DILMA é criticada pelo jornal The New York Times | Blog Liberdade | Portal Militar

Blog Liberdade

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Homenagem

DILMA é criticada pelo jornal The New York Times

Publicado em 14 de Jul de 2013


1009 Visualizações


 


Tentativa de Dilma saiu pela culatra, critica The New York Times


Fonte: http://bocaonews.com.br/noticias/politica/politica/64784,tentativa-de-dilma-saiu-pela-culatra-critica-the-new-york-times.html

 

Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews) - 14 de Julho de 2013 - 10h24

O jornal americano The New York Times publicou nesta sexta-feira (13) críticas à presidente Dilma Rousseff referente às manifestações ocorridas no país nos últimos dias. De acordo com a publicação, Dilma quis “convocar, primeiramente, uma Assembleia Constituinte, até chegar a um plebiscito. Depois prometeu mais dinheiro para a educação e saúde, através dos royalties do petróleo que ainda não existem. Seus assessores tem ideias flutuantes, como a redução do número de ministros”.



Ainda sengundo o TNYT, a presidente tentou acalmar os protestos que abalaram as ruas do Brasil, mas “quase cada passo que ela deu saiu pela culatra, aumentando a insatisfação do público com sua performance”.



Um mês depois das manifestações que eclodiram sobre a corrupção, gastos excessivos na construção de estádios e infraestrutura para a Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016, a brutalidade policial, e uma série de outras questões, uma lufada de desespero paira sobre seu governo.



"Temos uma liderança política, tanto em Dilma e no Congresso, que, não tem uma compreensão clara do que está acontecendo, está respondendo com meros gestos", disse Cristovam Buarque, senador e ex-ministro da Educação. "Quer se trate de royalties do petróleo ou plebiscitos, a agenda nos dias de hoje nada mais é marketing, marketing, marketing, marketing puro".



Uma das principais demandas dos manifestantes, que se acalmaram nos últimos dias, mas que continuam a ser uma força política temida e poderosa, tem sido o "nível de Copa do Mundo" dos cuidados da saúde e educação. Em um esforço para responder, Dilma Rousseff anunciou na semana passada um novo programa de incentivo que pretende enviar, a partir de setembro, milhares de médicos para favelas urbanas e em áreas remotas como a Amazônia que não possuem serviços médicos adequados.



Para o TNYT, o governo tem a intenção de olhar para o exterior, para países como Portugal, Espanha e, talvez, Cuba, para preencher muitas dessas vagas, uma decisão que imediatamente antagonizou médicos brasileiros, que são mal pagos e sobrecarregados de trabalho, em comparação com muitos dos seus pares em outros países. "Eu insisto em começar por corrigir um conceito", disse Dilma, claramente na defensiva, quando ela anunciou o esforço na segunda-feira (.



A publicação ainda questiona a atuação política da presidente. “Dilma parece estar pagando o preço por sua falta de habilidade e experiência política. Economista por formação, ela nunca teve um cargo público eleito, servindo apenas em estaduais e federais postos ministeriais antes de Luiz Inácio Lula da Silva, seu antecessor, e escolheu o Partido dos Trabalhadores como porta-estandarte na eleição de 2010. Ajudado pela popularidade de Lula, ela ganhou com folga”.



Sobre a relação de Dilma com Lula, o jornal afirma: “no auge dos protestos no mês passado, Dilma fez questão de voltar-se para o Sr. da Silva, um mestre de manobras políticas, para pedir conselhos. Mas, ao invés de voar para Brasília para conversar com ela, ou falar baixinho, por telefone, a presidente é que foi encontrá-lo em sua própria casa, em São Paulo, deixando a impressão entre os muitos brasileiros que ela não estava no controle e ele ainda estava puxando a corda”.



O TNYT ainda coloca que a posição de Dilma Rousseff diante das manifestações podem prejudicar a sua possível reeleição em 2014, tendo como possibilidade o retorno do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.



 

3 comentários


Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

14 de Jul de 2013 às 12:26

Avassalador

DILMA é equipe, estão decepcionando o BRASIL e o mundo; são totalmente despreparados. É lamentável.


domenico

14 de Jul de 2013 às 13:55

domenico
Para o retorno do "Lulalau", só se o povo estiver, completamente, chapado ou louco !... Durante os dez anos de Poder, entre o "Todo-Poderoso" e a "Dama-de-Vermelho", o País, jamais havia constatado, tanta corrupção, falácias-embusteiras, gastos com o dinheiro público, etc... Enfim, completa imoralidade e decadência, em todos os âmbitos. O PT e a sua ambiciosa base aliada, "cuspiram" na Constituição, assim, como, infiltrados, beneficiados em cargos, nos Poderes da Nação. O povo, desta vez, não esquecerá desses "malfeitos" e tamanho desrespeito e, com certeza, saberá dar sua resposta nas urnas !...


Jos Ubirajara Campos

14 de Jul de 2013 às 14:50

Jos Ubirajara Campos
Espero que em 2014 mesmo que venha o sapo barbudo. Com essas manifestações o povo tenha se conscientizado para não eleger esse manipulador.


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )