Confisco Fraterno, pós eleição | Blog ABMIGAER em defesa das Forças Armadas | Portal Militar

Blog ABMIGAER em defesa das Forças Armadas

Perfil do ABMIGAER
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Brasil

Confisco Fraterno, pós eleição

Publicado em 24 de Jan. de 2014


4837 Visualizações


 A pedido de Dilma, BC do B e Receita voltam a estudar viabilidade do “confisco fraterno” pós-eleição

Posted: 23 Jan 2014 03:42 AM PST

 
 
Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
 
O Capimunismo petralha volta a lançar publicidade, nos bastidores econômicos, sobre um polêmico projeto para confiscar o dinheiro de quem pretensamente ganha bem para emprestar para os mais pobres. A pedido da Presidenta Dilma Rousseff, técnicos do Banco Central, Receita Federal e do Ministério da Fazenda já estariam estudando a viabilidade de se implantar a tal “Poupança Fraterna”. O factóide seria lançado, como demagogia, na campanha reeleitoral.
 
A ideia da Poupança Fraterna já foi formalmente lançada, em 2004, por proposição do médico-deputado Nazareno Fonteles (PT-PI). Tramitando com o código PLP 134/2004, o plano tem o artificialismo econômico de um socialismo soviético. A intenção é estabelecer um limite máximo para o consumo. Cada brasileiro só poderia gastar dez vezes o valor da renda per capita nacional mensal, calculada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.
 
Ou seja, por um período de sete anos, a partir do dia primeiro de janeiro do ano seguinte ao da publicação desta Lei, toda pessoa física brasileira, residente ou não no País, e todo estrangeiro residente no Brasil, só poderá dispor, mensalmente, para custear sua vida e a de seus dependentes, de um valor menor ou igual ao Limite Máximo de Consumo.
 
Na genial proposição petista, o dinheiro que sobrasse do consumidor artificialmente contido seria depositado, mensalmente, a título de empréstimo compulsório, em uma conta especial de caderneta de poupança, em nome do depositante, denominada “Poupança Fraterna”. Pelo projeto, os valores confiscados seriam devolvidos nos 14 anos seguintes, em prestações mensais equivalentes à metade de cada um dos depósitos realizados.
 
Tem até punição prevista para quem não fizer a poupança compulsória: “A não-realização do depósito na Poupança Fraterna, ou sua realização em valor inferior ao determinado no art. 3º desta Lei, por período superior a trinta dias, implicarão a automática e imediata inserção do retentor no cadastro da dívida ativa da União, pelo valor correspondente a duas vezes a diferença entre o valor depositado e o valor devido”.

Dificilmente o Congresso aprovaria uma bobagem dessas, ainda mais no ano reeleitoral. Mas só o fato de o PT ter coragem de apresentar tal medida soviética, de intervenção direta na livre iniciativa de ganho e consumo das pessoas, fica clara a vontade petralha de implantar um regime economicamente autoritário no Brasil.

4 comentários


ABMIGAER comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

24 de Jan. de 2014 às 9:01

ABMIGAER
Infelizmente a imprensa "chapa branca" não divulga o assunto.

 

 
Jose Douglas Fernandes

24 de Jan. de 2014 às 21:08

Jose Douglas Fernandes
Ento eu posso dormir tranquilo, sou militar e ganho um salrio de fome, e acho que vou ser beneficiado com esse programa.

 

 
antoniocruz comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

27 de Jan. de 2014 às 21:14

antoniocruz
Quase toda a mdia est sendo financiada pelo prprio governo para no publicarem nada contra eles e isso notrio nos telejornais nacionais e na mdia em geral. Temos sada para isso? Temos = FFAA.*


Sidinei

24 de Jan. de 2014 às 11:58

Sidinei
Mas nos podemos fazer isto e a oposição se não sabe tem que ser alerta, como nos podemos fazer isto tirar uma copia enviar a cada empresário, pois isto também é do interesse dele, e nas escolas e nas igrejas e replicar e fazer quem tem interesse tire copias e envie aos seus conhecidos e assim por diante automaticamente não ficara sabendo se não quiser.


ABMIGAER comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

25 de Jan. de 2014 às 10:38

ABMIGAER
Esse governo está definitivamente louco - antes libera crédito à vontade para dinamizar a economia (que muito pouco adiantou - veja o deficit na balança comercial) e, agora, quer o confisco dos poupadores, pior, se analisarmos o Projeto de Lei que cria o confisco, veremos que o confisco é sobre salários acima de um determinado valor(??!!) que, logicamente, vai ser estipulado pela gangue governamental. Dilma quer dar uma de "Robin Hood", ou seja, roubar de quem ganha pouco para dar aos que não trabalham nada - bolsa família, bolsa desemprego, kit gay, auxílio reclusão, etc. etc. etc.. Trabalhamos quase 5 meses no ano para pagar tributos ao governo e agora vem o "confisco fraterno", que de fraternal não tem nada - infelizmente é mais uma jogada semântica de Dilma em sua campanha para reeleição, desta feita, sob o slogan " Vamos tirar dos ricos para dar aos Pobres". Com certeza os mais de 40 milhões de miseráveis votarão na Dilma. E a oposição vai ajudar na aprovação deste infame projeto. Infelizmente, são todos farinha do mesmo saco. Realmente, o Foro de São Paulo está a todo vapor ...


Sidinei

25 de Jan. de 2014 às 23:21

Sidinei
E SABEM ONDE VAI SER APLICADO O DINHEIRO DA POUPANÇA SOLIDÁRIA: então vejam e acreditem se quiser, é uma coisa simples de aceitar ou não, é para tratamentos de : http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,gato-recebe-por-sete-meses-beneficio-do-bolsa-familia,312279,0.htm

 

 
ABMIGAER comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

26 de Jan. de 2014 às 9:03

ABMIGAER

 

 
Sidinei

26 de Jan. de 2014 às 17:57

Sidinei
Lembra da msica gacha, a gente a descobre: http://www.youtube.com/watch?v=mhRClFEB4l8


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )