidade básica aviltada e ameaçada, portanto, vejo que nesse país, a única instituição que ainda continua a mesma são as Forças Armadas brasileira. Sobretudo, o título de ainda ser a instituição que o povo mais confia, não enche barriga, não satisfaz a nossa necessidade básica e tão pouco outorga a cada um de nós o devido valor, não queremos ser reconhecido somente quando há uma catastrofe, guerrilha urbana ou evento internacional, na verdade queremos ser reconhecidos e valorizados ao longo de 30 anos de serviços dedicados ao país que por ele juramos morrer, caso a soberania desta nação seja ameaçada, e isso já começa a acontecer no extremo Norte deste país, com ONGs, como a da Irlanda do Norte, comprando por 120 milhões de dólares, das mãos indígenas, terras favorecidas e protegidas pela FUNAI e Governo Federal que chegam a cobrir quatro estados de São Paulo. Nossa Nação esta sendo rifada por migalhas, não é somente os cofres públicos que estão sendo saqueados, mas a nossa soberania nacional. Com a palavra o Gen. Heleno. Sem mais, um forte abraço a todos.

     


A Janela de Overton

 


Um artigo ‘imperdível’ do Jornalista Reinaldo Azevedo em que ele aborda como os ‘formadores’ de opinião manipulam informações para transformar ‘verdades em mentiras e mentiras em verdades’.




 


Uma leitura ‘imperdível’, repito, para quem quer ter uma ideia de como somos ‘manipulados’ por tais formadores de opinião.




OBRIGADO MEU PREZADO AMIGO. AUTOINDUSTRIAL, FOSTES BRILHANTE NESTE GARIMPO DE CONHECIMENTOS PARA ENRIQUECER NOSSOS BAÚS INTELECTUAIS.





CRER E SER MILITAR É TAMBÉM SABER PENSAR E PROTESTAR




A NOSSA FORÇA VEM DO VOTO, VALORIZE O SEU VOTO. MILITAR DEVE VOTAR EM MILITAR


A QUESTÃO SALARIAL NÃO É ASSUNTO PARA 1964, E SIM PARA 2012


 




 

1 comentários


Paulo Cesar

14 de Mar de 2012 às 12:33

Paulo Cesar
GRANDE AMIGO, MUITO BEM COLOCADO! O REAJUSTE SALARIAL DA TROPA URGE! SOMOS TODOS "PAIS DE FAMÍLIA", HONRADOS COMBATEMOS O BOM COMBATE, NUNCA TORTURAMOS NINGUEM, AGORA QUEREM MISTURAR MANIFESTO, COMISSÃO DA VERDADE, GENERAIS INVÁLIDOS E CEL USTRA E OUTROS TORTURADORES ( ASSUNTO DE 1964), COM A CAUSA SALARIAL DAS FFAA. DEIXEM QUE OS MORTOS ENTERREM SEUS MORTOS. PRECISAMOS DE SALÁRIOS DIGNOS. PARABÉNS PELA COLOCAÇÃO. ABRAÇOS (PC mil inat)


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )