CPI começa com plano para blindar Planalto | Blog do Platus | Portal Militar

Blog do Platus

Perfil do Platus
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Fato Relevante

CPI começa com plano para blindar Planalto

Publicado em 25 de Abr de 2012


1524 Visualizações


 


CPI começa com plano para blindar Planalto

 

Com ampla maioria governista, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Cachoeira começa a funcionar hoje pronta para blindar o governo. Mal foi indicado como relator da CPI, o deputado Odair Cunha (PT-MG) deixou claro, ontem, o limite das investigações: elas não podem atingir o Planalto ou integrantes do governo. Dos 32 titulares da CPI, só 7 serão de partidos de oposição.

'Temos que ter clareza de que estamos investigando Carlinhos Cachoeira e suas relações. Não é uma investigação que necessariamente vá para cima do Planalto ou qualquer membro do governo. Queremos investigar o fato determinado que originou a CPI', disse Cunha, ao negar 'conflito de interesse' com o fato de ser vice-líder do governo e relator da comissão. 'Não sou nem mais nem menos governista do que qualquer deputado do PT.'

Num primeiro momento, a base aliada na CPI deverá poupar dois assessores do Planalto que tiveram seus nomes ligados a Cachoeira. O ex-diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) Luiz Antonio Pagot acusou assessores do Planalto de atuarem para derrubá-lo, deixando vazar informações de interesse da organização de Cachoeira. A convocação de Pagot é vista como inevitável, até por governistas.

Em entrevista ao Estado, o ex-diretor do Dnit disse que o subchefe de Assuntos Federativos da Secretaria de Relações Institucionais, Olavo Noleto, e o porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann, repassaram dados de reunião sigilosa da presidente Dilma Rousseff com a cúpula dos Transportes, em 5 de junho de 2011. Pagot alegou que, como diretor do Dnit, afetou interesses da Delta Construções, o que teria motivado retaliação do grupo de Cachoeira.

Antes de aprovar qualquer requerimento, incluindo a convocação de Cachoeira, Odair Cunha afirmou que pretende analisar os documentos das operações Vegas e Monte Carlo, da Polícia Federal. 'Queremos produzir uma investigação séria e serena que identifique o poder paralelo que se instalou a partir de Cachoeira.'

Vazamento. O presidente da CPI, senador Vital do Rego (PMDB-PB), mostrou-se mais preocupado com os vazamentos de documentos das operações do que com as investigações da CPI. E antecipou que não vai atender ao pedido da oposição para criar sub-relatorias . 'As sub-relatorias podem facilitar o vazamento', argumentou.

A divulgação ontem dos nomes que integrarão a comissão parlamentar mista evidenciou a estratégia do PMDB de tentar mostrar que a CPI é do PT. Enquanto os petistas lançaram mão de suas estrelas e ex-líderes partidários, o PMDB indicou parlamentares pouco expressivos.

http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/4335

1 comentários


Ando67 comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

25 de Abr de 2012 às 10:40

Ando67
Estava mais que na cara que o objetivo dessa CPI e atingir os lideres da oposição, com a finalidade única de encobrir os casos de corrupção desse desgoverno, pois nem pensar em chegar nos PTralhas e seus aliados, ou seja, NÃO VAI ACABAR EM PIZZA, SOMENTE EXTINGUIR ALGUMAS DO RODIZIO, MAS DEPOIS A FARRA COM O DINHEIRO PÚBLICO VAI SER LIBERADA NOVAMENTE E HAJA PIZZA A ESSES ESFOMEADOS !!!



DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )
Últimos Posts Anterior<< Denunciar