Consequências médicas do ato sexual chamado coito anal | Blog Grifão | Portal Militar

Blog Grifão

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Fato Relevante

Consequências médicas do ato sexual chamado coito anal

Publicado em 01 de Ago. de 2013


42663 Visualizações


CONSEQUÊNCIAS MÉDICAS DO SEXO CONHECIDO COMO COITO ANAL







Erroneamente divulgado como "conseqüências médicas da homossexualidade"













'PARA CRIAR INIMIGOS NÃO É PRECISO DECLARAR GUERRA, BASTA DIZER A VERDADE' Martin Luther King





Aviso:São textos e fotos chocantes, inapropriados para crianças, ou pessoas sensíveis





A divulgação de fatos científicos, verdadeiros, é uma obrigação de todo cidadão que preze o Bem Comum; tenho presente que alguns podem sentir-se

agredidos com o presente texto, porém essa não é minha intenção, discriminar ou agredir quem quer que seja, mas tão somente trazer à luz verdades

que vêm sendo omitidas por governos, instituições de saúde pública e privada, professores, médicos, pais, além de muitos outros.

 





Tais conseqüências conforme reportagens abaixo, podem ocorrer em conseqüência da prática do se xo anal, coisa própria da pederastia, não de lesbianismo.

Aliás, na Bíblia é bem clara a determinação de DEUS O SUPREMO ARQUITETO, de que a pederastia deva ser punida com a pena capital, porém quanto ao

lesbianismo não há menção de punições. 

 





Comportamento homossexual pode ser definido: 'Homossexualidade, também chamada de homossexualismo.......refere-se à característica ou qualidade de um ser (humano ou não) que sente atração.....por outro ser do mesmo se xo ou gênero'.

 


 

 

 


 

WASHINGTON DC, 13 Ago. 2009 (ACI).- Kathleen Melonakos é enfermeira profissional e autora de um livro de referência médica, Saunders Pocket Reference for Nurses. Trabalhou durante anos no

hospital da faculdade de medicina na Universidade de Stanford na Califórnia (Estados Unidos) e publicou recentemente um revelador ensaio onde assinala, como se veio ocultando, por razões ideológicas,

as graves conseqüências para a saúde individual e pública das condutas homossexuais. O artigo, publicado em espanhol pelo Comitê Independente Anti-AIDS revela o que ela observou no mundo da saúde 30 anos depois da controvertida decisão da Associação Psiquiátrica Americana (APA) de suprimir a homossexualidade como patologia, cedendo às pressões dos grupos militantes homossexuais.new camry

 





"Trabalhei como enfermeira durante vários anos no Centro Médico Universitário de Stanford, onde pude ver algo do dano que os homossexuais fazem a seus corpos com algumas de suas práticas

sexuais", diz o artigo. "Estou segura, à luz de minha experiência clínica, e como conseqüência de ter feito consideráveis estudos sobre isso desde esse momento, que a homossexualidade nem é normal

nem benigna; mais ainda, é um vício letal de conduta, tal como sublinha o Dr. Jeffrey Satinover em seu livro ‘Homossexualidade e a Política da Verdade’," escreve Kathleen Melonakos.

 





 "A co-autora de meu próprio livro de referência médica, Saunders Pocket Reference for Nurses, era a chefe do departamento de cirurgia em Stanford. Estou segura, à luz de minha experiência clínica, e como conseqüência de ter feito consideráveis estudos sobre isso desde esse momento, que a homossexualidade nem é normal nem benigna; mais ainda, é um vício letal de conduta, tal como sublinha o

Dr. Jeffrey Satinover em seu livro ‘Homossexualidade e a Política da Verdade’," escreve Kathleen Melonakos.new camry

 





"Pelo que eu sei, não existe outro grupo de pessoas nos Estados Unidos que morra tanto de enfermidades infecciosas aos quarenta e tantos anos, que o dos que praticam a homossexualidade. Isto, para mim, é trágico quando sabemos que a homossexualidade pode ser prevenida em muitos casos, ou substancialmente sanada na idade adulta quando existe suficiente motivação e ajuda".

 





Segundo a perita, as enfermidades às que os homossexuais ativos são vulneráveis podem ser classificadas como segue: Enfermidades clássicas transmitidas sexualmente (por exemplo, sífilis); enfermidades entéricas (infecções da espécie Giardia lamblia, - ou ‘enfermidade do intestino gay’-, Hepatite A, B, C, D e citomegalovirus); trauma (que tem como conseqüência incontinência fecal, hemorróidas, fissura anal,

edema penil e a síndrome de imunodeficiência adquirida AIDS).new camry

 





 enfermidade do intestino gay   new camry

 


 

Sindrome do intestino gay, que também tem sido descrita como a doença do intestino gay, é um padrão clínico de doenças do cólon retal e que ocorrem com freqüência incomum em pacientes homossexuais.new camry

 

Este é o caso da gonorréia retal associada com a síndrome do intestino gay . Por isso a prática do se xo anal não é recomendada tanto para Homens e nem para Mulheres, o ânus é para expelir regeitos

alimentares (fezes) e não para ser usado por um pênis.new camry

 





citomegalovirusnew camry

 





O citomegalovírus (CMV) pertence à família do herpesvírus, a mesma dos vírus da catapora, herpes simples, herpes genital e do herpes zoster. As manifestações clínicas da infecção pelo CMV variam

de uma pessoa para outra e vão desde discreto mal-estar e febre baixa até doenças graves que comprometem o aparelho digestivo, sistema nervoso central e retina. O citomegalovírus nunca abandona

o organismo da pessoa infectada. Permanece em estado latente e qualquer baixa na imunidade do hospedeiro pode reativar a infecção.new camry

 





Edema penil new chevrolet silverado

 


 

"Minha pergunta principal é: por que a homossexualidade não é considerada uma desordem simplesmente por suas conseqüências médicas? Muito simplesmente, uma pessoa objetiva, que tão

somente olhe as conseqüências de estilo de vida da homossexualidade, teria que classificá-la como algum tipo de patologia. Conduz ou não a uma vida dramaticamente recortada? Diversos estudos

dizem que sim, como o estudo Cameron. Analisados em conjunto, esses estudos estabelecem que a homossexualidade é mais mortal que o tabaco, o alcoolismo ou o vício às drogas".

 





"Estou segura, à luz de minha experiência clínica, e como conseqüência de ter feito consideráveis estudos sobre isso desde esse momento, que a homossexualidade nem é normal nem benigna; mais

ainda, é um vício letal de conduta, tal como sublinha o Dr. Jeffrey Satinover em seu livro ‘Homossexualidade e a Política da Verdade’," escreve Kathleen Melonakos.

 





"Pelo que eu sei, não existe outro grupo de pessoas nos Estados Unidos que morra tanto de enfermidades infecciosas aos quarenta e tantos anos, que o dos que praticam a homossexualidade. Isto,

para mim, é trágico quando sabemos que a homossexualidade pode ser prevenida em muitos casos, ou substancialmente sanada na idade adulta quando existe suficiente motivação e ajuda".

 





Segundo a enfermeira, infelizmente "há um elemento de negação, no sentido psicológico, sobre o que as enfermidades relacionadas com o mundo homossexual realmente significam".

 





"Existem razões sem ambigüidade –adiciona a perita– para pensar que a homossexualidade em si produz deterioração generalizada na afetividade e funcionamento social. Se de fato é um vício letal, e

os muitos estudos que documentam os padrões de conduta são corretos (mostram padrões compulsivos de promiscuidade, se xo anônimo, se xo por dinheiro, se xo em lugares públicos, se xo com

menores, drogas concomitantes e abuso de drogas, depressão, suicídio), para que a APA diga que estas características não constituem uma ‘deterioração de afetividade ou funcionamento social’, estende

os limites da plausibilidade. Dizer que a morte precoce não constitui uma ‘deterioração de efetividade ou funcionamento social’ é absurdo", diz a especialista. 

 





Se de fato é um vício letal, e os muitos estudos que documentam os padrões de conduta são corretos (mostram padrões compulsivos de promiscuidade, se xo anônimo, se xo por dinheiro, se xo em

lugares públicos, se xo com menores, drogas concomitantes e abuso de drogas, depressão, suicídio), para que a APA diga que estas características não constituem uma ‘deterioração de afetividade ou funcionamento social, estende os limites da plausibilidade. Dizer que a morte precoce não constitui uma ‘deterioração de efetividade ou funcionamento social’ é absurdo", diz a especialista.new camry

 





Fonte 1 Fonte 2: Portal da Família Veja também: O relatório de Patrícia Morgan acerca do “casamento” gay

 





Fonte: http://hereditarios.livreforum.com/t86-consequencias-medicas-da-homossexualidade

 


 

 

new camry


 

Fonte:http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=EzftPwD-yKM

 





Outras fontes:https://pt.wikipedia.org/wiki/Homossexualidade

 


http://cooperadordaverdade.wordpress.com/category/movimento-gay/

 

http://www.grifao.com/

9 comentários


EJoseA comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

01 de Ago. de 2013 às 10:46

EJoseA
Por uma questão de Lealdade, agradeço ao sr. ABMIGAER que publicou aqui no Portal Militar um texto sobre esse grave assunto, conseqüências médicas da prática da pederastia, o qual levou-me à publicação desse assunto também em meu Blogger de nome GRIFAO, que ora reproduzo aqui.

Perceberão que o título da matéria publicada pelo sr. ABMIGAER e em diversos outros blogs, sempre o títulos fazem referência ao se xo anal como algo particular dos pederastas, quando na realidade o coito anal -se xo anal- também é praticado entre não pederastas, praticado por homens com mulheres também, com as mesmas conseqüências, quando praticado com freqüência.

A atitude do sr. ABMIGAER, considero corajosa e extremamente importante.

 

 
Sgt Natanael

01 de Ago. de 2013 às 19:10

Sgt Natanael
Sem dvidas o colega agiu corajosamente em dias que falar sobre homossexualidade ser preconceituoso. Esse lado do tema escancarando as doenas e danos ao organismo do homem e da mulher provocados por essa prtica nada normal ao ser humano me parecia escondido do debate. As estatsticas apresentadas no vdeo assustam.

 

 
Ricardo

26 de Jun de 2015 às 21:09

Ricardo
Uma prtica que traz mais traumas do que prazer. Na maioria das vezes forada pelo homem e a mulher acaba cedendo. Completamente contra a natureza humana. timo esclarecimento.


natking comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

01 de Ago. de 2013 às 11:55

natking
O Srs estão de parabéns agindo não só como professores mas,principalmente, como educadores. A diferença entre professor e educador é que o 1º ministra sua aula visando a compreensão da aula pelos alunos. O 2º ministra sua aula visando a compreensão da aula dada pelos alunos relacionando-a com a vida cotidiana. Há, também, outras diferenças.
A Bíblia Sagrada condena o que não é saudável ao ser humano e a ciência prova cientificamente esmiuçando para melhor compreensão dos céticos. Ainda assim, os que estão espiritualmente longe de Deus, continuam nesse caminho tenebroso pois quem não serve à Deus não suporta à tentação do Diabo e acaba fazendo seus desejos maléficos.
Essa prática do homossessualismo vem desde antes de Jesus Cristo. Porisso devemos fazer como Ele: Falar a verdade para que ela(a verdade) livre os que estão sendo aliciados a entrar nessas práticas: Homossesualismo, drogas, pedofilia, sadismo, pederastia, orgias, roubo, desonestidade, ..........
Parabéns pela postagem e espero que ela livre vários(as) dessa prática.

 

 
EJoseA comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

01 de Ago. de 2013 às 12:26

EJoseA
Senhor natking: Novos tempos, novas luzes; tenho por lema que 'A Verdade luz que desinfeta'; esto chegando tempo em que mentiras e fraudes viro a ser expostas.

Sua participao aqui e de outros Valentes, refora minha crena de que Homens bons ainda existem, os quais que procedero mudanas essenciais e inadiveis, tenho certeza absoluta.


Eliseu comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

01 de Ago. de 2013 às 14:30

Eliseu
Esse post é de vital importância para nós e nossos jovens. Excelente contribuição.

 

 
EJoseA comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

01 de Ago. de 2013 às 14:31

EJoseA
Opa, agradeo o elogio e tambm sua presena e comentrio. Um abrao fraternal.


Teom comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

01 de Ago. de 2013 às 14:43

Teom
Já não mais tão jovem como me sinto pelos anos que carrego, confesso que o video aula da professora me deixou perplexo pelo conteúdo. Tenho agora mais argumentos que reforçam minhas convicções sobre o se xo anal e o homossexualismo. As imagens são realmente muito chocantes e faz o senhor muito bem em expô-las, acabando com a farsa do puritanismo ingênuo.

 

 
EJoseA comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

01 de Ago. de 2013 às 15:32

EJoseA
TEOM: Dureza encarar essas, internet, novidades, mundo novo, informaes a rodo, nossas cabeas abrindo-se para novos mundos, possibilidades, conhecimentos. Na Bblia, se no estou em erro, em Provrbios est escrito que sabedoria demais causa sofrimento, e no isso que experimentamos ao saber de tantas coisas, tanto tempo ocultas? Tenha certeza, agora s o comeninho do desvendamento.

Profetas, inclusive Nostradamus, previram que agora nesses novos tempos, pessoas endoidariam diante dos acontecimentos espantosos, fatos novos, novos conhecimentos.

A propsito, soube do novo vrus descoberto? Vrus gigante que presumem seja extra terrestre: o Pandoravrus. Pode ler mais em: http://portuguese.ruvr.ru/2013_08_01/pandoravirus-uma-ameaca-velada-do-espaco-sideral-4431/


domenico

01 de Ago. de 2013 às 21:47

domenico
Sexo anal ?! É o mesmo que, introduzir o "bráulio" num esgoto !!!

 

 
EJoseA comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

02 de Ago. de 2013 às 10:09

EJoseA
Muito boa a comparao, eh eh eh! Parabns.


Edimp

21 de Abr de 2014 às 16:25

Edimp
Estou absmado com esse assunto polêmico, mais é de grande importância, as aa(s) de veados fazem de tudo para estarem cada vez mais livres para expor suas ideias e malícias. Depois de ter lido esse post venho a confirmar aquilo que ja havia percebido, a pratica do se xo anal não é um ato saudável, pois a natureza não o fez assim, embora dizem por todo o lado que é uma opção, é uma blasfêmia, como pode ser opção, dizer-se mulher se nasceu homem, ou vice e versa, olha! valeu por esse post, pode acreditar, no futuro, quando o homem desenvolver sua mente e se tornar inteligente, ou que disparar a morrer praticantes dessa forma de se xo, quem sabe aí se tornem reconhecidos esses estudos, parabens , eu gostei muito de ter mais esse conhecimento, ao contrario do que é dito popularmente. Obrigado!


EJoseA comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

28 de Jun de 2015 às 15:01

EJoseA
Algo que lembrei, quando li comentário do sr. Ricardo (26/6/2015), algo que considero seríssimo, de que um londrino (Londres/Inglaterra) mencionou a mim que a maioria de mulheres brasileiras, solteiras, na Inglaterra, praticam quase exclusivamente o coito anal por temerem engravidar, com isso abrindo a possibilidade de auto infecção e inclusive quando engravidarem, seus filhos ainda mesmo fetos apresentarem doenças decorrentes da prática do se xo anal, pela auto infecção.


Joo Luiz Alves Pinheiro

29 de Jul de 2015 às 10:46

Joo Luiz Alves Pinheiro
Assisti a um vídeo no 'YOU TUBE", sobre "se xo anal", e gostei da maneira como foi abordada e um conteúdo muito esclarecedor e sem preconceitos. Porém, a qualidade do vídeo é muito ruim, tanto do som como da imagem. Gostaria que esta matéria fosse mais divulgada e apresentada com mais ênfase sobre as consequências dessa prática já que o governo, os órgãos públicos e infelizmente também a mídia, faz muito mais publicidade errada tentando convencer o cidadão comum, de que é uma opção sexual e pior ainda, trata-a como normal. Gostei muito desta matéria e espero que continuem com a divulgação.

 

 
EJoseA comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

29 de Jul de 2015 às 12:36

EJoseA
Senhor Joo Luiz Alves Pinheiro, tenho publicado alguns fatos similares, e outros mais de outros assuntos em meus blogs de nome ACORDA TAPUIA, GRIFAO. Agradeo seu comentrio


EJoseA comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

29 de Jul de 2015 às 12:42

EJoseA
Senhor João Luiz Alves Pinheiro: menciono algo extremamente delicado, evitado pelos meios científicos, que é o estudo das consequências do se xo praticado com animais; sugiro que inúmeras deformações físicas em fetos e nascituros com danos cerebrais e físicos, são oriundos dessa prática com animais (zoofilia). Não posso afirmar que assim aconteça, é apenas uma conclusão baseada na observação e analise de casos.


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )