Dilma é protagonista do episódio mais vergonhoso da política | Blog SGT Claudio RNR | Portal Militar

Blog SGT Claudio RNR

Perfil do claudio47
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Brasil

Dilma é protagonista do episódio mais vergonhoso da política

Publicado em 07 de Jul de 2012


1907 Visualizações


Dilma é protagonista do episódio mais vergonhoso da política externa brasileira em quase 10 anos de governo petista: incitamento a um golpe militar! Ou: Venezuela de Chávez no Mercosul traz o narcotráfico para o bloco

05/07/2012


 


Na política externa, Dilma Rousseff chegou a emitir alguns sinais benignos na relação com o Irã. Chegou-se a imaginar que o país pudesse ter se reconciliado com a racionalidade e com os fundamentos universais da democracia. Que nada! Oito anos do megalonaniquismo de Celso Amorim no Itamaraty não levaram o país a um papel tão vergonhoso quanto o desempenhado na crise paraguaia.

 

Sim, senhores! Dona Dilma Rousseff, aquela que deu posse à Comissão da Verdade, aquela que não perde a chance de exaltar seus “camaradas” de luta — todos eles, como ela própria, empenhados então em instalar no Brasil uma ditadura comunista, aquela que tentou punir militares da reserva porque expressaram um descontentamento (e o fizeram dentro da lei), esta mesma Dilma Rousseff pôs as suas digitais no que foi nada mais, nada menos do que o incitamento a um golpe militar no Paraguai. A safra de esquerdistas latino-americanos no poder não descarta, então, apelar às forças uniformizadas, não é? Desde que os tanques estejam a favor da “boa causa”: a deles!

 

As revelações feitas agora pela cúpula do governo uruguaio não deixam a menor dúvida: Dilma não foi apenas uma das articuladoras da suspensão do Paraguai do Mercosul. Ela também foi a principal artífice do golpe — este na esfera diplomática — que aprovou o ingresso da Venezuela no grupo. A presidente brasileira atuou para acolher um governo que, dias antes, havia se reunido com a cúpula militar paraguaia para incitar uma quartelada.

 

Se os generais do Paraguai tivessem feito o que lhes recomendou Chávez, a Constituição do país teria sido rasgada. Fernando Lugo teria sido mantido no poder pelos tanques, e a nossa presidenta certamente estaria chamando a solução, agora, de “democrática”. VEJA Online havia revelado em primeira mão a tentativa de quartelada chavista. Os filmes que vieram a público não deixam a menor dúvida.

 

O Apedeuta e seu Megalonanico tentaram desestabilizar Honduras também. Naquele caso, no entanto, tentou-se criar um levante popular em favor de Manuel Zelaya. Ocorre que o povo hondurenho não queria o malucão de volta, como o paraguaio não quer o retorno do bispo “pegador”. Desta feita, a coisa chega a ser mais asquerosa porque se tentou uma solução que já foi, digamos assim, um clássico na América Latina: a quartelada!

 

Narcotráfico

 A cúpula do governo de Hugo Chávez está infiltrada pelo narcotráfico, e muitos de seus generais são parceiros da Farc. Não se esqueçam de que armamento pesado das forças venezuelanas já foram encontrados com os narcoguerrilheiros. No dia 5 de maio, José Casado informava no Globo:

 

Desde a última quarta-feira, o nome do venezuelano Eladio Ramón Aponte Aponte reluz na lista “vermelha” da Interpol, a pedido do governo de seu país.

 (…)

 A vida de Aponte, de 63 anos, mudou seis semanas atrás. Era um homem da lei. Virou foragido da Justiça. Era um dos pilares do governo Hugo Chávez. Tornou-se o “inimigo número um” caçado pelos chavistas. Era presidente do Tribunal Superior de Justiça - a Suprema Corte venezuelana. Agora é um delator da DEA, a agência antidrogas dos Estados Unidos.

 

Ele confessou cumplicidade com uma rede sul-americana de narcotráfico. E admitiu ter manipulado processos judiciais para favorecer traficantes cujos negócios — contou — eram partilhados com alguns dos mais graduados funcionários civis e militares do governo Chávez.

 

Citou especificamente: o ministro da Defesa, general de brigada Henry de Jesús Rangel Silva; o presidente da Assembleia Nacional, deputado Diosdado Cabello; o vice-ministro de Segurança Interna e diretor do Escritório Nacional Antidrogas, Néstor Luis Reverol; o comandante da IVa Divisão Blindada do Exército, Clíver Alcalá; e o ex-diretor da seção de Inteligência Militar, Hugo Carvajal.

 

O juiz Aponte Aponte conheceu a desgraça em março, quando seu nome foi descoberto na folha de pagamentos de um narcotraficante civil, Walid Makled. Convocado para uma audiência na Assembleia Nacional, desconfiou. Na tarde de 2 de abril, ajeitou papéis em uma caixa, deixou o tribunal e entrou em um táxi. Rodou 500 quilômetros até um aeroporto do interior, alugou um avião e aterrissou na Costa Rica. Ali, pediu para entrar no sistema de proteção que a agência antidrogas dos EUA oferece aos delatores considerados importantes.

 

Três semanas atrás, o juiz-delator reapareceu em uma entrevista ao canal Soi TV, da Costa Rica, contando em detalhes como é feita a manipulação de processos judiciais para livrar da prisão traficantes vinculados a personalidades do governo.

 

Deu como exemplo um caso no qual está envolvido um ex-adido militar venezuelano no Brasil, o tenente-coronel Pedro José Maggino Belicchi. Segundo o juiz-delator, Maggino Belicchi integra a rede militar que há anos utiliza quartéis da IVª Divisão Blindada do Exército da Venezuela como bases logísticas para transporte de pasta-base e de cocaína exportadas por facções da Farc, a narcoguerrilha colombiana. O tenente-coronel foi preso em flagrante no dia 16 de novembro de 2005, com outros militares, transportando 2,2 toneladas de cocaína em um caminhão do Exército (placa EJ-746).

 

Na presidência da Suprema Corte, Aponte Aponte diz ter recebido e atendido aos apelos da Presidência da República, do Ministério da Defesa e do organismo venezuelano de repressão a drogas para liberar Magino Belicchi e os demais militares envolvidos. Faz parte da rotina judicial venezuelana, ele contou na entrevista à televisão da Costa Rica.

 

O general Henry de Jesus Rangel Silva, citado pelo juiz-delator, comandou a Quarta Divisão Blindada, uma das unidades mais importantes do Exército venezuelano. Desde 2008, ele figura na lista oficial de narcotraficantes vinculados às Farc colombianas e cujos bens e contas bancárias estão interditados pelo governo dos Estados Unidos. Em janeiro, o presidente Hugo Chávez decidiu condecorá-lo em público e promovê-lo ao cargo de ministro da Defesa. “Rangel Silva é atacado”, justificou Chávez em discurso.

 (…)

 

Encerro

É essa gente que Dilma Rousseff e Cristina Kirchner estão levando para o Mercosul.

Por Reinaldo Azevedo

 

5 comentários


antonio

07 de Jul de 2012 às 12:51

antonio
esse claudio47 fica o dia inteiro no site..... meu deusssss

 

 
claudio47 comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

07 de Jul de 2012 às 15:22

claudio47
Caro colega,

Eu fao parte de um dos Movimentos Sociais neste Pas que contra a Corrupo, e recebo vrios E-mails, quando eu acho que relevante para o Brasil e ao Povo brasileiro, eu publico pior era se eu fosse um petista que passa o dia inteiro tentando esconder os escndalos do mensalo e corrupo, no esquea que no dia que o PT deixar o Poder e se entrar um presidente de vergonha, vai cobrar dos petistas todas as mazelas que esto fazendo com a nossa nao, eu fui um que vi vrias pessoas que foram exilados voltarem para o Brasil, como eu sei que o LULA era contra este retorno do exilados polticos, participei das diretas j, mesmo na ativa mas participando de forma indireta, mas o Presidente Figueiredo, assumiu um grande risco na passagem do governo militar para as mos do civis, porque os militares estavam divididos, inclusive teve como mentor de dar o Golpe de Estado era o Ministro da Aeronutica Delio, participei de forma indireta de vrias campanhas polticas e tambm fui eleitor de carteirinha do PT, mas quando o LULA assumiu o Poder ele esqueceu do que ser um Pas democrata, e eu tenho meus motivos para hoje esta aqui passando informaes que poucos tiveram a oportunidade de assistir as modificaes da polticas brasileira, tambm fui filiado ao P C do B, pois ento meu colega eu que vi toda esta transformao e estou vendo este desmando, roubalheira, corrupo generalizada, como cidado brasileiro eu tenho direito de passar estas informaes, eu no tenho pretenso de fazer alguma coisa para ser poltico embora eu seja filiado a um partido poltico, tenho muitos colegas polticos inclusive apoiando o petismo e s quero que eles cumpram o seu dever no mandato e representar o nosso povo com competncia e dignidade, estou simplesmente fazer a minha parte para a melhoria do povo brasileiro e tambm, que os militares da ativa ou da reserva saibam como esta a situao do nosso pas, s para voc ter uma idia se voc for militar eles j esto planejando no LDO 2013 dar um reajuste baseado nos trs ltimos anos para todos os funcionrios pblicos. Como ficam os militares que est h mais de trs anos sem reajuste?

 

 
Tzlavrog

07 de Jul de 2012 às 16:58

Tzlavrog
Boa tarde,

Desde a descoberta de documentos do envolvimento da Venezuela com as FARC pela Colombia, era de se esperar essa conduta por parte de Militares do alto escalo. A cocaina rentvel, leva consigo um grande lucro, principalmente, quando no se tem quem busque a priso dos traficantes.

O Legislativo do Paraguai agiu com rapidez, e cassou aquele pedfilo. O povo do Paraguai pouco se importou com a saida d'ele, assim como no Brasil, os movimentos dos 'Campezinos' destruiam as grandes lavouras de soja pertencentes aos brasiguaios, um dos principais produtos de exportao-, talvez o nico produto rentvel no mercado externo, parece que h boas lavouras de milho, esta anda com uma tima cotao no mercado externo. Todas cultivadas por brasileiros.

A dita democracia que alardiada pelos PTralhas, apenas 'pano de fundo' para esconder um 'feudalismo poltico-partidrio', nos moldes da antiga ex-URSS, Cuba, Coria do Norte e outros. Quando os seus interesses so contrariados, eles vomitam palavras estranhas que divergem de suas condutas pseudo-democrticas, tentam isolar o Paraguai politicamente para impor ao seu povo a escravido poltica, que se mostrou dbil n'aquele Pas.

No houve uma grande manifestao por parte da populao para o retorno do 'pedfilo', apenas de seus asseclas e caudatrios de um pensamento que visa a sumisso das instituies estabelecidas no regime democrtico de um Pas.

O Legislativo junto com as outras instituies deram uma grande lio aos demais pases da regio do Mercosul, possvel varrer os 'escroques' sem vilipendiar o estado democrtico vigente.

Pelo menos aos brasiguais, h esperana de no verem as suas fazendas invadidas e ocupadas pelos desocupados dos 'Campezinos', iguais aos desocupados do MST, bando de marginais e foras-da-lei que infestam o interior do Brasil.

Um abrao!

 

 
Paulo Ranzollin

08 de Jul de 2012 às 10:34

Paulo Ranzollin
Caro Cludio. Tenho a maior honra e um grande deleite em ler seus textos. Tu j s, em minha opinio, um dos maiores patriotas deste resto de pas que ainda se chama Brasil. Se todos fizessem o que tu ests fazendo talvez poderamos ou poderemos mudar nosso amado torro. No se cale, fale e delate estes traidores e ladres de nosso cho. Estes traidores, oportunistas e canalhas, sejam civis ou militares, deveriam ir para a frca ou para a cadeira eltrica. Meu caro amigo, por favor, jamais desista do que tu ests fazendo. No esmorea, e no deixe que um PTralha ou caterva deste, o desistimule. Seja o Patriota que tem sido, e denuncie todos os ladres deste nosso amado Brasil. Contigo, talvez o povo venha ainda a mudar, criar vergonha na cara e votar em um bom homem para Presidente para este poder mudar o mal que esta corja de moluscos filhos da xxx, vem fazendo ao nosso povo. Esta guerrilheira, chamada de Vanda, mentirosa contumaz, esquerdopata e assassina deve ser jogada vala que ela j deveria estar. E, para isto, precisamos de homens como voc, Cludio. Um grande e grato abrao. Paulo


Jos

07 de Jul de 2012 às 13:14

Jos
Nada estranho, olhem a camisa do hugo chaves e o suéter da dilma, não são da mesma cor? e a da argentina?

Assim como são por fora são por dentro, IGUAIS.

O quê esperar?

À Corda brasileiros honestos e patrióticos!

Grato



jacir jose vieira

07 de Jul de 2012 às 14:03

jacir jose vieira
EU FICO NA DUVIDA,È MUITA INCOMPETENCIA OU ISTO FAZ PARTE DA ENTREGA DA AMAZONIA AOS EUA.UMA BOA DESCULPA PARA INSTALAÇAO DE BASES MILITARES AMERICANAS,VENEZUELA ENTRA COM AS FARC E A KGB,AS NOSSAS FFAA SUCATEADAS,COMANDANTES COMENDO NAS MAOS DOS PTRALHAS,TAMO FU...


Roberto Costa

07 de Jul de 2012 às 17:22

Roberto Costa
Prezado Claudio, PARABÉNS!! Continue com o seu trabalho social!
Quanto aos críticos de plantão, não liga não! Eles/Elas preferem se preocupar com você do que cobrar dos desGOVERNANTES! Note, que estão incomodados(as) com as suas publicações... Bastante relevantes, diga-se de passagem!!
Abs SO-AM (RM-1) RICARDO


cavernamestra comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

07 de Jul de 2012 às 21:54

cavernamestra
CONTINUE ASSIM, TEM O MEU APOIO. NÃO LIGUE PARA OS COMENTARIOS!!!
PARABENS,


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )