Manifesto da Maçonaria | Blog AutoIndustrial Polêmico | Portal Militar

Blog AutoIndustrial Polêmico

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Opinio Pessoal

Manifesto da Maçonaria

Publicado em 02 de Fev. de 2014


5302 Visualizações


MANIFESTO DA MAÇONARIA
DIVULGUE!

ESTA MENSAGEM DEVERIA SER DIVULGADA PARA TODOS OS BRASILEIROS,POIS É CLARA E VERDADEIRA.


CARTA DA LOJA MAÇÔNICA ACÁCIA DAS NEVES Nº 22
ORIENTE DE SÃO JOAQUIM - FILIADA AO GOSC

Vivemos um dos momentos mais difíceis de nossa história. O povo está sendo mantido na ignorância e sustentado por um esquema que alimenta com migalhas a miséria gerada por essa mesma ignorância.

A tirania mudou sua face. Já não encontramos os tiranos do passado que
com sua brutalidade aniquilavam as cabeças pensantes, cortando o pescoço.

Os tiranos de hoje saqueiam a Pátria e degolam as cabeças de outra forma.

A tirania se mostra pela corrupção que impera em todos os níveis. Encontramos mais viva do que nunca as palavras do Imperador Romano Vespasiano que na construção do Grande Coliseu disse:

"DAI PÃO E CIRCO PARA O POVO".


Esse grande circo acontece todos os dias diante de nossos olhos, especialmente sob a influência da televisão, que dá ao povo essa fartura de "pão" e de "circo".

Quando pensamos que a fartura acaba, surgem mais opções. Agora vemos a Pátria sendo saqueada para a construção de monumentais estádios de futebol, Atualmente chamados de arenas, nos moldes do que era o Coliseu, uma arena.

Enquanto isso os hospitais estão falidos, arruinados, caindo aos pedaços.

Brasileiros morrem nas filas e nos corredores desses hospitais; já outros filhos da Pátria morrem pelas mãos de bandidos inescrupulosos que se sentem impunes diante de um Estado inoperante, ineficiente e absolutamente corrompido.

Saúde não existe, educação não há, segurança, muito menos. Porém, a construção dos "circos" continua! Mas o pão e o circo também vêm dos "Big Brothers" das "Fazendas", das novelas que de tudo mostram, menos verdadeiros valores e virtudes pessoais.

Quanto mais circo, mais pão ao povo.

E o mais triste é que o povo, mantido na ignorância, é disso que mais gosta.

Nas tardes, manhãs e noites, não faltam essas opções de "lazer".

O Coliseu está entre nós.
O circo está entre nós.
Já o pão, esse vem do bolsa isto, do bolsa aquilo, mantendo o povo dependente do esquema, subtraindo-lhe a dignidade e a capacidade de conquistar melhores condições de vida com base em suas qualidades, em seus méritos, em suas virtudes.


Agora, o circo se arma em torno do absurdo que se coloca à população de que o problema de saúde é culpa dos médicos.

Iludem e enganam o povo, pois fazem cair no esquecimento o fato de que o problema de saúde no Brasil é estrutural, pois o cidadão peregrina sem encontrar um lugar digno,
nem mesmo para morrer.


Então, absurdamente, em desrespeito aos filhos da Pátria, são capazes de abrir as portas para profissionais estrangeiros, alguns poucos não cubanos.

Os tiranos têm a audácia de repassar R$ 40.000.000,00 mensais que são sangrados dos cofres públicos para sustentar um outro governo falido e também tirano, o cubano; um dinheiro sem controle e sem fiscalização.

Os pobres profissionais que de lá vêm, não têm culpa. É um povo sem liberdade, sem direito de expressão, escravo da tirania.

Esses médicos recebem migalhas daquele governo.

Mal conseguem sustentar a si e a seus familiares.

Os R$ 40.000.000,00 que serão mensalmente enviados para Cuba solucionariam o problema de inúmeros pequenos hospitais pelo interior deste País.

Mas não é a isto que ele servirá.


Nós estamos a financiar um trabalho explorado, escravizado, de profissionais que não têm asseguradas as mínimas condições de dignidade de pessoa humana, porque simplesmente não são homens livres.

E nós, brasileiros, devemos nos envergonhar de tudo isto, porque estamos sendo responsáveis e coniventes por sustentar todo esse esquema, todos esses vícios, comportando-nos de maneira absolutamente inerte. Esses governantes, que tanto criticam o trabalho escravo, também não esclarecem à população o fato de um médico brasileiro receber o mísero valor de R$ 2,00 por uma consulta pelo SUS.

Do valor global anual que recebem, ainda é descontado o Imposto de Renda, através de uma escorchante tributação sobre o serviço prestado, que pode chegar ao percentual de 27,5%. Em atitude oposta, remuneram aqueles que não são filhos da Pátria, os estrangeiros, com o valor de R$ 10.000,00 mensais por profissional, cabos eleitorais desses governantes.

Profissionais da saúde no Brasil, servidores públicos de carreira, à beira da aposentadoria, com dedicação de uma vida inteira, receberão quando da aposentadoria metade do valor pago ao estrangeiro.


Não podemos aceitar a armação desse circo, em cujo picadeiro o povo brasileiro é o palhaço !

A Maçonaria foi a grande responsável por movimentos históricos e por gritos de liberdade em defesa da dignidade do homem.

Foi por Maçons que se deu o grito de Independência do Brasil, da Proclamação da República, da Abolição da Escravatura.

Foi por Maçons que se deu o brado da Revolução Farroupilha.

E o que está fazendo a Maçonaria de hoje ao ver o circo armado, com a distribuição de um pão arruinado pelo vício que sustenta essa miséria intelectual?


Não podemos ficar calados e inertes!
A Maçonaria, guardiã da liberdade, da igualdade e da fraternidade, valores que devem imperar entre todos os povos, precisa reagir, precisa revitalizar seu grito, seu brado para a libertação do povo.

Esse é o nosso dever, pois do contrário não passaremos de semente estéril, jogada na terra apenas para apodrecer e não para germinar.


A Loja Maçônica Acácia das Neves incita a todos os Irmãos: para que desencadeemos um movimento de mudança, de inconformismo, fazendo ecoar de forma organizada, a todas as Lojas e os Maçons desta Pátria, o nosso dever de cumprir e fazer cumprir a nossa missão de levantar Templos à virtude e de cavar masmorras aos vícios!

Fraternalmente,


Alaor Francisco Tissot
Grão-Mestre – GOSC

Fonte/crédito: https://www.facebook.com/groups/MCCGrupoManifestacoes/permalink/222314494637000/

 

Adsumus!

PS1: Para quem não conhece a estrutura administrativa da maçonaria, o título Grão Mestre é dado ao Mestre Maçom eleito por sufrágio dos irmãos regulares que habitam um dado estado do país.  Portanto, o título de Grão Mestre Estadual é equivalente ao de Governador de Estado da Federação, no mundo profano.

PS2: Os grifos são nossos!


9 comentários


Sidinei

02 de Fev. de 2014 às 21:03

Sidinei
Não pude perder esta, mas que raio de maçonaria é esta, estamos falando a décadas e só viram agora???? ou será que começou a esvaziar seus bolsos , ou ainda estavam dormindo com boa noite Cinderela, a propósito acho que seus integrantes estavam nas manifestações e outros quem sabe??? Penso eu que se estivesse eu como grão de milho na maçonaria já estaria dando milho aos pombos, se é que me entenderam!!!!

 

 
PACIFER comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

02 de Fev. de 2014 às 22:03

PACIFER
Quando voc no souber o que falar.Mantenha o silncio seu xyzwhijp. Voc no conhece essa instituio nem os homens que dela fazem parte.l

 

 
Sidinei

02 de Fev. de 2014 às 23:37

Sidinei
pacifer... a gente no conhece as pessoas seno na guerra.... e a gente ja esta levando cachao a muito tempo. ser valente no s ameaa saber usar a sabedoria e quando a gente perde as estribeira mostra que somos iguais a todo mundo sem diferena nenhuma.


Sidinei

02 de Fev. de 2014 às 21:05

Sidinei
A propósito digam a maçonaria que a pedra que esmiúça a penha já esta em ação. e esta fazendo um estrago!!!


JoseAcosta comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

02 de Fev. de 2014 às 21:47

JoseAcosta
Repassando o máximo, é o mínimo a fazer neste momento.

 

 
AutoIndustrial comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

02 de Fev. de 2014 às 22:12

AutoIndustrial
Caro Grifo! Agradeo o empenho na divulgao do post. Forte abrao e boa sorte! Adsumus!

 

 
Barreto

02 de Fev. de 2014 às 23:17

Barreto
Eu acho que, a maonaria poderia ajudar ao brasil sim .Comeando em pedir a ajuda aos menbros de outros paises ao qual muitos destes so manicos; para intervir junto aos Estados Unidos apoiar a nossa causa . S assim o que estar por vir no ser tratado como um golpe e sim como uma interveno militar para restaurar a ordem do nosso pas. Abraos!!!! SELVA!!!!!!


AutoIndustrial comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

02 de Fev. de 2014 às 22:13

AutoIndustrial
Existem situações na vida em que a melhor resposta é o SILÊNCIO! Adsumus!


Darlou comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

03 de Fev. de 2014 às 8:54

Darlou
Concordo e apoio o manifesto apresentado. Meu receio é que alguns membros desta augusta entidade estejam "inseridos" na cúpula de nosso "des"governo. Seria um fatídico exemplo de "fogo amigo" e premeditado.


luisreb comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

03 de Fev. de 2014 às 11:18

luisreb
Caros amigos, o nosso Ministro da Defesa anterior, o Excelentíssimo Sr.º Nelson Jobim é Maçom e nem por isso as Forças Armadas conseguiram recuperar seus salários, nem tão pouco sair da pindaíba nem tão pouco a maçonaria sozinha moverá este país. Somente a sociedade organizada pode tirar essa córja corrupta do poder! junho de 2013 neles novamente!!!


MARMOSILVA-RIO comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

04 de Fev. de 2014 às 22:46

MARMOSILVA-RIO
Prezado, Amigo AutoIndustrial. Boa Noite! Não entrarei nesse debate a cerca da maçonaria, mas a cerca do Brasil,pois é para isso que perco as minhas horas atrás de um teclado, debruçado em livros e pesquisando avidamente. O que ocorre no Brasil de hoje, é tão notório que vejo pessoas incultos e sem qualquer formação intelectual ter a mesma opinião que a nossa, essa coisa de dizer que todo o povo brasileiro é cego e ignorante não é verdade, assim também como não é verdade o que lemos na tarja da bandeira brasileira, onde suprimiram o maior valor da doutrina positivista responsável pela proclamação da República com ORDEM e PROGRESSO sem a palavra AMOR. Portanto, entendo que amor sem disciplina é TIRANIA, pois não se usa a disciplina para acusar, julgar, condenar e prender todos e qualquer malfeitor ou bandidos, não preciso ter doutorado em Direito para saber o que esta ocorrendo no Brasil. Preciso ser brasileiro para defender a minha nação em favor de meus netos e futuras gerações. Aonde esta o AMOR POR PRINCÍPIO, ORDEM POR BASE E PROGRESSO POR FIM? Creio que faltou alguma coerência para os defensor da doutrina positivista, faltou sensatez, faltou responsabilidade, mas se pelo menos tivessem defendido e mantido a ORDEM E PROGRESSO já seria de todo o mal alguma coisa positiva, porque, atualmente de positivo ou positivista ironicamente não temos nada, nossa bandeira, nossa república, nossas cores, nossas forças armadas e nossa constituição federal não tem o menor valor para a doutrina comunista, eles na verdade defendem as cores vermelhas do sangue derramado por mais de 150.000.000 de extermínio, e onde esta o AMOR nisso, eles carregam, sim, A FOICE E O MARTELO, para nos manter presos aos seus ideais fascistas e matar todos aqueles que com eles não compartilham e lutam contra seus ideais fascistas, foi e sempre será assim. A Tirania tomou conta do Brasil, espalhou o caos, criou mitos, saqueou o erário público, destruiu a soberania nacional, aviltou os militares das Forças Armadas, pintou de vermelho petista os narizes dos brasileiros de bem que vivem como palhaços dentro de uma política do pão e circo, mas que na verdade os maiores palhaços são os petistas e comunistas, porque, a alegria do palhaço é ver o circo pegar fogo, para eles que aparelharam o estado, coagiu a Melhor Polícia do país - PF, Criou sim, arenas de futebol para depositar enterrar os mortos que virão se o que esta sendo previsto acontecer é natural. Não se pode tirar mitos do poder politicamente, ditadores menos ainda, na verdade precisaremos de usar a força de alguma maneira, porque, existe um cenário de "Ordo ab chao" instalado dentro do nosso país e em toda a America Latina, o povo é único que pode defender o povo. Sem mais, um forte abraço, é sempre com muito respeito e prazer que comento os seus blogs. " SIM! NÓS PODEMOS MUDAR O BRASIL Att. MARMOSILVA-RIO

 

 
AutoIndustrial comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

05 de Fev. de 2014 às 7:21

AutoIndustrial
Caro Marmosilva-Rio! Agradeo sua participao no blog, agregando ideias/valores ao mesmo. Fico feliz em t-lo na rea de comentrios. Forte abrao. Muita paz, sade, felicidade e sucesso, muito sucesso! Adsumus!

 

 
mariomtp comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

10 de Fev. de 2014 às 14:22

mariomtp
Concordo " Ns podemos mudar o Brasil "


Rogerounielo Rounielo Frana

02 de Mar de 2014 às 21:23

Rogerounielo Rounielo Frana
PARA: ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS, ORGANIZAÇÕES PRIVADAS E CIDADÃOS DO BRASIL E DO MUNDO Para conhecimento, 1. Não é necessário fazer grande esforço de lógica para compreender que se os brasileiros apresentam 88% de seu patrimônio comprometido com pagamento de dívidas próprias e de impostos, conforme itens abaixo, que não há espaço para aumento da carga tributária incidente sobre o “Povo Brasileiro”, para CONTINUAR BANCANDO O SISTEMA POLÍTICO, ECONÔMICO E FINANCEIRO (A SOLUÇÃO, CAROS LEITORES, É CORTAR GASTOS PÚBLICOS E CORTAR PRIVILÉGIOS, INJUSTIFICÁVEIS, DE UMA MÁQUINA PÚBLICA QUE SIMPLESMENTE NÃO FUNCIONA), RAZÃO PELA QUAL PROGRAMAS DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO SÓ FIZERAM É ACELERAR O ENDIVIDAMENTO DO BRASIL E DAS FAMÍLIAS E ESTÁ CHEGANDO A HORA DE COLHERMOS OS FRUTOS INDESEJADOS DESSA BRUTAL IRRESPONSABILIDADE: ///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// 2. "Se o Brasil trilhar o caminho do aumento da carga tributária, combinado com o endividamento da população, aumentos de taxas de juros e inflação corroendo o poder de compra das famílias, AO INVÉS DE CORTAR GASTOS PÚBLICOS, a guerra civil, no Brasil, irromperá mais cedo do que o previsto e com um ingrediente há mais (não será possível ser controlada, A NÃO SER À CUSTA DE MUITAS VIDAS, NA CASA DOS MILHÕES. O AVISO, HÁ PEDIDO DA ESPIRITUALIDADE SUPERIOR, FOI TRANSMITIDO" ///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// 3. Dívidas são pagas com bens. O PIB, do Brasil, somou R$ 4,4 TRILHÕES, em 2012 (Fonte: matéria, em anexo, intitulada “PIB do País fecha 2012 com crescimento de 0,9%, o menor em 3 anos”, divulgada pelo Estadão, em 01/03/2013, disponível no link http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-geral,pib-do-pais-fecha-2012-com-crescimento-de-09-o-menor-em-3-anos,145637,0.htm 4. Os brasileiros, em tese, grosso modo, têm R$ 4,4 TRILHÕES para pagar suas dívidas. 5. Qual é o tamanho da dívida dos brasileiros, para sabermos se R$ 4,4 TRILHÕES são suficientes para o pagamento dessas dívidas? A primeira fonte de dívidas dos brasileiros é o crédito e a carga tributária. 6. A carga tributária, no Brasil, em 2012, foi de R$ 1,5 TRILHÕES, ou 34% do PIB de 2012, que foi de R$ 4,4 TRILHÕES. (Fonte: matéria, em anexo, intitulada “Brasil tem a maior carga tributária do BRIC, diz estudo”, divulgada pelo Uol.com, em 04/07/2012, disponível no link http://economia.uol.com.br/ultimas-noticias/infomoney/2012/07/04/brasil-tem-a-maior-carga-tributaria-do-bric-diz-estudo.jhtm). 7. O leitor pode argumentar que se trata de dívida do Governo Federal, o que é uma verdade. Contudo, como as dívidas do Governo Federal são dívidas dos cidadãos e de suas famílias, que as pagam por meio de impostos, esses R$ 1,5 TRILHÕES da carga tributária são dívidas do povo brasileiro. 8. Assim, de um total de R$ 4,4 TRILHÕES em bens para pagar suas dívidas, o povo brasileiro deve abater R$ 1,5 TRILHÕES da carga tributária, POR ANO, e, dessa forma, os R$ 4,4 TRILHÕES diminuem para R$ 2,9 TRILHÕES, em bens para pagamento de outras dívidas. 9. Quais são as outras dívidas do povo brasileiro. A principal delas são as dívidas com o Sistema Financeiro Nacional que, em 2012, atingiram o patamar de R$ 2,37 TRILHÕES (Fonte: matéria, em anexo, intitulada “Volume de crédito cresce 16,4% em 2012 e atinge R$ 2,37 trilhões”, divulgada pelo Globo.com, em 03/04/2013, disponível no link http://g1.globo.com/economia/noticia/2013/04/volume-de-credito-cresce-164-em-2012-e-atinge-r-237-trilhoes.html). 10. Assim, de um total de R$ 2,9 TRILHÕES em bens para pagar suas dívidas, o povo brasileiro deve abater R$ 2,37 TRILHÕES das dívidas com empréstimos tomados, pelas pessoas físicas e pelas pessoas jurídicas, junto ao Sistema Financeiro Nacional, e, dessa forma, os R$ 2,9 TRILHÕES diminuem para R$ 0,53 BILHÕES, em bens para pagamento de outras dívidas. 11. Por essas contas, simples, é possível notar que o grau de comprometimento do povo brasileiro com o pagamento de dívidas é de 88%, ou seja, se tenho R$ 4,4 TRILHÕES, em bens, para o pagamento de dívidas, e o tamanho dessas dívidas é de R$ 3,87 TRILHÕES, me restam, apenas, R$ 0,53 BILHÕES, em bens, para o pagamento de dívidas e, portanto, quando se compara o total das dívidas, do povo brasileiro, com o total de bens do povo brasileiro, chega-se à conclusão de que para cada R$ 100,00, em bens, R$ 88,00 estão comprometidos com o pagamento de dívidas (CARGA TRIBUTÁRIA = R$ 1,5 TRILHÕES e PAGAMENTO DE EMPRÉSTIMOS AO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL = R$ 2,37 TRILHÕES), o que se traduz em comprometimento do povo brasileiro, com o pagamento de dívidas, de 88% do total de bens do país (PIB de R$ 4,4 TRILHÕES). 12. Na matéria, em anexo, intitulada “Endividamento das famílias sobe para 44,82% em julho e bate novo recorde”, divulgada pelo Uol.com, em 23/08/2013, disponível no link http://oglobo.globo.com/economia/endividamento-das-familias-sobe-para-4482-em-julho-bate-novo-recorde-9680254, está INCOMPLETA. 13. Por essa matéria, “segundo a autoridade monetária, o comprometimento mensal da renda, ou seja, o quanto a dívida pesa no bolso das famílias todo o mês, subiu levemente de 21,50% para 21,52% em junho. Isso corresponde apenas ao endividamento com o sistema financeiro nacional e não leva em consideração outros compromissos como carnês de lojas”. 14. Se as famílias brasileiras devem 44,82% da sua renda anual para o Sistema Financeiro Nacional (bancos) e se, também, as famílias brasileiras ainda, por cima, pagam os 34% da carga tributária com essa mesma renda anual -- (Fonte: matéria, em anexo, intitulada “Brasil tem a maior carga tributária do BRIC, diz estudo”, divulgada pelo Uol.com, em 04/07/2012, disponível no link http://economia.uol.com.br/ultimas-noticias/infomoney/2012/07/04/brasil-tem-a-maior-carga-tributaria-do-bric-diz-estudo.jhtm) --, é fácil concluir que o nível de comprometimento da renda, anual, das famílias brasileiras, está em torno de 78,82% -- soma dos 44,82% (dívidas com o sistema Financeiro Nacional) + 34% (carga tributária). 15. De um total de R$ 2,37 TRILHÕES das dívidas com empréstimos tomados, pelas pessoas físicas e pelas pessoas jurídicas, junto ao Sistema Financeiro Nacional (Fonte: matéria, em anexo, intitulada “Volume de crédito cresce 16,4% em 2012 e atinge R$ 2,37 trilhões”, divulgada pelo Globo.com, em 03/04/2013, disponível no link http://g1.globo.com/economia/noticia/2013/04/volume-de-credito-cresce-164-em-2012-e-atinge-r-237-trilhoes.html), grosso modo, as pessoas físicas participam com 44,82% do total desses empréstimos, ou R$ 1,07 TRILHÕES, enquanto as pessoas jurídicas participam com 55,15% do total desses empréstimos ou R$ 1,3 TRILHÕES. 16. A renda, anual, de uma família, para pagamento de dívidas, está diminuindo, rapidamente, por dois motivos. O primeiro motivo é por causa da elevação do valor das próprias dívidas (o brasileiro aumenta, cada vez mais, o volume de suas dívidas) e elevação dos encargos das dívidas, já que o Brasil tem uma das maiores taxas de juros do mundo. 17. A renda, também, está sendo severamente diminuída, por causa da inflação e o impacto da inflação, na diminuição da renda anual das famílias brasileiras, não é pequeno e a diminuição da renda anual das famílias brasileiras levará, inevitavelmente, a inadimplência, estratosférica. 18. “Renda do trabalhador crescendo, mas poupança, agregada, nacional, estagnada ou em queda há muitos anos, custos das empresas aumentando, produtividade do país em queda, exportações caindo, preços dos produtos exportados caindo, comércio mundial desacelerando, importações aumentando, portos congestionados, em função do aumento das importações, já que as exportações do Brasil estão em queda, economia interna desacelerando, endividamento público crescendo exponencialmente, famílias com renda anual 88% comprometida com o pagamento de dívidas (compras de carros, casas, geladeiras, fogões, em longas prestações e alto endividamento em cheque especial e cartão de crédito) e impostos, taxas de juros cobradas pelos bancos aumentando, em função do aumento da Taxa Selic, Governo Federal injetando cada vez mais recursos, via operações de crédito, na economia, privilegiando o consumo, em detrimento de investimentos em infra-estrutura, saúde e educação, utilizando, principalmente, o BNDES e a Caixa Econômica Federal, o orçamento geral da União de 2011, executado, que foi de R$ 1,571 TRILHÃO (UM TRILHÃO QUINHENTOS E SETENTA E UM BILHÕES DE REAIS), no total, sendo que R$ 708 BILHÕES foram destinados ao pagamento de juros e amortizações da dívida pública, o que representou 45,05% do orçamento geral da União de 2011, o Brasil que está acrescentando o pagamento de mais R$ 370.423.449.000,00 (Trezentos e Setenta Bilhões, Quatrocentos e Vinte e Três Milhões, Quatrocentos e Quarenta e Nova Mil Reais), correspondentes à divisão, por quatro, do total de juros de R$ 1.481.693.796.000,00 (Um trilhão, Quatrocentos e Oitenta e Um Bilhões, Seiscentos e Noventa e Três Milhões, Setecentos e Noventa e Seis Mil Reais), que seriam pagos em 04 anos, quando o BNDES receber mais R$ 1.800.000.000.000,00 (Um Trilhão e Oitocentos Bilhões de Reais) do Tesouro Nacional, fazendo com que o total de pagamento de juros, pelo Brasil, salte de R$ 708.000.000.000,00 (Setecentos e Oito Bilhões de Reais) para 1.078.423.449.000.000,00 (Um Trilhão, Setenta e Oito Bilhões, Quatrocentos e Vinte e Três Milhões e Quatrocentos e Quarenta e Nova Mil Reais), fazendo com que o percentual do orçamento geral da União, comprometido com o pagamento de juros, salte de 45,05% para 68,6%, em função do brutal crescimento da dívida pública bruta, inflação corroendo o poder de compra das famílias, o Ministério da Fazenda afirmando que esta tudo bem com a economia do Brasil, quando nada está bem, situações que, quando combinadas em uma análise de cenário estratégico, de médio prazo, são sinônimos de cenários, apenas, catastróficos para o Brasil, totalmente divorciados do discurso do Governo Federal e da visão que a imprensa nacional vende para a sociedade brasileira sobre a economia do país como, por exemplo, tendência, concreta, de demissões, em massa, de trabalhadores que estão vendo sua renda crescer 27% na década (pura ilusão), que vai acabar em breve, já que essa matriz econômica e financeira, adotada pelo Brasil, não é sustentável, conforme demonstram os números, matemáticos, oficiais, da economia brasileira!”. 19. Para poucos um "pingo", no oceano, significa muitas coisas, mas para a grande maioria dos políticos e de integrantes do Governo Federal essa informação de que “BRASILEIROS ESTÃO COMEÇANDO A APRESENTAR DIFICULDADES PARA PAGAR DÍVIDAS DE PEQUENO VALOR, EM FUNÇÃO DA INFLAÇÃO” é, apenas, mais um fato econômico, sem nenhuma importância, a ser minimizado e NEGLIGENCIADO, pensamento que, certamente, é um sério convite a implantação do caos, incontrolável, no Brasil, em pouco tempo. 20. Vide matéria, em anexo, intitulada “Aumenta inadimplência de dívidas de até R$ 250”, divulgada em 17/12/2013, pelo blog da jornalista Miriam Leitão, de “O Globo”, no link http://oglobo.globo.com/economia/miriam/posts/2013/12/17/aumenta-inadimplencia-de-dividas-de-ate-250-518470.asp 21. Se não há espaço para aumento da carga tributária, e o Governo Federal continuar a gastar, desenfreadamente, como está fazendo, o Brasil não conseguirá honrar seus compromissos. 22. Entretanto, o mais preocupante é o fato de que mesmo que o Governo Federal pare de gastar, agora, o próprio efeito da inflação corroendo o poder de compra das famílias é um processo que, por si só, ganhou vida própria e, com toda certeza, vai deixar graves conseqüências na sociedade brasileira, em pouco tempo. 23. Os programas sociais, iniciados no Governo de Fernando Henrique Cardozo, do PSDB, e continuado pelos Governantes do PT (Senhor Lula e Senhora Dilma), trouxeram 120 milhões de pessoas para o consumo, criou sonhos de prosperidade para as famílias mais pobres, mas esses sonhos de prosperidade não podem ser concretizados, por que, apenas, programas sociais, são insuficientes para gerar o progresso, sustentável, desses indivíduos e de seus filhos, e pode ser, que, em pouco tempo, a violência, no Brasil, se transforme em problema social sem controle, no curto prazo. 24. Façamos contas! Se 120 milhões de pessoas da nova classe média -- “O jornal informa que dados inéditos da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República mostram que a nova classe média brasileira,composta por 120 milhões de pessoas, já é o 17o mercado do mundo, consumindo mais do que a Holanda e tanto quanto a Coréia do Sul” (Fonte: link http://www.imil.org.br/blog/crescimento-governo-brasileiro-aposta-na-nova-classe-mdia/ -- ganharem, em média, R$ 1.000,00, por mês, RECURSOS JÁ TOTALMENTE COMPROMETIDOS COM O PAGAMENTO DE ELEVADAS E NUMEROSAS PRESTAÇÕES DO CARRO, GELADEIRA, TELEVISÃO, FREEZER, MICRO-ONDAS, NOVOS, CHEQUE ESPECIAL, CARTÃO DE CRÉDITO ETC. ETC., com uma inflação, real, de 15% ao ano, isto significa que o poder de compra dessa população decresce, em média, R$ 150,00 por ano e que, no final do 5º ano, essa POPULAÇÃO DE 120 MILHÕES DE PESSOAS PERDEU R$ 500,00 EM PODER DE COMPRA (R$ 750,00 DE PERDA DE PODER DE COMPRA CAUSADO PELA INFLAÇÃO MENOS R$ 250,00 DECORRENTES DE 5% DE REAJUSTE SALARIAL, POR ANO, DURANTE 05 ANOS), OU SEJA, NO QUINTO ANO, 120 MILHÕES DE PESSOAS TERÃO PERDIDO 50% DO SEU PODER DE COMPRA e estarão ganhando, em termos de poder de compra, R$ 500,00, o que, na prática, significa, potencialmente, que O BRASIL ATRAVESSARÁ SÉRIOS PROBLEMAS SOCIAIS, MUITO PIORES DO QUE AS ATUAIS MANIFESTAÇÕES, se o Governo Federal não contiver, neste momento, o crescimento das expectativas inflacionárias dos agentes econômicos. 25. O Brasil pagou juros, da ordem de R$ 4,2 TRILHÕES, nos últimos 10 anos, até 2010, conforme análises abaixo, o que significa que o Brasil torrou todos os seus bens, pagando juros, para o capital internacional, enquanto a saúde, segurança e educação são a tragédia que todos os brasileiros conhecem. 26. Vejamos o histórico do valor dos juros pagos pelo Brasil nos últimos 10 anos. Se somarmos o saldo devedor nominal da dívida pública interna do Brasil, em 2011 -- R$ 2.600,7 TRILHÃO (DOIS TRILHÕES, SEISCENTOS BILHÕES E SETECENTOS MILHÕES DE REAIS), MAIS O VALOR DOS JUROS PAGOS PELO BRASIL DE 2000 A 2010 -- R$ 1,564 TRILHÃO (UM TRILHÃO QUINHENTOS E SESSENTA E QUATRO BILHÕES DE REAIS descobre-se que o Brasil assumiu, na prática, dívidas de R$ 4,164 TRILHÃO (QUATRO TRILHÕES CENTO E SESSENTA E QUATRO BILHÕES DE REAIS), nos últimos dez anos --, OU SEJA, o Brasil obteve a fantástica soma de R$ 4,164 TRILHÃO (QUATRO TRILHÕES CENTO E SESSENTA E QUATRO BILHÕES DE REAIS), nos últimos dez anos, e aplicou em investimentos em infra-estrutura, saúde, educação, inovação etc. e na competitividade da indústria nacional e do país, correto? A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR É: ONDE FORAM PARAR OS R$ 4,164 TRILHÃO (QUATRO TRILHÕES CENTO E SESSENTA E QUATRO BILHÕES DE REAIS) ? Fonte: a) Link versão em inglês: http://www.larouchepub.com/other/2010/3708brazil_carry_trade.html, em anexo, arquivo “Londons Brazil Carry Trade.pdf”; b) Link versão em português: (http://fimdostempos.net/bolha-brasil-explodir.html) e (http://portugues.larouchepub.com/outrosartigos/2010/0323_bolha_brasil.html), em anexo, arquivo “O carry trade brasileiro feito por Londres.pdf” 27. “O orçamento geral da União de 2011, executado, foi de R$ 1,571 TRILHÃO (UM TRILHÃO QUINHENTOS E SETENTA E UM BILHÕES DE REAIS), no total, sendo que R$ 708 BILHÕES foram destinados ao pagamento de juros e amortizações da dívida pública, o que representou 45,05% do orçamento geral da União de 2011 (Fonte: página 15 da Cartilha, em anexo. Elaboração: Auditoria Cidadã da Dívida. Nota: O valor de R$ 708 bilhões inclui o chamado “refinanciamento” ou “rolagem”, pois a CPI da Dívida Pública comprovou que parte relevante dos juros são contabilizados como tal). ============================================================ Nome do Arquivo: “Cartilha 2012. Auditoria Cidada da Divida Publica.pdf” ============================================================ Tamanho: 1,21 MB ============================================================ Link: ============================================================ http://rapidshare.com/files/1909671414/Cartilha%202012.%20Auditoria%20Cidada%20da%20Divida%20Publica.pdf ============================================================ ///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// 28. Em 1994, a dívida líquida do setor público era de R$ 108,8 BILHÕES (CENTO E OITO BILHÕES DE REAIS) e poderia ter sido quase, integralmente, quitada com os recursos provenientes das privatizações, mas não foi o que ocorreu, e saltou para R$ 660 BILHÕES (SEISCENTOS E SESSENTA BILHÕES DE REAIS), em 2002. 29. Depois do “Governo FHC”, tivemos o Governo do Partido dos Trabalhadores, quando, então, o endividamento do Brasil saltou de R$ 660 BILHÕES (SEISCENTOS E SESSENTA BILHÕES DE REAIS), em 2002, para R$ 2,6 TRILHÃO (DOIS TRILHÕES E SEISCENTOS BILHÕES DE REAIS), em 2010, ou seja, de 1994 para 2010, a dívida líquida do setor público cresceu R$ 1.940.000.000,00 (UM TRILHÃO, NOVECENTOS E QUARENTA BILHÕES DE REAIS) ou 293,9%, em relação ao endividamento de R$ 660 BILHÕES (SEISCENTOS E SESSENTA BILHÕES DE REAIS), em 2002. 30. Não é preciso lembrar que a arrecadação de impostos, no Brasil, também, acompanhou esse crescimento exponencial do endividamento público promovido não, apenas, pelo PSDB ou pelo PT, à frente do Governo Federal, mas por toda a máquina política da “base aliada”, pois o crescimento do endividamento público, no Brasil, abastece os acordos que sustentam um sistema político anacrônico criado para que o Brasil não tenha condições de controlar nada, enquanto o sistema político anacrônico se locupleta no mel representado por recursos públicos abundantes, obtidos por meio de empréstimos de investidores, nacionais e internacionais, que compram títulos públicos federais e recebem elevadas taxas financeiras de remuneração desse capital privado emprestado ao Governo Federal e que se transforma em recursos públicos do orçamento da União, para ser, literalmente, em muitos casos, jogado no lixo do desperdício, dos desvios, dos superfaturamentos, da falta de ética e da irresponsabilidade, generalizada, de uma sociedade brasileira que simplesmente se acostumou a pensar que a corrupção nunca traria efeitos negativos, nefastos, para todos nós que nos omitimos na gestão da coisa pública, no Brasil. Só cegos não veem isso! 31. Esta análise, de minha autoria, intitulada “Há 9.000 Mortos na Venezuela - Venezuelanos repudiam e espalham vídeo de Lula apoiando Maduro”, divulgada em 22/02/2014, está disponível no link https://http://www.facebook.com/notes/rogerounielo-rounielo-fran%C3%A7a/h%C3%A1-9000-mortos-na-venezuela-venezuelanos-repudiam-e-espalham-v%C3%ADdeo-de-lula-apoia/721617917878643 32. Temas Em Análise: A) Venezuelanos repudiam e espalham vídeo de Lula apoiando Maduro: “Venezuelanos repudiam e espalham velho vídeo de Lula dando apoio à campanha que elegeu Nicolas Maduro (por meio de descarada fraude)”: Vídeo - Título: “Lula apóia o truculento ditador Nicolás Maduro” Link: http://www.youtube.com/watch?v=LZS1OeRIRbk#t=144 B) Há mais de 9.000 (Nove Mil) mortos, na Venezuela (Vide item 3 abaixo): Início da Reprodução: “Cesar Filho, ex-namorado de Angélica e atual jornalista do SBT, furou o bloqueio midiático internacional e colocou o tema genocídio venezuelano em pauta. Vejamos o tweet que ele compartilhou com seu público: “Estima-se que há mais de 3.000 mortos na Venezuela, e aqui no Brasil, um silêncio ensurdecedor das principais emissoras de TV. É ISSO QUE ELES CHAMAM DE DIREITOS HUMANOS?” Eu, com meu jornalismo-sapeca, atualizei o colega de trabalho com informações ainda mais fresquinhas e estapafúrdias. E não é que nosso garoto compartilhou? “Obrigado por divulgar a luta na Venezuela, Cesinha. Mas essa info está velha, já há + de 9.000 mortos em Caracas” (Fonte: Jornalismo Wando, link http://br.noticias.yahoo.com/blogs/jornalismo-wando/venezuela-e-for%C3%A7a-da-internet-174436544.html). Final da Reprodução Atenciosamente, Brasília-DF, Brasil 02/03/2014 ΣEMΣ EIAAM ABPAΣA “O Sol Eterno Abrasax”, o Sol Central Espiritual” CENTRO CIENTÍFICO UNIVERSAL PARA O PROGRESSO DA HUMANIDADE CONSCIÊNCIA CÓSMICA NO PLANETA TERRA, POR INTERMÉDIO DA CONSCIÊNCIA CRÍSTICA “SÓ A FRATERNIDADE E UNIÃO ENTRE OS SERES HUMANOS, DO MUNDO, PODERÁ RESOLVER OS PROBLEMAS SOCIAIS, AMBIENTAIS, ECONÔMICOS, FINANCEIROS E DE RELACIONAMENTO, DO PLANETA TERRA. NÃO HÁ IDEOLOGIA SUPERIOR À FRATERNIDADE UNIVERSAL” "O Ser Supremo protege os fracos, impede que os fortes exacerbem o mau do seu egoísmo, em prejuízo ainda maior dos fracos e também protege os próprios egoístas do seu próprio egoísmo, pois ama todas as criaturas da mesma maneira." “quando os bons não se apresentam ao campo de batalha a vitória da injustiça é justa.”. “O poder que os homens possuem, no Planeta Terra, serve para nos ensinar que o maior PODER DO MUNDO é o PODER de dominar-se a si mesmo, que é um PODER MENOR, que te leva ao PODER MAIOR, QUE É NÃO TER PODER ALGUM, QUE É O MAIOR DE TODOS OS PODERES”. “ADOREMOS O PAI UNIVERSAL! SAUDEMOS O SER SUPREMO! Rogerounielo Rounielo de França Advogado - OAB SP 117.597 Pós-Graduado em Direito Público pela Faculdade Fortium Mestre Maçon - Loja Areópago de Brasília nº 3001 Mestre Maçon - Loja de Pesquisas Maçônicas do GODF nº 3994 Grande Oriente do Brasil-GOB Grande Oriente do Distrito Federal-GODF Mestre. Loja Uversa nº 5.342.482.337.666. Filiada ao Grande Oriente de Uversa, jurisdicionada pelo Sétimo Grande Oriente Super-Universo Orvônton, vinculado ao Reino Estelar do Universo dos Universos do Tempo e do Espaço (Ilha do Paraíso). Especialista em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas-FGV Participante do Centro Espírita André Luiz-CEAL Funcionário do Banco do Brasil S.A. Diretoria de Micro e Pequenas Empresas Blog: http://rounielo.blogspot.com Final


Larissa

20 de Ago. de 2014 às 16:27

Larissa
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk...só rindo mesmo com essa MAÇONARIA, esta assustada com a esquerda, desesperada com seu saldo economicamente negativo que é a base da espiritualidade mercenária super capitalista. Realmente o país foi por muito tempo comandado por políticos maçons que sustentavam seus templos com o dinheiro público para promover a ostentação para poucos. Sei que a verdade dói mais é a verdade, e todos sabemos. SEI BEM O QUE É A MAÇONARIA E SEUS MAÇONS. MK MK MK MK MK MK MK MK FICA A DICA.

 

 
AutoIndustrial comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

22 de Ago. de 2014 às 16:52

AutoIndustrial
... E o resto silncio! Williams Shekespeare, em Romeu e Julieta.


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )