A Recepcao ... | Blog Um Brazuca na Army | Portal Militar

Blog Um Brazuca na Army

Perfil do marcelobini
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Carreira Militar

A Recepcao ...

Publicado em 23 de Fev. de 2013


1749 Visualizações


A Recepcao...


www.umbrazucanaarmy.blogspot.com



Depois de descermos do onibus, fomos alinhados um ao lado do outro e mandados olhar para a frente. Sentia uma mistura de nervosismo e felicidade, agora nao havia forma de desistir, ja era. Um Sargento Instrutor (Drill Sergeant) nos deu apenas informacaoes necessarias e vagas ao mesmo tempo: "os senhores sentarao ali e esperarao o tempo que for preciso, podera ser 30 minutos ou 30 horas" apontando para uma fila de bancos de madeira. Sentei no primeiro banco e comecei a reparar todos os detalhes, a cor do chao, os quadros e fotografias, as bandeiras. Todos tem muito orgulho em Fort Benning, e considerado o berco da infantaria, ha bandeiras por toda a parte. Apos uns 30 minutos, um Drill Sergeant entrou pela porta que nos separava do estacionamento. Nos deu um livro de bolso e disse "De agora em diante isto sera a sua biblia, leiem, absorvem e decorem e quando cansarem, leiem novamente." Comei a ler o livro que falava uma breve historia do exercito, de Fort Benning, o Hino do exercito, e regras e condutas que um militar deveria ter de ali em diante. 




O sono ja nos consumia, ja estavamos sentados ali ha 8 horas, a fome ja apertava. Fomos despertados para seguir em fila para o DFAC (rancho, restaurante). No cardapio, x-burguers, batatas fritas e cachorros quente, estranhei, pois se espera uma alimentacao equilibrada num ambiente militar. Nos deram 8 minutos para comer e estarmos em formacao no lado de fora do DFAC. Nos marcharam de volta para os bancos de madeira e por la ficamos por mais 6 horas. Meu primeiro dia como militar se resumiu a ficar sentado num banco de madeira por 14 horas, comendo junk food e lendo um livro de bolso. Nestas 14 horas, recrutas iam chegando a todo momento, num dado instante, olhei pra tras e vi cerca de 150 recrutas, todos de cabeca baixa, nem um som, lendo o livro, era possivel ouvir a nossa propria respiracao e os estalos das nossas costas quando tentavamos mudar de posicao pra que aquela situacao se tornasse mais confortavel. 




As 23:00, um Drill Sergeant nos comunicou que receberiamos uma aula sobre direitos e deveres e uma ultima chance de jogar fora qualquer tipo de contrabando. Drogas, balas, armas etc. Se fossemos pegos com qualquer item nao autorizado a partir daquele instante seriamos julgados em corte marcial. Nao me pareceu que alguem seria burro o bastante de esconder itens assim, mais tarde eu provaria que estava errado. Nao via a hora de deitar em uma cama, qualquer cama, qualquer canto para recuperar as energias, os exercicios mentais estavam comecando e nao tinhamos visto nada ainda. Nossa aula sobre direitos e deveres se resumiu em apenas deveres, nao tinhamos direitos de nos comunicar, comeriamos quando os instrutores achassem necessario e ir ao banheiro era um privilegio. Conseguia ver no rosto de alguns a impaciencia e irritacao, nao parava de pensar nas pessoas que eu amava e no sacrificio que eu estava fazendo para estar ali, isso sim ia me dar forca pra continuar em frente, eu tinha algo pra me apegar, minha noiva..meus pais, era desse jeito que ia completar minhas primeiras 24 horas ali, faltavam 71 dias para os jogos mentais acabarem. 




04:00 da manha, nos levaram para uma sala e nos organizaram em ordem alfabetica, era um dos primeiros, receberiamos ali, nosso uniforme de educacao fisica. 4 jogos de camisa manga curta, 2 manga comprida, 4 shorts, 1 calca. 6 Pares de meias brancas e 1 Tenis Preto da Asics. Nos trocamos e guardamos nossas roupas civis nas malas. Pela primeira vez me senti no como parte do exercito, me olhei no espelho e me vi, um pouco acima do peso, de cabelo ainda grande e com a palavra ARMY escrita no peito.


www.umbrazucanaarmy.blogspot.com





Uniforme de Educacao Fisica


2 comentários


Helena

05 de Jul de 2013 às 1:54

Helena
Boa noite!
Adorando saber como é servir fora de nosso país...
Também sou Militar mas Estadual.
Um abraço


Gabriel

08 de Jun de 2015 às 21:21

Gabriel
Ola. Meu sonho é me alistar no exército americano, tinha muitas dúvidas, mas seu blog me ajudou muito, e agora quero ainda mais ingressar no exército americano.

 

 
Volverine comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

10 de Jun de 2015 às 11:27

Volverine
Apesar de no concordar com o alistamento de estrangeiros no exrcito americano, tenho curiosidade para saber como a seleo. Abraos.


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )
Últimos Posts Anterior<< Denunciar