Adicional Noturno Militares de São Paulo | Blog SAR O Brasil precisa de você | Portal Militar

Blog SAR O Brasil precisa de você

Perfil do sarbrasil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Fato Relevante

Adicional Noturno Militares de São Paulo

Publicado em 14 de Jan. de 2013


1990 Visualizações


 Adicional NOTURNO Militares de São Paulo


     Entidades de classe e o Partido Militar, mesmo que ainda como somente pessoa jurídica, e ainda em fase de legalização como partido se mobilizaram e proporão ao governo de São Paulo a gratificação para militares que prestarem serviço noturno, veja abaixo as razões apresentadas, coerentes e cabem também para militares das Forças Armadas pois o salário deveria compensar os sacrifícios e deterioração do corpo, mas não mais é assim. 


“ Recebemos um e-mail de colaborador informando que o partido militar, ainda em fase de legalização, junto com associações de classe de São Paulo, vai propor que os militares paulistas sejam recompensados com adicionais, como o por trabalho noturno. A proposta explica que na época da instauração do regime de trabalho atual, os militares recebiam uma remuneração que compensava o sacrifício noturno, mas com o passar do tempo a remuneração foi depreciada e a exposição a um regime de trabalho extenuante e estressante precisa agora ser compensada por um adicional.         Veja o texto: A Lei 10.291, de 26 de novembro de 1968, institui o Regime Especial de Trabalho Policial para todos os ocupantes dos cargos da Secretária de Segurança Publica...         Naquela época, a lei praticamente dobrou o salário dos policiais para que houvesse uma compensação por estarem sujeitos a prestação de serviço em condições precária de segurança, pelo cumprimento irregular de horário, por estar sujeito aos plantões noturnos, a ser chamado a qualquer hora.  Cabe salientar primeiramente que a Lei foi criada em 1968, em plena vigência do Ato Institucional nº 5.....


         Porem, com o decorrer de todos esses anos, o RETP deixou de ter um caráter indenizatório, incorporando-se ao PADRÃO como salário efetivamente,  basta uma rápida comparação de nossos salários (somando o PADRÃO e RETP) para constatar que os dois juntos estão no nível de qualquer outro servidor das demais secretarias com a mesma formação, assim sendo, não há nenhuma compensação pela adversidade de nosso trabalho. ..”


Retirado de:  http://reajuste.info


 


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )
Últimos Posts Anterior<< Denunciar