STF mantém em decisão afastamento de presidente e ex do TJBA | Blog Liberdade | Portal Militar

Blog Liberdade

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Notcia

STF mantém em decisão afastamento de presidente e ex do TJBA

Publicado em 11 de Dez. de 2013


700 Visualizações


 

Ministro do STF mantém em decisão afastamento de presidente e ex do TJ-BA

Eles foram afastados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que investiga o envolvimento dos dois em uma máfia com precatórios

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou na noite desta terça-feira (10) o pedido do presidente afastado Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargador Mário Alberto Hirs para retornar ao cargo. O ministro também negou a volta da desembargadora Telma Britto, ex-presidente do TJ.

Eles foram afastados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que investiga o envolvimento dos dois em uma máfia com precatórios. Os dois negam envolvimento em desvios, mas o CNJ determinou que permaneçam afastados até a conclusão da investigação. 

Para o ministro Barroso, o afastamento é provisório e os desembargadores terão oportunidade de provar a inocência. "As autoridades investigadas terão a oportunidade de demonstrar no procedimento administrativo instaurado que as premissas ou cálculos da Corregedoria (do CNJ) estão incorretos. A presente decisão não antecipa qualquer juízo quanto a isso", diz a decisão.

Barroso diz ainda que se trataria de um "equívoco" o afastamento dos dois caso eles provem inocência, mas que este é um "risco inerente a esse tipo de providência".

Afastamento
Segundo o CNJ, o plenário decidiu por unanimidade pela abertura de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para investigar indícios de superfaturamento no pagamento de precatórios, cujos prejuízos foram estimados em R$ 448 milhões.

Os dois ficam impedidos de utilizar carro oficial, de comparecer ao tribunal, porém continuarão recebendo os salários.

O CNJ também avaliou o envolvimento dos dois no extravio de ações por improbidade e as supostas ilegalidades em um contrato sem licitação com o Banco do Brasil. 

 

 

1 comentários


Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

11 de Dez. de 2013 às 7:40

Avassalador
Se fosse militar mesmo na reserva, perderia a patente, graduação e a remuneração, e ainda cumpriria pena, já no caso em tela eles ficarão em casa recebendo salários integrais. O CNJ também investiga a esposa do governador da Bahia, que pode ter sido beneficiada pelos corruptos do TJBA, pois ela se tornou servidora efetiva no referido Tribunal, sem sequer prestar concurso público. A pergunta adiante descrita é a que mais rola nesse final de 2013: QUE PAÍS É ESSE ?


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )